sábado, 16 de março de 2013

O Viajante Comilão recomenda: Restaurantes em Buenos Aires



Decidimos passar 4 carnavais em Buenos Aires - 2010, 2011, 2012 e 2013. Se a primeira impressão foi a de que a capital portenha tinha uma oferta gastronômica com imbatível custo/benefício, com incontáveis lugares para comer muito bem e gastar pouco, as 3 viagens seguintes mudaram radicalmente nossa opinião. E, infelizmente, para pior.

Existem restaurantes muito bons em Buenos Aires, reconhecidos dentro e fora do país pela ótima gastronomia, mas o número de casas comparáveis às melhores de São Paulo, Rio de Janeiro ou mesmo Santiago (Chile) pode ser contada nos dedos de uma mão. Antes de entrar num restaurante, SEMPRE busque ótimas (e várias) recomendações, de fontes e pessoas diferentes. O mito de que qualquer portinha esconde um ótimo restaurante é mentira - sem referência, é fácil comer muito mal e pagar caro.

A carne portenha ainda é imbatível no quesito qualidade e suculência, mas as casas paulistanas diminuíram radicalmente essa diferença nos últimos anos. Sem falar que, sem boas referências, é fácil entrar num restaurante "pega-turista", comer uma carne dura e cheia de gordura, acompanhada por vinho ruim e ainda pagar caro. No quesito preço, as carnes portenhas ainda são mais baratas, mas os diversos complementos (guarnições, sobremesas, vinhos), além da galopante inflação dos últimos anos, praticamente empataram as contas.

Se no quesito restaurantes a cidade merece elogios e alguns cuidados, o mercado de sorvetes espanta a crise e atrai cada vez mais turistas. Reconhecida como um dos países que elaboram os melhores "helados" do mundo, existem mais de 100 sorveterias na Argentina, que totalizam mais de 1000 lojas, mais da metade em Buenos Aires. E felizmente para todos, concorrência significa alta qualidade.

No total, avaliamos 17 restaurantes e 4 sorveterias. Certamente a oferta gastronômica portenha é bem mais ampla, mas este guia tem por objetivo ser um ponto inicial para que você possa programar a sua viagem, sabendo onde comer muito bem, onde a cozinha demonstrou alguma instabilidade e onde a experiência foi um total fracasso.

Os restaurantes foram classificados em 5 grupos, de forma a facilitar sua escolha. No final do post, deixei um espaço para as sorveterias. Tenho certeza que algumas opiniões vão gerar polêmicas e discordâncias - se você já comeu em algum destes lugares e tem uma opinião diferente, por favor aproveite este espaço para registrá-la. Eu e os(as) demais leitores(as) ficaremos gratos.

Grupo 1 - "Tropa de Elite" da gastronomia portenha:


Grupo 2 - Ótimo custo/benefício. Vá sem medo:


Grupo 3 - Pero sí, pero no - tem coisas boas, mas também tem roubadas:



Grupo 4 - Não surpreendeu, não decepcionou, não faz mais que a obrigação:


Grupo 5 - Comida ruim, conta cara. Não valem a pena. Vá por sua conta e risco:



Sorveterias:

Sorvete na Argentina é negócio muito sério. Reconhecida como um dos países que elaboram os melhores “helados” do mundo, tem consumo “per capita” na ordem de 6 litros/ano, quase o dobro dos brasileiros.

O segmento de “helado artesanal” responde por quase 50% do mercado total de sorvetes do país, bastante disseminado em pequenos produtores familiares e grandes marcas que usam um modelo de expansão baseado em franquias – só Buenos Aires tem atualmente 800 lojas.

Com o perdão do trocadinho, o mercado de “helados” na Argentina está fervendo e, neste quesito, Buenos Aires desempenha papel de destaque, impulsionada pela retomada da economia, turismo em ebulição (com os brasileiros liderando a lista) e peso ainda desvalorizado. O mercado cresceu a taxas acima do PIB nos últimos anos, respondendo atualmente por uma produção anual de 150 milhões de litros.

Uma curiosidade é o sistema de “delivery”: em frente as “heladerias” sempre há dezenas de motos para fazer entrega. Em Buenos Aires, acredite, entrega-se mais sorvete do que pizza.

Entre as marcas mais famosas: Freddo, Persicco, Chungo, Un Altra Volta, Munchi’s e Arkakaó, que investem pesado em imagem: lojas modernas, bem decoradas e com mesinhas na frente estão espalhadas pela cidade, e vivem lotadas.



9 comentários:

Enrico Bertanha disse...

Amigo, creio que se conceito sobre restaurante em BA esteja equivocado...

Ainda bate SP em muitos aspectos, o primeiro eh a comparacao Rubayat XLas Lilas, no qual a filial argentina ganha numa disparada monstruosa...

A segunda seria Il Matarelo X Lelis tratoria, no qual os dois podem ser considerados duas cantinas italianas de pessimo nivel, ainda mais quando comparadas a Gero X Sottovoce, na qual o Sottovoce ganha numa disparada enorme ainda mais quando compara-se o custo benefico. No Sottovoce come-se por 50 dolares o casal com taca de vinho top (catena).

Quando se fala em carnes, nada se compara a BA, pois principalmente em parrillas como: la brigada, el mirasol, rodi bar e mais varias portinhas simples enescondidas, onde se come MUITO bem e barato. E, sinto muito, El obrero nao vai entrar nunca nessa categoria, primeiro, por ser ruim e caro (nao aceita cartao nem dolar) e segundo por que, sequer, os portenhos conhecem ou recomenda.

Daniel Neves disse...

Olá Enrico,

Toda e qualquer opinião vem a agregar e contribuir para que os(as) leitores(as) do meu blog possam tomar as melhores decisões. Neste quesito, só tenho a te agradecer, do fundo do coração. Este espaço é 110% democrático, e toda opinião é e será respeitada.

Entretanto, temos grandes diferenças de opinião, e opinião não se discute, respeita-se. Respeito as suas, assim como sei que você respeita as minhas.

Você gosta do Cabaña Las Lilas, eu não gosto; eu gosto do Il Matterello, você acha ruim; você acha que Catena é vinho top, eu discordo. Tenho certeza que pontua com sabedoria suas opiniões com base em experiências positivas, assim como eu pontuo as minhas com base em visões negativas. A vida é assim, cada um valoriza o que gosta mais, e a unanimidade é burra. Afinal, o que seria do mundo se todos gostassem da mesma coisa?

Um abraço!

Rodolfo S. Filho disse...

Lista de restaurantes em Buenos Aires sem o Sarkis sempre me soa furada. É um restaurante armênio, que serve variações da comida que chamamos de árabe. Delicioso e barato. Recomendo a todos.

comidaparaviagem disse...

As dicas do seu blog nos ajudaram muito em nossa primeira viagem para Buenos Aires.
Conforme dito, o A Manger e o El Obrero são sensacionais!!!! Odiamos o Kansas Grill.
Em nossas outras idas conhecemos diversos outros restaurantes indicados por outros blogs. Todas estas dicas nos encorajaram a escrever nosso blog, sem qualquer interesse comercial. Lá temos 3 posts sobre Buenos Aires. Espero que possa ajudar os demais viajantes.
www.comidaparaviagem.wordpress.com

Celso Stave disse...

Daniel, suas dicas foram muito úteis na nossa 1° ida a BA, me suspreendi com o atendimento nos restaurantes, fomos bem tratados em todos, digo isso porque sempre ouvimos sobre o mau atendimento. Vc conhece o lá estabulo na calle Paraguai? Foi uma das melhores carnes que comemos na nossa viagem. E a mais barata tbm.. Vale a pena. Abs

JOT disse...

Boa tarde. Estou amando as suas dicas. Vou em agosto pra Buenos Aires e gostaria de saber onde comer em Puerto madero. Por mais que não faça parte da sua lista de melhores ou favoritos, pois não tem como ir pela primeira vez e não conhecer e jantar em Puerto madero. Grata desde já!

Daniel Neves disse...

Olá JOT,

Em Puerto Madero posso recomendar 4 restaurantes: Happening (carnes), Osaka (oriental), La Rosa Náutica (frutos do mar) e Sottovoce (italiano).

Para uma relação completa de todos os restaurantes de Puerto Madero, acesse http://guia.lanacion.com.ar/restaurantes-en-puerto-madero!z66 e http://www.guiaoleo.com.ar/restaurantes/Puerto-Madero-3.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

lfalqueto disse...

Alguém ai já foi no Broccolino? Já fui duas vezes e nas duas vezes que fui em BA e virei fã! Achei a comida excelente e o atendimento de primeira nessa cantina italiana.

Davi Diogenes disse...

Qual o restaurante que agrega o pacote melhor carne com ambiente?

Postar um comentário

Pesquisar no Blog

Guias de Viagem


Álbuns de Fotos

Instagram


Anuncie no Viajante Comilão




Você gostou do blog? As dicas de viagens e reviews de restaurantes foram úteis para ajudá-lo(a) a planejar sua viagem?

O Viajante Comilão é um serviço 100% gratuito. Se você gostou do nosso serviço, ajude o blog a continuar seu trabalho: o link abaixo direciona para o site do PayPal, um serviço 100% seguro para que você possa fazer uma doação para o blog, usando seu cartão de crédito.

Contamos com sua contribuição. Obrigado!


Payments By PayPal