domingo, 3 de junho de 2012

10 atrações imperdíveis em Santiago (Chile)


Vista de Santiago

Olá pessoal do blog!

Minha viagem de 3 semanas pela capital chilena está chegando ao fim.

Álém de ganhar alguns quilos me acabando de comer nos ótimos restaurantes da cidade, também consegui fazer um pouco de bom turismo, não apenas seguindo as dicas dos sites de viagem, mas principalmente consultando muito os chilenos para saber "o que realmente vale a pena visitar".

Com base no que visitei, montei meu Top 10 de Santiago. É claro que a maioria das pessoas não terá tempo de fazer tudo que listei, então tentei agrupar/priorizar as atrações por relevência, localização, temática e/ou distância umas das outras.

Para cada dia, também indico um ótimo restaurante para almoçar nas imediações.

Chega de falar: segue a lista!

IMPORTANTE: Clique na figura para ler mais sobre a atração!



Leia mais:

- 10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago (Chile)
- Top 10 Santiago: Restaurantes
- Turismo no Chile: 10 lugares para incluir no seu roteiro de viagem (além de Santiago)





Almoçar: Majestic (indiano)


Almoçar: Mestizo ou Giratorio (cozinha internacional)


Almoçar: Wine Bar da Vinícola (cozinha internacional)


Almoçar: La Greda (chileno)

Dia 5 (opcional):

Almoçar: Tanta (peruano) ou Anakena (tailandês)

Todos os dias:
10) Restaurantes: Comer muito pescado e frutos do mar nos inúmeros restaurantes da cidade



Num primeiro momento, pensei em consolidar as 10 dicas num único post, mas após escrever o oitavo item percebi que a quantidade de informações e imagens tornava o post muito grande, difícil de ler (sim: eu sei que escrevo muito!). Então decidi quebrá-lo em 10 posts menores, de leitura mais fácil.

A partir de amanhã começarei a publicar cada uma das dicas em detalhes aqui no blog. 10 dicas, 10 dias.

Até lá!

329 comentários:

1 – 200 de 329   Recentes›   Mais recentes»
Daniel disse...

Ola Daniel, adorei seu blog e as dicas dadas para Santiago, eu estou indo em julho e com certeza vou experimentar algumas sugestões de comidas, parabéns pelo blog

Anônimo disse...

Daniel, parabéns pelas ótimas dicas.
Um amigo me sugeriu jantar no Restaurante Giratório disse que vale pela vista, você conheceu?

Daniel Neves disse...

Conheci sim, o review está no blog, e pode ser acessado por um post com título "Top 10 Santiago: (10) Restaurantes".

Vale MUITO pela vista, principalmente durante o dia. O cardápio é bom, tem coisas legais, mas não é o melhor da cidade.

Segue o link: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/santiago-giratorio-melhor-vista-da.html

Fabio disse...

Daniel viajo segunda agora para Santiago, sei que estou em cima, mas gostaria muito de sua ajuda. Fico em um hotel no centro da cidade. Av Libertar Chego por volta das 14 hs e saio no dia 30/11, ou seja, praticamente três noites. O que é indispensável conhecer em sua opinião neste curto tempo ? Como faz com a questão das moedas ? Paga em peso, dólar ? Agora com a cotacao alta... Para andar na cidade e comprar coisas básicas qual a sugestão ? Qual vinho vale trazer se comparado ao custo do Brasil ? Pedido presentear algumas pessoas. Vc tem sugestão a preços de até R$ 30,00 ? Bem esta e minha primeira viagem para fora. Se puder fazer um guia vou seguir suas sugestões, pois vi que tem muita experiência. Um pequeno detalhe rs nao dispomos de muito dinheiro tambem. Muito obrigado.

Daniel Neves disse...

Olá Fabio, vamos tentar te ajudar!

1) O que é indispensável conhecer em sua opinião neste curto tempo ?
Pode seguir sem medo o roteiro que está neste post. Dividido em dias, para que cada um saiba o que deve visitar, com base no número de dias na cidade. É o básico para quem visita Santiago pela primeira vez. Em 3 dias, dá para fazer bastante coisa: Centro Histórico, Mercado Central, Tour no Palácio de La Moneda, Parque Bicentenário, Cerro San Cristóbal, degustação de vinhos na Concha y Toro. Para cada atração, basta clicar no link para ter mais informações, localização, preços.

2) Como faz com a questão das moedas ? Paga em peso, dólar ? Agora com a cotacao alta...
Peso chileno sempre. A cotação atual está 1 Real = 229 Pesos, está alta mas dá para aproveitar. Compre pesos - o melhor é comprar em SP (dê uma olhada no aeroporto) ou em alguma casa de câmbio em Santiago; no aeroporto do Chile a cotação costuma ser bem ruim.

3) Para andar na cidade e comprar coisas básicas qual a sugestão ?
Santiago respira vinho. Dá para comprar todo e qualquer utensílio relacionado a bebida. A cidade também tem roupas bem baratas - veja o item "Compras" neste post para mais informações.

4) Qual vinho vale trazer se comparado ao custo do Brasil ?
Não sei seu gosto, mas os vinhos são em média 30% mais baratos que os chilenos vendidos no Brasil. Comprar nas vinícolas significa ter que trazer na mala, embalar bem para não quebrar... Recomendo que você compre no free-shop da volta - tem muita coisa boa e com ótimos preços.

5) Pedido presentear algumas pessoas. Vc tem sugestão a preços de até R$ 30,00 ?
Além dos tradicionais imãs de geladeira e outros itens típicos de turista, recomendo camisetas com estampas do Chile, roupas da Ripley (boas e com ótimos preços), utensílios de vinho (os porta copos da Concha y Toro são sensacionais) ou mesmo vinhos locais, inclusive em garrafinhas de degustação.

Espero ter ajudado. Boa viagem!

Fabio disse...

Daniel, agradeço imensamente a rápida resposta. Sobre os vinhos, não sou um profundo conhecedor, mas pretendo nos próximos anos de vida. Meu gosto é pelos tintos mais suáveis. Qual sua sugestão? Gostaria de trazer algumas garrafas de lá. Qual compensa pelo custo benefício?

Fazer cambio no aero de Guarulhos SP compensa? Infelizmente não realizei antes em uma casa específica...

Algum dos lugares acima precisa reservar? Chego no dia 26/11 as 14 hs. Alguma sugestão de restaurante próximo ao hotel? Fico no hotel Libertador. Higgins - Av Libertador Bernardo. Você conhece? Neste dia ainda dá para fazer algo? Gostaria de comer algo local, mas não muito caro, pois também não dispomos de muito dinheiro.

Há algum mapa da região do aero do Chile para turistas? Ainda sobre as moedas você não acha que vale a pena utilizar o cartão?

Fabio disse...

Daniel, agradeço imensamente a rápida resposta. Sobre os vinhos, não sou um profundo conhecedor, mas pretendo nos próximos anos de vida. Meu gosto é pelos tintos mais suáveis. Qual sua sugestão? Gostaria de trazer algumas garrafas de lá. Qual compensa pelo custo benefício?

Fazer cambio no aero de Guarulhos SP compensa? Infelizmente não realizei antes em uma casa específica...

Algum dos lugares acima precisa reservar? Chego no dia 26/11 as 14 hs. Alguma sugestão de restaurante próximo ao hotel? Fico no hotel Libertador. Higgins - Av Libertador Bernardo. Você conhece? Neste dia ainda dá para fazer algo? Gostaria de comer algo local, mas não muito caro, pois também não dispomos de muito dinheiro.

Há algum mapa da região do aero do Chile para turistas? Ainda sobre as moedas você não acha que vale a pena utilizar o cartão?

Daniel Neves disse...

Sobre vinhos, vá de Carmenere, uva típica chilena. Comece com um Concha y Toro (custa R$ 10 em qualquer mercado), leve e frutado. Se você gostar, seguem outros bons rótulos para quem está começando: EQ Matetic, Santa Carolina, Taparacá.

EQ Matetic Syrah e Marques de Casa Concha Cabernet Sauvignon são ótimos vinhos para trazer - no Chile custam 50% menos do que aqui, e são perfeitos para acompanhar um momento especial. Para o dia-a-dia, Concha y Toro e Taparacá são baratos e um bom começo.

Vale a pena você incluir uma visita na loja "El Mundo del Vino", que vende garrafas e faz degustações. Os preços não são os melhores, mas dá para provar e, conforme seu gosto, escolher vinhos que mais te agradem. O site deles é http://www.elmundodelvino.cl.

Para comprar vinhos, a melhor opção em Santiago é o mercado JUMBO, quem tem a maior oferta e os melhores preços.

Comprar pesos no aeroporto de Guarulhos é pior que uma casa específica, mas bem melhor do que fazer no aeroporto de Santiago, e dá quase no mesmo que nas casas em Santiago. Importante que você compre alguma coisa ainda em SP - não pense em chegar em Santiago em 1 peso no bolso. Não acredito que a imigração vá implicar, mas dinheiro vivo pode ser necessário para comprar uma água, pagar o ônibus (ou o táxi) até o hotel. Compre o equivalente a 100 ou 200 reais aqui, e complemente o restante em Santiago.

Além das casas de câmbio, dá para sacar em moeda local nos caixas eletrônicos via "Maestro" - do que conheço, no Itaú o custo total (câmbio + taxas) costuma ser bom, mas Bradesco + Santander + BB têm os piores custos.

Sobre reservas, você quis dizer dos passeios do meu roteiro? Se sim, só a Concha y Toro precisa de reserva. Recomendação vale para o tour em La Moneda e o Cerro San Cristobal - chegue cedo, pois as fila são grandes.

Seu hotel fica no coração do Centro Histórico - dá para fazer as atrações do Dia 1 do meu roteiro a pé (só o Mercado Central que a caminhada é um pouco maior, mas vale a pena para conhecer a região).

Restaurantes: não sei qual sua previsão de budget por refeição, tampouco seu gosto por comida. A região do seu hotel não tem excelentes restaurantes, só recomendo o Majestic, um dos melhores indianos que já conheci. Dê uma olhada no meu post para ver as fotos, ter idéia de preços e saber como chegar.

Para comer legal sem gastar muito, pegue o metrô e desça em Pedro de Valdivia, no coração de Providencia. Del Cocinero, Tapaspassion são ótimas opções com bom preço.

A Concha y Toro tem um restaurante excepcional. O Tanta, peruano localizado no Parque Arauco (metrô "Escuela Militar") também tem excelente custo/benefício. O Mr Jack tem excelentes hambúrgueres.

Veja minhas dicas de restaurantes em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-10-restaurantes.html.

Em todos eles você poderá provar pratos com ingredientes típicos da culinária chilena: salmão, frutos do mar, abacate (chamada "palta").

Chegando no aeroporto, passe na oficina de turismo e pegue o mapa da cidade e do metrô.

Sobre o cartão de crédito, com certeza vale muito usar e é amplamente aceito. Apenas não esqueça que o uso no exterior gera cobrança de IOF.

Fabio disse...

Daniel, se entendi bem, abaixo um itinerário para sua sugestao.

Prometo que não lhe incomodo mais, contudo gostaria de sua opinião neste itinerário. Quero aproveitar ao máximo os momentos que teremos após o desembarque.

26/11 a partir 16 hs: andar pelo centro histórico e Palácio de La Moneda.

27/11: Cerro Santa Lucia, Plaza de Armas e Mercado Central pela manhã. Na parte da tarde Parque Bicentenário e Cerro San Cristobal.

28/11: Concha y Toro e compras (shopping Parque Arauco) ? Vale a pena apenas este local de compras? Neste dia, há possibilidade em realizar mais alguma visita ou o tempo é consumido por inteiro?

29/11 (ultimo dia): Artesanato em pomaire e alguma outra sugestão? Da para encaixar o El Mundo del Vino?
Bom é isto!!

Fique extremamente a vontade para alterar ou sugerir qualquer outro itinerário de acordo com seus conhecimentos ou ainda alterar a ordem de qualquer local de visita.

Daniel Neves disse...

Fabio, bom roteiro.

No dia 26, priorize o Palácio de La Moneda. Você conhecerá o centro histórico no dia 27.

Coloque o El Mundo del Vino e o Jumbo no dia 28, antes ou depois da Concha y Toro.

Qual tour na Concha y Toro você pretende fazer? O chamado "Marques de Casa Concha" é melhor, mais completo, dura 2-3 horas e tem degustação. O "Tradicional" é basicão, dura 1-2 horas.

O Parque Arauco é um pouco afastado do seu hotel. Só vale ir até lá pela Ripley e pelo Tanta, um ótimo restaurante peruano. Paris e Falabella são outras lojas de roupas com filiais na cidade.

Deixe 1 dia só para vinhos e compras em geral. Acredite, seu dia será bem cheio.

Pomaire é passeio para um dia inteiro. Se sobrar tempo no último dia, vale repetir algo que você tenha gostado, ou fazer algo que não tenha dado tempo.

erica disse...

Olá... vc conhece o apart hotel intersuites centro?
me disseram que é bom por estar perto dos pontos turisticos...
mas quero uma coisa mais certa, pq vi na net que o centro fica um pouco perigoso a noite.
vou a santiago em abril/13.

Daniel Neves disse...

Não conheço o hotel. Pelo Google Maps, vi que fica na Monjitas 744, a poucos passos da Plaza de Armas. É isso mesmo?
Se sim, conheço a região. Você estará de fato no coração do centro histórico, a poucos passos das principais atrações, mas a região não tem nenhuma vida noturna. Não sei dizer se a região é violenta, mas é deserta.
Bairros como Bellavista, Providencia e Las Condes são ideais para turistas, com bons restaurantes, bem servidas de transporte público e a poucas estações de metrô do centro histórico.
Vale dizer que Santiago não se resume apenas a centro histórico. Tem o Cerro San Cristóbal em Bellavista, o Parque Bicentenário em Vitacura, as lojas de vinhos em Las Condes...
Outra coisa: se me permite o comentário, olhei o preço do hotel no Decolar.com e achei a diária cobrada (R$ 448) elevada. Não sei se é o mesmo preço que você tem. Se for, você encontrará aparts no mesmo nível e mais baratos.

Fabio disse...

Daniel, acabamos de voltar do Chile. Gostaria muito de agradecer suas dicas. Foram essenciais !!! Abs.

Anônimo disse...

Daniel, gostaria de saber quais cidades eu consigo visitar no Chile. Vou ficar 10 dias e gostaria de conhecer alguma cidade além de Santiago. Obrigada, Renata

Daniel Neves disse...

Olá Renata, seguem algumas opções de turismo no Chile. Tem calor, frio, praia, história e boa comida.

Para cada destino indico alguns sites para obter maiores informações, assim como o período sugerido para ficar em cada local.

Boa viagem!

1) Punta Arenas e Estreito de Magalhães (entre 2 e 3 dias): Muito frio, pinguins, Centolla e cordeiro patagônico
Ver mais:
- http://www.visitchile.com/es/estrecho-de-magallanes-punta-arenas/
- http://en.wikipedia.org/wiki/Punta_Arenas

2) San Pedro de Atacama (2 dias): Deserto de Atacama e um dos mais importantes centros históricos do Chile
Ver mais:
- http://www.visitchile.com/es/san-pedro-de-atacama/
- http://en.wikipedia.org/wiki/San_Pedro_de_Atacama
- http://www.sanpedroatacama.com/ingles/home.htm

3) Viña del Mar (1-2 dias): Praias e artesanato
Ver mais:
- http://www.visitchile.com/es/valparaiso-vina-del-mar/
- http://en.wikipedia.org/wiki/Vi%C3%B1a_del_Mar

4) Valle de Colchagua (2 dias): Mais importante rota de vinhos do Chile
Ver mais:
- http://www.valledecolchagua.cl/
- http://en.wikipedia.org/wiki/Colchagua_Province
- http://www.rutadelvino.cl/

5) Termas de Chillán (2 dias): Águas termais e estação de esqui
Ver mais:
- http://www.termaschillan.cl/summer/es/index.php
- http://ecoviagem.uol.com.br/blogs/familia-muller-aventura/viagens-internacionais/termas-de-chillan-chile-9554.asp

6) Pomaire (1 dia): Artesanato
Ver mais:
- http://oviajantecomilao.blogspot.com/2012/06/top-10-santiago-8-pomaire.html

Dani Lopes disse...

Bom dia, Daniel! Suas dicas são fantásticas. Gostaria de saber como é a vida noturna em Santiago. Estou chegando em janeiro, você indicaria uma boate legal, um cassino?
Obrigada!
Dani

Daniel Neves disse...

Olá Dani,

A vida noturna de Santiago é agitada, mas obviamente não se compara com as principais cidades brasileiras.

Conversei com um colega brasileiro que vive em Santiago, baladeiro de carteirinha. Ele indicou 5 lugares para quem gosta de dançar e ver gente bonita:

1) La Feria (Bellavista): Musica eletrônica de boa qualidade, um pouco alternativo. http://www.laferia.cl/;
2) Bar Cienfuegos (Bellavista) - Mais chique, musica ao vivo, bar-restaurante, bom para ouvir rock;
3) Bar Constitucion (Bellavista) - Música ao vivo com noitadas animadas por DJs. Outra opção para quem gosta de rock. Ótima carta de drinks. http://www.barconstitucion.cl/bar/;
4) Ópera Catedral (Bellavista) - 3 ambientes, forte em música alternativa. Balada "da moda". http://www.operacatedral.cl/;
5) Subterráneo (Providencia) - Reduto de música eletrônica, onde se apresentam os melhores DJs da cidade.

Não sei qual seu gosto musical, mas espero que uma das baladas acima seja do seu agrado.

Santiago não tem cassinos. O mais próximo fica em Mostazal, cerca de 55km da cidade, chamado "Monticello Grand Casino", o maior do Chile e da América Latina. Viña del Mar também tem cassinos bastante famosos.

Espero tê-la ajudado. Se precisar de mais informações, é só perguntar! Boa viagem!

Ana Queiroz disse...

Ola!
Gostei muito de suas dicas! Estou indo no carnaval com meu namorado e queria saber se vc pode me ajudar com umas dicas como onde ficar e os passeios mais interessantes a se fazer, ja que vamos ficar pouquinho tempo...
Chegamos na sexta e voltamos na terça.
Um abraço!

Ana Carolina disse...

Olá Daniel, e referente a vacina?
Precisa tomar a vacina da febre amarela antes de ir?
Obrigada!

Daniel Neves disse...

Ana Carolina, fique tranquila: o Chile não faz parte da lista de países que exigem o certificado de vacinação internacional.

A lista completa de países pode ser consultada em http://www.who.int/ith/chapters/ith2012en_annexes.pdf e http://www.aip.ufv.br/modelos/Inf_Vacinas.pdf.

Daniel Neves disse...

Prezada Ana,

O post "10 Atrações Imperdíveis em Santiago (Chile)", publicado no meu blog, lista as principais atrações que todo turista que visita Santiago deve conhecer. O roteiro sugerido pode ser feito em 3 dias, sem pressa, mas apertando um pouquinho dá para fazer as atrações obrigatórias em 2.

No seu caso, não sei quanto tempo você terá para aproveitar a cidade na sexta e terça. Vamos assumir que você chegará na sexta à noite e terá 50% do dia na terça para passeios. Somando os 3 dias "full" (sábado, domingo, segunda), você terá cerca de 3,5 dias.

O que fazer em tão pouco tempo? Separe o sábado e domingo para os passeios no Centro Histórico (itens 1, 2 e 3), Parque Bicentenário (item 4) e Cerro San Cristobal (item 5), obrigatórios e que podem ser feitos em 1,5 dias. Se vocês quiserem visitar uma vinícola, recomendo a Concha y Toro, a maior, mais estruturada e mais próxima da cidade. Talvez fique um pouco corrido, talvez vocês tenham que acordar cedo para aproveitar a cidade, mas em 2 dias dá para fazer as 5 atrações. Como alternativa, para ganhar tempo, dá para fazer o roteiro de ônibus turístico (http://www.viator.com/tours/Santiago/Santiago-Hop-On-Hop-Off-Tour/d713-5249HOHO) e até de bicicleta (http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-9-bike-tour.html).

Onde ficar? Escolha um hotel nos bairros de Providencia e Las Condes, com metrô pertinho, vida noturna movimentada e ótimos restaurantes. Fuja do Centro Histórico, deserto à noite. Bellavista é um bairro boêmio (como a Vila Madalena, em SP), e vocês podem ter problemas para dormir com o barulho ensurdecedor de algum barzinho ao lado. Vitacura é um baita bairro, o mais chique e arborizado da cidade, mas não tem metrô - ótimo para dormir e andar, 100% dependente de taxi (ou longas caminhadas) para chegar e sair.

Quando o assunto é passeios na redondeza, recomendo 4: a pitoresca cidade de Pomaire e seu artesanato (http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-8-pomaire.html), o cassino Monticello Grand Casino em Mostazal, o maior do Chile e da América Latina, o Teleférico Mirador no Vale Nevado (que sobe até 3000m e permite uma visão privilegiada da Cordilheira) e as praias e museus de Viña del Mar.

As 3 primeiras cidades ficam cerca de 1h de Santiago, dá para fazer um bate-e-volta tranquilo. Viña del Mar está distante 1h30 da capital chilena e também pode ser conhecida em apenas 1 dia. Se a idéia de vocês for estender a viagem até Valparaíso e as vinícolas do Vale de Casablanca, separem 2 dias e aluguem um carro, fundamental para deslocar-se até às vinícolas.

A melhor maneira de chegar em Viña del Mar a partir de Santiago é de ônibus, que saem dos terminais Pajaritos (metrô de mesmo nome), San Borja (metrô Estación Central) e Universidad de Santiago (metrô de mesmo nome), e custa CLP 3000 (R$ 12) o trecho.

Para uma praia mais exclusiva, com água clarinha e cheia de mansões e barcões ancorados, pegue um voo local e desça em La Serena (1h de voo a partir de Santiago, preços a partir de CLP 27.000, ou R$ 108 por pessoa, ida e volta).

Espero tê-la ajudado. Caso tenha mais dúvidas, fique à vontade para escrever.

Um abraço,
Daniel.

Lila disse...

Olá Daniel,

Em primeiro lugar quero parabenizar pelo blog, muito bacana mesmo!
Já anotei todas as suas dicas para Santiago, estou indo dia 8 de janeiro e passarei 6 dias. Fiquei com uma dúvida.
Estou indo com minha família, tenho uma sobrinha de 6 anos. Vc sabe se existe alguma restrição para entrar nas vinícolas? Vc aconselha algum passeio interessante para criança? Muito obrigada!

Daniel Neves disse...

Olá Lila,

Você me deu uma ótima ideia: escrever um post com as principais atrações de Santiago para os(as) pequenos(as)!

Sobre as vinícolas, em geral não existem restrições. Em muitas, como a Concha y Toro e a Cousiño Macul, em Santiago, a entrada dos(as) pequenos(as) é gratuita. Mas você vai se deparar com um problema: a maioria não tem uma área para as crianças brincarem, o que pode tornar o passeio rapidamente entediante para elas.

Este problema não existe no Vale de Casablanca, entre Santiago e Viña del Mar, e terra dos melhores brancos do país. Visite as vinícolas Casas Del Bosque e Matetic, que além do tour com degustação e vistas de tirar o fôlego conta com parquinhos, laguinhos e restaurantes com direito a livrinhos para colorir e cardápio infantil.

O ótimo blog "Chile para crianças" tem relatos de viagem nas duas vinícolas:
http://www.chileparacriancas.blogspot.com.br/2011/10/vinicola-kids-friendly.html e
http://chileparacriancas.blogspot.com.br/2012/03/mais-uma-boa-vinicola-com-criancas.html

O pessoal do Destemperadinhos também preparou um material super legal: http://www.destemperados.com.br/blog/destemperadinhos/vinicolas-no-chile-da-para-levar-criancas

Sobre atrações em Santiago para as crianças, rapidamente montei uma lista com algumas coisas bem legais:

- Área verde e parquinho do Parque Bicentenário (veja mais em http://www.destemperados.com.br/blog/destemperadinhos/mestizo-e-parque-bicentenario-da-serie-lugares-que-amamos);
- Museo Interactivo Mirador (veja mais em http://www.chileparacriancas.blogspot.com.br/2011/10/santiago-um-museu-onde-regra-e-mexer-em.html);
- Zoolõgico do Cerro San Cristóbal (veja mais em http://www.chileparacriancas.blogspot.com.br/2011/10/santiago-zoologico-com-vista-incrivel.html);
- Kidzania (veja mais em http://www.chileparacriancas.blogspot.com.br/2012/06/kidzania-im-per-di-vel-cidade-para-os.html);
- Fantasilandia (veja mais em http://chileparacriancas.blogspot.com.br/2011/10/fantasilandia-o-maior-parque-de.html);
- Parque Bicentenário de la Infancia (veja mais em http://chileparacriancas.blogspot.com.br/2012/05/novissimo-parque-para-criancas-em.html);
- Parque Araucano (veja mais em http://www.maesaobra.com.br/2011/10/24/passeios-para-criancas-em-santiago-do-chile/);
- Mampato (veja mais em http://www.maesaobra.com.br/2011/10/24/passeios-para-criancas-em-santiago-do-chile/);
- Aquário de Santiago (veja mais em http://turismo.ig.com.br/destinos_internacionais/2009/03/19/atracoes+para+as+criancas+em+santiago+++viagem+ao+chile+4930985.html);
- Planetário do Chile (veja mais em http://viajeaqui.abril.com.br/materias/santiago-para-criancas-e-familias-chile#6).

Espero que as dicas sejam úteis. Caso tenha mais dúvidas, é só perguntar!

Um abraço e boa viagem para vocês!

Lila disse...

Poxa, Daniel!!!! Muito obrigada pelas dicas, elas farao toda diferença. Espero que vc continue viajando muito por ai viu!!! Assim aproveitamos mais com suas dicas. Abraços. Depois volto a escrever para contar como foi.

Juninho Silva disse...

Boa noite meu querido ...
Seu blog é sensacional ... Li, reli, imprimi .. rs ... Certamente suas dicas serão de muita validade para mim.
Irei dia 11 de janeiro com minha esposa para Santiago e ficarei até dia 21 com uma fugida de busão para Mendoza no meio da viagem.
Como teremos muito pouco tempo para conhecer as muitas opções que você sugere, gostaria muito de sua ajuda para compor meu roteiro, pois tem 2 finais de semana e não sei oque compensa nesses dias ... Por favor incluir 1 dia para Viña Del Mar (busão), 1 dia para degustação em bodegas ... o resto é com vc.
11/01-sexta- Check in Ibis Providência às 12hs - resto tarde livre
12/01-sabado- dia todo
13/01-domingo- dia todo
17/01-quinta- check in Ibis Central às 18hs - noite livre
18/01-sexta- dia todo
19/01-sábado - dia todo
20/01-domingo- dia todo
21/01-segunda- check out às 12hs ... vôo 18hs
Última pergunta ... li vários posts sobre esse tema, mas como está oscilando demais não custa perguntar ... oque compensa levar ?? Dolar, Real ou Peso chileno hoje ??
Desde já agradeço muito.
Att. Junior (juninho_zeca@hotmail.com)

Daniel Neves disse...

Olá Juninho,

Pelo seu roteiro, você terá 5 dias completos (12, 13, 18, 19, 20), sem contar a tarde do dia 11 e a provavelmente a manhã do dia 21, em terras chilenas. Para Santiago, eu separaria 2,5 dias:

Dia 11 (tarde): Centro Histórico e Mercado Central;
Dia 12 (dia): Tour no Palácio de La Moneda (manhã), Parque Bicentenário (tarde);
Dia 13 (dia): Concha y Toro (manhã), Cerro San Cristobal (tarde).

Caminhar é a melhor maneira de ver, visitar e aproveitar o máximo de Santiago. Se você gosta de pedalar, vale alugar uma bike – empresas fornecem equipamento e montam roteiros.

No dia 17, eu faria apenas uma boa refeição num bom restaurante.

Dá para conhecer Viña del Mar em 1 dia, o que você pode fazer no dia 18. Para os dias 19 e 20, você tem uma lista boa de atrações, todas com duração de 1 dia – deixo para você escolher as duas mais legais para completar seu roteiro:

- Vale Nevado (45 minutos de Santiago): Procurada estação de esqui, vá no Teleférico Mirador, que sobe até 3000m e permite uma visão privilegiada da Cordilheira;
- Vale de Casablanca: (45 minutos de Santiago): Região que produz os melhores vinhos brancos do país. Recomendo a Casas Del Bosque, a Matetic e a Indomita;
- Mostazal (1h de Santiago): Apostar a sorte no cassino Monticello Grand Casino, o maior do Chile e da América Latina;
- Pomaire (1h de Santiago): A Embu das Artes chilena. Minúscula, vale para quem gosta de entrar em contato com a cultura local. Muitas lojinhas vendem artesanato, incluindo vasos, panelas e itens de argila e ferro.

No último dia, não sei se você considera fazer algum passeio. Eu acordaria sem o despertador, tomaria um bom café, faria as malas, sairia para aquelas compras de última hora, almoçaria num lugar legal e iria antes para o Aeroporto, que tem um baita free-shop com ótimas marcas de vinhos. Se você gosta do assunto, se sentirá num parque de diversões!

Uma ótima viagem! Quando voltar, nos diga o que achou de Santiago!

Daniel Neves disse...

Esqueci de responder sobre o câmbio!

Do ponto de vista financeiro, se puder, faça o câmbio no Brasil e leve pesos chilenos. Certamente você terá a melhor taxa. Evite as casas de câmbio no aeroporto em Guarulhos: além de poucas, não oferecem as melhores taxas.

Se preferir fazer câmbio no Chile, leve dólares. Como a moeda é forte, certamente a taxa será competitiva. Dá para fazer câmbio com reais, mas a taxa é ruim.

Se for levar dinheiro em espécie do Brasil, valem as antigas regras de viagem: separar o montante em pequenos pacotes, distribuir entre quem vai viajar, sempre bem guardados na bagagem de mão.

Uma outra opção é sacar em moeda local nos caixas eletrônicos, via Maestro. Dependendo das taxas do seu banco, pode ser uma opção tão boa quanto a primeira. Vale dar uma olhada. Evite levar muito dinheiro em espécie para evitar complicações com a Receita.

Cartão de crédito tem a praticidade, a segurança, mas a facilidade tem seu preço. Em termos de custo total, sempre será a pior opção. Além de perder na taxa pela conversão dupla (pesos para dólares e depois para reais), ainda tem que pagar IOF. O custo pode ser baixo, mas ele estará lá.

Se você optar por andar com dinheiro, importante que seu hotel tenha um cofre. Santiago é relativamente segura, mas andar com boa quantidade de dinheiro na rua nunca é uma boa opção, mesmo na Suíça.

Leonardo Ferreira disse...

Caro Daniel,

Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pela atenção e cuidado nas respostas aos leitores do seu blog! Estou indo para Santiago com minha namorada no dia 07/02 e já quero começar a conhecer a cidade, pois voltaremos no dia 12/02, ou seja serão mais ou menos 5 dias para tentar desvendar as diversas atrações de Santiago. Ficaremos hospedados no hotel Plaza El Bosque Park e pelo que pude perceber parece ser um hotel bem localizado e com serviço interessante, estou certo?
Se possível gostaria que você nos enviasse sugestões de roteiros para os dias em que ficaremos em Santiago e ainda gostaríamos de conhecer Viña del Mar e Valparaíso, mas tenho minhas dúvidas se neste prazo seria possível?
Desde já, agradeço e mais uma vez parabéns pelo Blog.
Grande abraço

Juninho Silva disse...

Olá Daniel ... Estamos de saída.
Tive que remanejar o roteiro por causa das reservas disponíveis, mas vai dar para ver muuuita coisa ..
Muitíssimo obrigado pelas suas dicas.
Depois posto tudo aqui.
Abraçaum, Jr.

Daniel Neves disse...

Olá Leonardo,

Você está correto sobre o Plaza El Bosque Park, localizado no coração de Las Condes, pertinho da El Bosque Norte e a poucos passos do metrô Tobalaba e da Av. Isidora Goyenechea, onde estão localizados alguns dos melhores restaurantes da cidade, como o Osaka.

Sobre o roteiro, não sei exatamente a que horas você chegará no dia 07, tampouco a que horas deixará a cidade no dia 12. Vou sugerir um roteiro clássico, basicamente o mesmo que recomendei para os(as) demais leitores(as), separando 2,5 dias para Santiago e 2 dias para Viña + Valparaiso:

Dia 7: Assumindo que você terá meio-período, comece a explorar Santiago pelo Centro Histórico – faça o tour a pé no Centro Histórico, terminando o dia com uma visita no Mercado Central;
Dia 8: Acorde cedinho para encarar a longa fila no Palácio de La Moneda de manhã, almoce no Mestizo e passe a tarde no Parque Bicentenário;
Dia 9: A Concha y Toro é um passeio imperdível, e pode ser feito de manhã; à tarde, suba o Cerro San Cristobal de funicular (ou de bicicleta) e aprecie a vista sensacional da cidade e Cordilheiras;
Dia 10: Pegue o ônibus sentido Viña del Mar. 1 dia é suficiente para conhecer os principais pontos da cidade;
Dia 11: Eu deixaria Valparaiso para o dia seguinte – acho que fica bem apertado fazer Viña + Valparaiso num dia só, mas como você fará Valparaiso em meio dia, eu incluiria um passeio em 1 ou 2 vinícolas da Ruta 68, a estrada que liga Santiago a Viña del Mar e onde fica o Vale de Casablanca, terra dos melhores brancos chilenos. Recomendo a Casas Del Bosque, a Matetic e a Indomita;
Dia 12: Volta para casa. Se sobrar tempo, dá para fazer algum passeio dos dias 7, 8 e 9 que não tenha dado tempo, visitar o Planetário, o Museu de História Natural, o Aquário, o Zoológico, alguma loja de vinhos (tem uma ótima no Hotel W) ou até passar nas lojas de departamentos e garimpar roupas (principalmente moda feminina), que custam cerca de 50% do preço do Brasil.

É uma sugestão básica de roteiro, que atende bem e permite você explorar as principais atrações da cidade. Neste post estão links que detalham cada uma das atrações que recomendei – é só clicar e viajar!

Caso tenha novas dúvidas, pode escrever!

Um abraço

claudia disse...

Caro Daniel,

Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelo seu blog! Estou indo para Santiago sozinha no dia 18/01/2013 por volta das 19:50h e retorno no dia 24/01/2013 as 07:15h serão mais ou menos 5 dias para tentar desvendar as diversas atrações de Santiago. Ficarei hospedada no hotel Opera Santiago. gostaria de saber sobre a localização deste hotel
Se possível gostaria que você me enviasse sugestões de roteiros para os dias em que ficarei em Santiago. Desde já, agradeço e mais uma vez parabéns pelo Blog

Daniel Neves disse...

Olá Claudia,

Seu hotel fica no coração do Centro Histórico, a poucos passos do Cerro Santa Lucia. Como já disse aqui no blog, embora você estará a poucos passos de atrações como Palácio de La Moneda e Plaza de Armas, a região é carente de bons restaurantes e bastante deserta à noite (não acho Santiago uma cidade violenta, mas é sempre bom tomar cuidado).

Sobre o que fazer nos 5 dias, sugiro que você dê uma lida nos comentários deste post, onde eu e vários leitores já comentamos sobre diversas atrações que todo visitante deve conhecer em Santiago. O post “10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago (Chile)” (http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html) também reúne bastante material legal que você pode usar no planejamento da sua viagem.

Como recomendação geral, separe entre 2,5 e 3 dias para Santiago. Pode seguir os roteiros deste post, descritos nos itens “Dia 1”, “Dia 2” e “Dia 3” sem sustos. Para os outros 2 dias, dá para explorar os arredores (cassinos em Mostazal, artesanato em Pomaire, montanhas em Vale Nevado, ou até visitar Viña del Mar e Valparaíso), em roteiros de bate-e-volta com duração de 1 dia.

Se você escolher Viña, uma boa opção para o segundo dia pode ser visitar as vinícolas do Vale do Casablanca, na Ruta 68 (estrada entre Santiago e Viña), terra dos melhores brancos chilenos: Casas del Bosque, Matetic e Indomita são passeios imperdíveis. Neste caso, recomendo que você alugue um carro, o que tornará seu deslocamento muito mais fácil.

Para sabe onde comer bem, veja minhas dicas de restaurantes em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-10-restaurantes.html.

Caso tenha dúvidas, pode me escrever!

Rodrigo Gabriel disse...

Daniel,

Dispenso elogios para o seu blog, até mesmo você vem recebendo vários e sabe que está muito bom!
Estarei em Santiago entre os dias 05/03 á 14/03, seguirei muito suas recomendações...
Mas, tenho muito interesse em compras no chile, vale a pena comprar roupas artigos eletronicos, quais as marcas legais que valem a pena, ´pode me ajudar?

abraços
Rodrigo Gabriel

Marcelo disse...

Oi Daniel iniciativa ótima do BLOG, parabéns. Irei em Agosto com minha mulher e filha de 5 anos. Algumas dicas para nós vamos ficar 8 dias.

Daniel Neves disse...

Rodrigo, segue uma lista do que VALE A PENA comprar em Santiago - valores entre 30% e 50% mais baixos que no Brasil:

1) Roupas (masculinas, femininas e infantis)
- Onde comprar: Ripley, Falabella, Paris, Paseo Ahumada (rua de comércio popular), Parque Arauco, Alto Las Condes
- Quando comprar: Prefira Janeiro e Julho, que são meses de liquidação.
- Importante: o Buenaventura Premium Outlet (www.buenaventurapremium.cl) tem os melhores preços da cidade, mas é longe pra burro. Antes de ir, coloque na ponta do lápis se o custo de taxi não inviabiliza a vantagem.

2) Artigos Esportivos
- Onde comprar: MallSport (www.mallsport.cl)

3) Vinhos
- Onde comprar: supermercados (os melhores preços), free-shop (preços ótimos, mas vale mesmo pela praticidade), direto nas vinícolas (vale muito para vinhos especiais, que você não encontrará nas lojas e mercados) e lojas como a El Mundo del Vino.

4) Eletrônicos
- Onde comprar: Ripley, Falabella
- O que vale: iPads, mais baratos e com garantia global. Os preços de câmeras digitais e notebooks são mais baixos que no Brasil, mas leve em consideração a falta de garantia e de parcelamento. Se estiver disposto a pagar à vista, pode compensar. TVs não valem pelo custo e risco de transporte.
- Importante: Vale lembrar que eletrônicos acima de USD 500 precisam ser declarados na chagada ao Brasil.

5) Produtos Roche, Avene, Vichy e Roc
- Onde comprar: Farmácias

6) Utensílios de cozinha
- Onde comprar: Coquinaria (www.coquinaria.cl, que também tem uma ótima linha de geléias e temperos) e Casaideas

7) Outros itens que valem a pena
- Malas de viagem, tênis

Espero ter ajudado. Se tiver mais dúvidas, é só escrever!

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Marcelo,

Vou assumir que você terá 8 dias inteiros, cerca de 8hs por dia, e que não tem restrições de passeios. Também vou incluir alguns passeios para sua filha de 5 anos, pelo menos uma por dia.

Como recomendação geral, separe 5 dias para Santiago. Sobre o que fazer nos 5 dias, sugiro que você dê uma lida nos comentários deste post, onde eu e vários leitores já comentamos sobre diversas atrações que todo visitante deve conhecer em Santiago. O post “10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago (Chile)” (http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html) também reúne bastante material legal que você pode usar no planejamento da sua viagem.

Pode seguir os roteiros deste post, descritos nos itens “Dia 1”, “Dia 2” e “Dia 3” sem sustos, e complementar com as dicas de passeios para crianças para passei para a Lila - http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/10-atracoes-imperdiveis-em-santiago.html?showComment=1357322928385#c193966303032497033.

Como roteiro proposto, sugiro o seguinte:

Dia 1: Palacio de la Moneda (manhã) e Parque Bicentenario (tarde);
Dia 2: Cerro San Cristobal (manhã) e Zoológico (tarde);
Dia 3: Centro Histórico (manhã), Kidzania e Mercado Central (tarde);
Dia 4: Concha y Toro (manhã) e Aquário (tarde);
Dia 5: Museo Interactivo Mirador (manhã) e Parque Arauco (tarde).

Nos dias 6 e 7, recomendo que vocês visitem Viña del Mar e Valparaiso. Aproveitem e parem nas vinícolas do Vale do Casablanca, na Ruta 68 (estrada entre Santiago e Viña), terra dos melhores brancos chilenos. Visite as vinícolas Casas Del Bosque e Matetic, que além do tour com degustação e vistas de tirar o fôlego conta com parquinhos, laguinhos e restaurantes com direito a livrinhos para colorir e cardápio infantil.

Neste caso, recomendo que você alugue um carro, o que tornará seu deslocamento muito mais fácil.

No dia 8, não sei quanto tempo você terá antes de retornar para o aeroporto. Você pode fazer algo que não tenha dado tempo, ou até incluir algum bate-e-volta - neste caso, recomendo o Valle Nevado e seu Teleferico Mirador, que permite uma baita visão das Cordilheiras.

Para saber mais sobre Viña, Valle Nevado e das atrações para crianças, leia os comentários neste post.

Caso tenha perguntas, é só escrever!

Anônimo disse...

Caro Daniel,
adorei o blog. Eu e meu marido estamos indo para o Chile nas primeiras semanas de abril, agendamos a viagem para o dia 4 com volta no dia 12, sendo que até o dia 8, ficaremos em Santiago e pretendemos ir um dia em Viña Del Mar e Valparaiso. A dúvida surge a partir dai: seguir para a região dos lagos Andinos (Puerto Varas) sem ir em Bariloche, ou ir para região do Atacama? Qual o melhor opção levando em conta o custo beneficio?
agradeço desde já...
Grazielle Moreira (grajornalismo@yahoo.com.br)

Daniel Neves disse...

Olá Grazielle,

Atacama tem a arqueologia, o deserto, os lagos e os gêiseres. Puerto Varas tem a arquitetura, os lagos e a gastronomia. Decisão difícil. Se eu tivesse que escolher, ficaria com a segunda opção.

Em primeiro lugar, 2 dias na região do Atacama é completamente inviável – você conseguirá fazer o básico, e terá que voltar justo quando a viagem começar a ficar legal. Puerto Varas é plenamente viável para ser explorada em 2 dias.

Sobre os custos, Atacama ganha no quesito transporte (avião + van), mas Puerto Varas tem hotéis mais em conta em Abril (via booking.com).

Seguem alguns reviews sobre Puerto Varas:

http://www.melhoresdestinos.com.br/melhores-destinos-em-puerto-varas-chile.html
http://www.portodenoticias.com.br/noticia.asp?id=4414

Espero tê-la ajudado. Boa viagem!

Lúcia disse...

Olá Daniel,

Irei com meu marido para o Chile no dia 25/11 e voltaremos em 10/12. Gostaria de saber algumas dicas.. lugares de compras, passeios de ski, gastronomia. Gostaria de um hotel bem localizado, barato (se possível) e como faço para alugar um carro lá?

Obrigada!

Daniel Neves disse...

Olá Lúcia,

Não sei quanto tempo você terá nos dias 25/11 e 10/12. Com exceção dos 2 dias, você terá 14 dias inteiros no Chile.

Para Santiago, separe 3 dias inteiros, tempo suficiente para conhecer as principais atrações e fazer compras. Veja os comentários dos outros leitores neste post para ver as principais atrações, além da lista de sugestões (e lugares) para comprar na cidade. O post “10 dias em Santiago” também tem bastante material legal que você pode usar.

Escolha um hotel nos bairros de Providencia, Las Condes, El Golf ou Bellavista. Recomendo o Booking (www.booking.com) para escolher sua hospedagem, com fotos e recomendações dos usuários.

Sobre aluguel de carro, as principais marcas (Hertz, Avis, Europcar) estão no aeroporto e possuem lojas na cidade. Um bom dite para pesquisar e reservar carros na cidade é o Atrapalo (http://www.atrapalo.com.br/carros/aluguel-carros-santiago-do-chile_x_1673.html).

Veja minhas dicas de restaurantes em Santiago em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-10-restaurantes.html.

Inclua 2 dias para Viña del Mar, Valparaiso e vinícolas no Vale do Casablanca – recomendo que você conheça a Casas del Bosque, Matetic e Indomita.

Dezembro não é uma boa época para esquiar no Chile – as principais estações estarão fechadas, e embora dê para achar neve um pouco mais ao sul, não é o suficiente para esquiar.

Um passeio muito procurado no verão é o Atacama, com seus vulcões, arqueologia, lagos e gêiseres. Separe 4 dias para conhecer a região. O melhor roteiro que conheço está no Matraqueando (http://www.matraqueando.com.br/chile-santiago-e-atacama-post-indice).

Separe os demais 5 dias para o Sul do Chile. Comece nos Lagos Andinos, e reserve 2 dias para Puerto Varas. Veja alguns posts com fotos e dicas sobre a cidade: http://www.melhoresdestinos.com.br/melhores-destinos-em-puerto-varas-chile.html, http://www.portodenoticias.com.br/noticia.asp?id=4414 e http://viagem.uol.com.br/guia/cidade/puerto-montt-e-puerto-varas.jhtm.

Para fechar, desfrute os outros 3 dias na Patagônia Chilena – Torres del Paine, Punta Arenas, Tierra del Fuego e Estreito de Magalhanes. Para saber mais, acesse http://www.patagonia-chile.com/site/, http://www.mochileiros.com/dicas-o-que-fazer-na-patagonia-t32889.html, http://jeguiando.com/2012/09/13/dicas-viajar-patagonia-chilena/ e http://asviajantes.com/viagem/patagonia-um-roteiro-pelo-fim-do-mundo. Veja fotos em http://oglobo.globo.com/boa-viagem/a-isolada-patagonia-chilena-em-fotos-7136912.

Como você ainda terá bastante tempo, espero que as dicas te ajudem a começar a planejar a viagem. Caso tenha mais dúvidas, é só escrever!

Um abraço!

Anônimo disse...

Meu nome é Edilson

Daniel, Boa noite, Parabéns pelo blog, excelente!

Embarco dia 22 de fev e retorno dia 24 de fev - 2 dias e 1/2
Sou alérgico a frutos do mar em geral
O que vc sugere, onde comer carnes, massas, etc?

Daniel Neves disse...

Olá Edilson,

As casas de carnes em Santiago não são muitas como as de Buenos Aires, mas são muito boas. Recomendo 3 restaurantes frequentados por chilenos onde você será tratado como um rei:

1) Happening (metrô El Golf);
2) La Biferia (metrô Pedro de Valdivia);
3) Ganaderos: Em Vitacura. Para chegar, só taxi.

O Tierra Noble (metrô El Golf) e o Tony Roma's (Parque Arauco) são muito visitados por turistas, mas em ambos não gostei da carne. Vale citá-los, de repente você tem mais sorte do que eu. :)

Outras opções para comer pratos com carne são Majestic (indiano, ótimos pratos com cordeiro), Mestizo (contemporãneo dentro do Parque Bicentenario), Tanta (ótimo peruano no Parque Arauco), Del Cocinero (no coração de Providencia, tem um ótimo cordeiro) e o Wine Bar da Concha y Toro.

Como todo carnívoro gosta de hambúrguer, você precisa visitar o Mr Jack - os lanches são GIGANTES!

No quesito massas, a vida é um pouco mais complicada. Não existem muitos italianos em Santiago. Provei o Le Due Torri (massas) e o Tiramisú (pizzas), e não gostei de ambos. O primeiro é um típico italiano, sem nada de mais, mas esbarra num problema para nós brasileiros: o "ponto" do macarrão no Chile é mais molenga. Já a pizzaria é ruim mesmo, seja na comida ou no ambiente.

Se você gosta de risotos, existem boas casas que produzem verdadeiras maravilhas: as já citadas Tanta e Del Cocinero, além do Aqui esta Coco.

Veja minhas dicas de restaurantes (e reviews de alguns dos restaurantes acima) em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-10-restaurantes.html.

Importante dizer: reservas nos restaurantes chilenos são obrigatórias.

Espero tê-lo ajudado. Se tiver mais perguntas, é só escrever!

Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Daniel! Suélen, parabéns pelo blog. Irei para o Chile dia 30/01 pela manhã e voltaria dia 06 no voo da noite. Terei cerca de sete dias livres, pelas dicas que deu, dia 30 e 31 ficaria por Santiago mesmo, pois minha intenção maior nem eh fazer compras e nada assim, conheceria os pontos turísticos mais comuns e estaria satisfeita. Me sobram 5 dias, gostaria de ir em Vina del mar, ver o Pacífico (rs), e talvez Atacama. Bem este foi o roteiro que imaginei, todavia, gostaria de saber se daria tempo, ou sugere que eu vá pro sul do país? Afinal, as estações de esqui não terão nadica de neve né? Outra questão é: é preferível alugar um carro realmente como dizem, do que seguir excursões? Obrigada.

Daniel Neves disse...

Olá Suélen,

Como sugestão, eu separaria os dias 30, 31 e 06 para Santiago. Dá para fazer bastante coisa – Centro Histórico, Tour em La Moneda, Cerro San Cristobal, Parque Bicentenario, e até visitar a Concha y Toro.

Sobram 5 dias inteiros. 1 dia só em Viña del Mar é suficiente, a não ser que você queira visitar Valparaiso, onde eu te recomendaria 1 dia a mais.

Vamos assumir que você fique só em Viña. Sobram 4 dias, tempo mais que suficiente para explorar bem o Atacama.

Como roteiro alternativo, se você decidir conhecer Valparaiso, talvez 3 dias não sejam suficientes para visitar o Atacama – quando a viagem começar a ficar gostosa, você terá que ir embora. Eu aproveitaria o dia em Valparaiso para visitar as vinícolas do Valle de Casablanca (Casas del Bosque, Indomita e Matetic), na estrada entre Viña e Santiago. No lugar do Atacama, eu visitaria os Lagos Andinos (2 dias) e faria um bate-e-volta no Valle Nevado – mesmo sem neve, o Teleferico Mirador vale a visita.

Seguem alguns reviews sobre a bela Puerto Varas, nos Lagos Andinos:

http://www.melhoresdestinos.com.br/melhores-destinos-em-puerto-varas-chile.html
http://www.portodenoticias.com.br/noticia.asp?id=4414

O ponto-chave para escolher entre alugar carro e fechar um pacote com agências locais resume-se a uma palavrinha: TEMPO. Só vale a pena alugar um carro se você tem tempo para aproveitar os deslocamentos e curtir as paisagens (e até fazer pequenas paradas naquelas cidadezinhas pitorescas no caminho).

Entre Santiago e Viña, não precisa de carro: o ônibus turístico (1h30 de viagem) dá conta do recado. De Viña a Valparaiso, tem metrô (só 7km de distância). Para o Valle de Casablanca, você pode alugar um carro ou fechar um pacote com alguma agência em Viña.

De Santiago até Atacama são quase 1200km de carro. Se tempo não for um problema, a viagem vale a pena. Veja o link http://viajeaqui.abril.com.br/blog/achados/de-santiago-a-san-pedro-de-atacama-de-carro/ para saber mais do passeio. Se não, vá de avião por conta própria (até Calama) e alugue um carro por lá, ou feche um pacote via agência (em Santiago ou São Pedro de Atacama).

Segue um bom roteiro com dicas de atrações no Atacama: http://www.matraqueando.com.br/como-chegar-a-san-pedro-de-atacama-no-chile

Espero tê-la ajudado. Se precisar de mais informações, é sé me perguntar!

Um abraço!

Anônimo disse...

Oi Daniel meu nome é Lara e adorei o seu blog e quero te parabenizar pela iniciativa! Bom estou indo para o Chile em junho em lua-de-mel e estou com algumas dúvidas. Vc acha que devo contratar os passeios básicos (Vina del Mar, Val Paraiso, Concha y Toro, Valle Nevado, entre outros)por aqui mesmo ou aguardo pra contratar por lá? Os hotéis indicam?

Daniel Neves disse...

Olá Lara,

Antes de mais nada, parabéns por terem escolhido o Chile. Eu sou suspeito para falar, acho um país sensacional!

Não há muita diferença em contratar os passeios do Brasil ou do Chile. A única vantagem que vejo em fechar no Chile é que, na baixa temporada, você consegue chorar um precinho melhor.

Na verdade, o ponto-chave da decisão é: fechar pacotes com agências ou fazer os passeios por conta própria.

1) Concha y Toro: Localizado em Pirque, cidadezinha no Sul de Santiago com razoável estrutura de transporte
- Opção 1: Reserve o passeio com a Turistour (www.turistour.cl), que oferece translado em van com ar-condicionado. Preços a partir de CLP 28.000 por pessoa, pelo tour básico;

- Opção 2: Dá para fazer a reserva pela internet, escolhendo um dos 3 tours à disposição. Para chegar, nenhum stress: metrô, linha 4 (Azul), sentido "Plaza de Puente Alto", 45 minutos até chegar na penúltima estação, "Las Mercedes". Desça, pegue a saída "Concha y Toro Poniente" e tome um "Metrobus", um micro-ônibus azul - pode ser o 73, 80 ou 81. Custo total (tour básico): CLP 8.000 pelo tour + CLP 1.340 de metrô (tarifa mais alta) + CLP 1.000 de Metrobus = CLP 10.340.

O que vale a pena: Se a ideia de vocês é sair da Concha y Toro com várias garrafas de vinho, prefiram a Opção 1, já que transportar os pacotes no busão (de passageiros, não é turístico) pode ser bem complicado. Caso contrário, eu faria o passeio por conta própria.

2) Viña del Mar + Valparaiso: Distantes 1h30 de Santiago
- Opção 1: Reserve o passeio com a Turistour, Bernatour (www.bernatourchile.com) ou Skitotal (www.skitotal.cl/), passeio de 1 dia com city tour a partir de CLP 30.000 por pessoa;

- Opção 2: Ônibus saem dos terminais Pajaritos (metrô de mesmo nome), San Borja (metrô Estación Central) e Universidad de Santiago (metrô de mesmo nome), e custa CLP 3000 o trecho por pessoa. Uma vez na cidade e com um bom mapa em mãos, dá para visitar absolutamente tudo sem a necessidade de um guia de viagem. De Viña para Valparaiso existe um metrô, que custa cerca de CLP 400 por pessoa/trecho. Custo total: CLP 6000 (ônibus) + CLP 800 (metrô) = CLP 6.800.

O que vale a pena: Não vejo nenhuma necessidade em fazer o pacote com agência. É fácil ir e vir, as atrações são bem sinalizadas.

3) Valle Nevado: Distante 45km de Santiago
Pergunta: O plano de vocês é esquiar, ou fazer apenas um day tour?

- Opção 1: Turistour (www.turistour.cl/), Skitotal ou El Colorado (www.elcolorado.cl/) são opções para fechar um day tour, a partir de CLP 40.000 por pessoa, mínimo de 2 pessoas. Se a ideia de vocês é passar um tempo maior, existem pacotes de 6 dias e 5 noites a partir de CLP 160.000 por pessoa, sem translado. Veja no Rutas Chile (www.rutaschile.com) para saber mais.

- Opção 2: Se a ideia é fazer um day tour, alugue um carro. As principais marcas (Hertz, Avis, Europcar) possuem lojas na cidade. Um bom site para pesquisar e reservar carros na cidade é o Atrapalo (http://www.atrapalo.cl/rentacar/rent-a-car-metropolitana_x_1672.html), com valores a partir de CLP 25.000 por dia. Se a ideia for ficar um tempo maior na região, a opção de pacotes funciona bem, que podem ser fechados diretamente com os hotéis, com translado incluso. Veja http://www.vallenevado.com/en/hotel-ski-resort/ para saber mais.

O que vale a pena: O passeio até Valle Nevado começa na estrada, uma das mais bonitas do Chile. Se dirigir não é um problema, eu alugaria um carro.

Daniel Neves disse...

Como não sei quanto tempo vocês ficarão no Chile, permita-me sugerir dois outros destinos:

4) Lagos Andinos – Puerto Varas e Puerto Montt
O lugar é um achado! Tem arquitetura, lagos e excepcional gastronomia. Dê uma olhada nas fotos:
http://www.melhoresdestinos.com.br/melhores-destinos-em-puerto-varas-chile.html
http://www.portodenoticias.com.br/noticia.asp?id=4414

Existem pacotes a partir de 6 dias e 5 noites por CLP 160.000. Acho muito tempo - em 3-4 dias você faz quase tudo. Em Puerto Varas, 2 dias são suficientes. Portanto, vale mais a pena fechar tudo por conta.

5) Atacama
Arqueologia, deserto, lagos e gêiseres. Existem muitos pacotes saindo de Santiago, mas o ideal é que vocês comprem os bilhetes de avião de Santiago até Calama por conta própria, e de lá fechem os pacotes. Veja as opções na Rutas Chile (http://www.rutaschile.com/men1/tourlistado.php?ciudad_tour=11).

Espero tê-la ajudado. Se tiver mais perguntas, é só escrever!

Um abraço!

Anônimo disse...

Como vai Daniel, meu nome é Junior e parabéns pelo blog. Eu e minha esposa vamos para Santiago a passeio de 02.03(chegada 13:10h) a 09.03(partida 14:30h) é um bom período(temperatura e preços). Sabemos pouco de inglês e nadinha espanhol. Por favor nos dê sugestões de passeios e compras para o período. Apesar de você já ter comentado como faço em relação ao dinheiro, compro aqui em Guarulhos? Quanto posso levar no bolso? Nos caixas faz saque com cartão de débito( CEF e BB)?. Graças a leitura deste blog decidimos por não desistir da viagem. Aguardamos ansiosos a resposta, pois estamos "meio perdidos".Obrigado.

Daniel Neves disse...

Olá Junior,

Santiago é uma cidade fascinante, com muita história, áreas verdes, bons vinhos e excelente gastronomia. Estou certo que, se vocês planejarem direitinho, a viagem será sensacional!

Pelas datas que você informou, vocês terão 6,5 dias em Santiago – desconsidere o último dia, onde normalmente só dá tempo de arrumar as malas e correr para o aeroporto. É bastante tempo.

Santiago tem atrações para 2 semanas, mas 2 ou 3 dias são suficientes para conhecer as principais, dependendo do que vocês querem fazer – tem gente que gosta de museus, tem gente que odeia parques, tem gente que só quer visitar vinícolas, etc.

Este post sugere um roteiro básico em Santiago, com 7 atrações para fazer em 3 dias. Se você der uma olhada nos comentários deste post e do "10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago" (http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html), você encontrará bastante material legal que já compartilhei com os leitores.

Vocês têm planos de visitar outras cidades além de Santiago? Se sim, a região de Viña del Mar e Valparaíso é uma ótima opção, e que pode ser feita em 1 ou 2 dias. O Valle de Casablanca tem ótimas vinícolas para visitação e degustação, dá para apreciar as montanhas no Valle Nevado, conhecer o artesanato em Pomaire ou aventurar-se nos cassinos de Mostazal. Tudo pertinho de Santiago, tudo bem detalhado nos comentários dos posts. Dá uma lida e me diga o que acha!

Sobre o clima, Março ainda tem calor – entre 8 a 12 graus de mínima, 25 a 28 de máxima, com pouca chuva e clima seco. Tomem muita água.

Sobre o idioma, dá para se virar relativamente bem com o português (os brasileiros são maioria entre os turistas que visitam a cidade), mas se eu puder te dar uma sugestão, leve um caderninho com algumas palavras anotadas – use o item (6) do meu post "10 dicas..." para um guia básico de sobrevivência na selva. Entendo como uma demonstração de cortesia tentar falar alguma coisa na língua local, mesmo que sejam simples "buenos dias" ou "gracias" - te asseguro que você será melhor atendido, onde quer que esteja.

Sobre o câmbio, o item (1) do post "10 dicas..." explica direitinho quais são as opções e o que precisa fazer. Se você resolver comprar pesos chilenos no Brasil, procure casas de câmbio perto da sua casa ou trabalho e cote a taxa. Não recomendo comprar no aeroporto, pois as taxas normalmente são mais altas.

Dá para sacar nos caixas eletrônicos no Chile sem problema algum, apenas entre em contato com seu banco NO BRASIL e peça para habilitar o serviço de saque no exterior. Importante que você saiba que os bancos no Chile cobram tarifa para intermediar o serviço. Por exemplo, acabei de voltar da Argentina e lá me cobraram R$ 8 por saque.

Seu banco no Brasil também cobrará uma taxinha, mas tende a ser baixa - se informe para saber o valor cobrado pelo seu banco.

Sobre quanto levar, depende muito se vocês pretendem usar cartão de crédito para pagar as refeições e hospedagem. Se for apenas para despesas pequenas, como um sorvete, souvenirs, transporte (metrô/ônibus) ou ingressos para atrações, acredito que R$ 100 por dia sejam mais que suficientes. Para os gastos com restaurantes, veja o que comentei aqui: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html?showComment=1360929887508#c5132821951798029384

Espero ter ajudado um pouco a deixá-los "menos perdidos". Caso tenha mais dúvidas, é só escrever!

Um abraço!

Anônimo disse...

Olá, Daniel!

Estarei em Santiago de 9 a 13 de março. Gostaria de saber que frutas da época vou encontrar..

Obrigado e um abraço!
Marco

Daniel Neves disse...

Precisei da ajuda dos universitários (meus amigos chilenos) para responder esta!

Março é época de pêssego, framboesa, kiwi, maçã, maqui (frutinha típica chilena, tem gosto de blueberry), marmelo, amora preta, pera e uva.

Se você for ao Mercado Central, certamente poderá provar variedades de banana, laranja, cereja, fruta do conde, lúcuma (de origem peruana).

Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Daniel, tudo bem? Irei a Santiago agora em Março com o meu marido e apesar de ja termos fechado alguns passeios, ainda tenho um enorme desejo de conhecer o Deserto do Atacama...você teria alguma dica? Sei que está em cima da hora, mas iremos passar 8 dias e acho que poderíamos aproveitar esta oportunidade. Me ajuda Please!

Daniel Neves disse...

Olá, o ideal são 5 dias para conhecer bem o Atacama, sua arqueologia, deserto, lagos e gêiseres, mas a partir de 3 dias já dá para fazer muita coisa. Menos que isso, acho que não vale a pena.

Existem muitos pacotes de agências saindo de Santiago, mas o ideal é que vocês comprem as passagens de avião até Calama por conta própria, e de lá fechem os pacotes. Fiz algumas pesquisas no eDreams, e as passagens em Março custam a partir de R$ 840 por pessoa, ida e volta.

Veja algumas opções de roteiros na Rutas Chile (http://www.rutaschile.com/men1/tourlistado.php?ciudad_tour=11). O pessoal da TurisTour também tem uns pacotes legais - veja em http://www.turistour.cl/component/virtuemart/6-excursiones/1-san-pedro-de-atacama.

Uma outra opção é alugar carro e fazer as viagens por conta. É mais legal, mais barato, mas demanda um baita planejamento.

Sobre o que visitar, o pessoal do Matraqueando montou um roteiro bem legal - dê uma olhada em http://www.matraqueando.com.br/chile-santiago-e-atacama-post-indice.

Anônimo disse...

Olá Daniel, ótimas dicas suas. Estou indo em abril-13 e já estou com quase tudo programado.
Voce tem conhecimento de um "Tren del viño" que sai de San Fernando e vai até Santa Cruz ???
No caso de alugar um carro, como fica a lei seca quando a gente sai das vinícolas após degustar vários vinhos???
Voce conheceu um city tour feito pela empresa Turistik chamado hop on-hop off onde a gente desce do ônibus anda um pouco depois volta ao ponto de parada e toma o próximo de meia em meia hora??
Obrigado pela atenção
Murilo Assunção

Daniel Neves disse...

Olá Murilo,

1) Já ouvi falar do “Tren del Vino Valle de Colchagua”, mas ainda não fiz o passeio. Com saídas somente aos sábados, o passeio entre San Fernando e Santa Cruz é feito numa Maria Fumaça toda estilosa, inclui degustações de vinhos do vale e shows folclóricos. Segundo meus amigos chilenos, o passeio é curto, e não explora muito o Vale de Colchagua. A sugestão que eles me deram é você avaliar pacotes de dia inteiro em agências como a Visit Chile (http://www.visitchile.com/es/tours/tren-del-vino-valle-de-colchagua-dia-completo.htm), que além do passeio de trem contempla paradas em vinícolas para visitação e degustação;

2) Sobre a lei seca chilena, precisei da ajuda dos universitários (meus amigos chilenos), pois soube que houve mudanças recentes. A Lei Seca é uma realidade no Chile e, assim como a em vigor em São Paulo, prevê tolerância ZERO. Em Santiago, nunca presenciei nenhuma blitz, mas soube que a fiscalização nas grandes rodovias que cortam o país, como a Panamericana, é pesada – principalmente nas regiões próximas às vinícolas, como os Valles de Colchagua e Casablanca. Dê um lida neste artigo para saber mais dos limites em vigor: http://www.lanacion.com.ar/1457545-adios-al-pisco-sour-una-severa-ley-seca-altera-a-los-chilenos;

3) Sobre o city tour em Santiago, dê uma olhada no post “10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago”, no link http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html. Veja o item (9) para saber mais o roteiro, em sistema “Hop On – Hop Off”, onde você adquire um bilhete válido por 1 dia, pode descer e subir quantas vezes quiser, aproveitar as atrações e pegar o ônibus seguinte. Mega recomendado para quem tem pouco tempo e quer conhecer o mais importante da cidade.

Espero tê-lo ajudado. Caso você tenha outras dúvidas, fique à vontade para escrever!

Um abraço!

Anônimo disse...

Perfeito Daniel.
Ajudou demais.
Até dia 15 de abril talvez te incomode de novo.
Grande abraço.

André Stein disse...

Pretendemos ir no início de setembro...com nossa filhota que terá 1 ano e 3 meses. É muito frio para ela? Tem neve na cidade?

Daniel Neves disse...

Olá André,

Setembro é um mês complicado. Ainda é inverno (pelo menos até o dia 21), são comuns temperaturas entre 10-20 graus durante o dia, mas o Sol já começa a ensaiar uma reação para a primavera – não raro dá para pegar 25, 28 graus. Durante à noite, ainda tem cara de inverno: espere temperaturas baixas, na casa de 1 dígito, às vezes perto de zero.

Embora eu não tenha filhos, não vejo problemas em visitar Santiago com uma criança pequena nesta época do ano. Valem alguns cuidados básicos, como evitar ficar na rua até altas horas, e voltar mais cedo para o hotel. De resto, é só agasalhar a pequena e curtir a viagem!

Você não encontrará neve em Santiago, apenas nas estações de esqui dos arredores, cerca de 45-60km da cidade (Valle Nevado, La Parva, Farellones), onde as temporadas estarão quase no fim.

Um abraço!

Anônimo disse...

Oi, Daniel. Obrigada pelas ótimas dicas! Apesar de estar em Santiago a trabalho, tive um tempinho para conhecer a cidade e segui várias sugestões suas. Realmente muito úteis!Parto amanhã e acho que vou ficar "rodando" pelo centro, pois não sei mais o que fazer..rsrs. abs Samia

Anônimo disse...

Daniel,Vou para Santiago na Semana Santa e fiquei sabendo que tudo fecha na sexta feira santa. Tentei agentdar uma visita á vinicola que também estará fechada. Você pode sugerir algum passeio na sexta? Obrigada. Lucia

claudia disse...

Daniel, novamente parabéns pelo blog...
vc conheceu restaurantes vegetarianos em Santiago? Confesso que não como carne e estou pensando o que irei comer por lá...
obrigada
Claudia

Daniel Neves disse...

Olá Lucia, talvez seja um bom dia para atrações gratuitas, como Parque Bicentenario, Centro Histórico, Cerro Santa Lucia e Mercado Central. Pelo que vi no site, o Cerro San Cristobal funcionará normalmente. Não tenho certeza se o tour no Palácio de La Moneda será realizado – acho que sim, mas vale a pena mandar um e-mail para visitas@presidencia.cl e confirmar.

Se a Concha y Toro estará fechada, a Cousiño-Macul, outra vinícola nos arredores de Santiago, pode ser uma opção. Vinícola menor, mais intimista, menos procurada por turistas e vinhos muito bons. Entre em contato com eles e confirme se abrirão no feriado - www.cousinomacul.com.

E eventualmente o dia pode ser bom para um day tour nos arredores: Pomaire, Viña del Mar, Valle Nevado e o “tren del vino” no Valle de Colchagua são algumas opções.

Anônimo disse...

Boa tarde, Daniel.
Estou indo para Santiago no dia 19/06 e retorno dia 24/06.
Você pode me ajudar com algumas duvidas?
1 - Você acha que tem possibilidade de eu pegar a estação de sky (vale nevado) aberta neste período?
2 - Estou tentando alugar um carro no site http://www.chileanrentacar.cl/ mas estou tendo dificuldade para finalizar. Você conhece essa empresa? Ou você tem alguma outra pra indicar que seja confiável e com preço bom?
Desde já, obrigado.
Rodrigo

Daniel Neves disse...

Claudia, dos restaurantes que listei no blog, apenas o Majestic oferece cardápio vegetariano. Provei um dos pratos, e gostei muito.

Conversei com meus amigos chilenos, e eles te recomendaram visitar 3 restaurantes: Quínoa (http://www.800.cl/?id=1097&id_Ficha=5890), El Huerto (http://www.800.cl/?id=1097&id_Ficha=197) e Café del Patio (http://www.800.cl/?id=1097&id_Ficha=86). Todos oferecem boa oferta de pratos, lanches, saladas e massas.

O "OH! Salad Garden" (http://www.ohsaladgarden.cl/) também é uma ótima opção: almocei 1x na unidade de Ciudad Empresarial (fora de Santiago), e achei bem interessante.

Você come peixe? Se sim, a oferta gastronômica é imensa, pois é o que a cidade oferece de melhor.

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Rodrigo,

1-Com certeza! Estará bem no comecinho, com neve ainda fofinha e pouco usada. É a melhor época da estação!

2-Não conheço esta empresa. Aluguei carro duas vezes em Santiago. Na primeira, usei o site Atrapalo (http://www.atrapalo.com.br/carros/aluguel-carros-santiago-do-chile_x_1673.html), que tem bons preços. Na segunda, fui direto na Hertz – aliás, as principais marcas (Hertz, Avis, Europcar) estão no aeroporto e possuem lojas na cidade.

Um abraço!

Adri disse...

Olá Daniel, parabéns pelo Blog!
Irei para Santiago dia 23/05 chegando lá pelas 12:30h e voltando dia 26/05 pelas 15h.
Na verdade, aproveitamos um promoção de passagens sem pesquisar quanto tempo precisariamos para conhecer tudo, e agora o arrependimento bate pois percebemos que vai ser pouco tempo.

Lendo o seu blog consegui definir mais ou menos um roteiro e gostaria da sua opinião:

5ª feira:
TARDE: chegada no hotel, almoço + Centro Histórico e Mercado Central.
NOITE: Shopping Parque Arauco, e jantar por lá.

6ª feira:
MANHÃ: Vinícola (estamos em dúvida entre Concha y Toro e Casas del Bosque) Qual você indica? Queremos aproveitar para almoçar na Vinícola.
TARDE: Parque Bicentenário, Palácio de la Moneda e ver o por-do-sol no Cerro de San Cristobal.
NOITE: JANTAR (qual sua sugestão?)

Sábado:
MANHÃ: Valle Nevado (vimos que o teleférico mirador vale muito a pena) Almoçar por lá.
TARDE: Sugestão?
NOITE: JANTAR (qual sua sugestão?)

Domingo:
MANHÃ: Passeio para últimas compras.
ALMOÇO: no Giratório.
TARDE: Volta para casa.

Será que fica tudo muito corrido, ou dá tempo pra fazer tudo isso?
E aguardo suas sugestões.

Anônimo disse...

Muito obrigado, Daniel.
Seguirei a dica.
Abraço

claudia disse...

muito obrigada pelas dicas Daniel! parabéns pelo blog! abraços

Daniel Neves disse...

Olá Adri, sem considerar o último dia, onde normalmente só dá tempo de arrumar as malas, fazer as últimas compras e correr para o aeroporto, você terá 2,5 dias na cidade. É um bom tempo para conhecer o que existe de mais importante na cidade, sem muita correria.

Seu roteiro ficou bem distribuído, cobre tudo o que precisa. Sobre a vinícola, recomendo a Concha y Toro, que fica em Pirque, região metropolitana de Santiago – dá para chegar de metrô + ônibus. Para visitar a Casas del Bosque, você terá que programar melhor – a vinícola fica no Valle de Casablanca, que fica cerca de 100km de Santiago, pertinho de Viña. Como o tempo é curto, a primeira será mais prática para você. Deixe a Casas del Bosque para uma outra visita, que pode incluir outras vinícolas como Indomita e Matetic, além de um passeio em Viña del Mar e Valparaiso.

Para os jantares na sexta e sábado, não sei qual o orçamento de vocês, nem se vocês têm alguma restrição alimentar. Se a ideia é um “momento inesquecível”, recomendo o Osaka, o Astrid y Gastón e o Aqui Esta Coco. Para um ótimo custo/benefício, Tapaspassion e Del Cocinero são boas opções. Dê uma olhada no meu post com dias de restaurantes para ver saber mais das casas, ver fotos e ter uma noção de preços.

No sábado, entendo que você precisará de umas 6 horas no Valle Nevado, considerando os translados, passeio no teleférico e almoço. Neste caso, talvez não sobre muito tempo para aproveitar a tarde – pode ser uma boa fazer o por-do-sol no Cerro San Cristobal no sábado, e assim liberar um tempinho na sexta, que promete ser bem corrida, principalmente se você quiser fazer o tour em La Moneda.

Espero tê-la ajudado. Precisando tirar mais alguma dúvida, é só escrever!

Um abraço!

Adri disse...

Olá, obrigada pelo retorno.
Com algumas dicas daqui e dali, reformulamos o roteiro:

Quinta-feira
A TARDE: chegada no hotel + almoço no hotel
Centro Histórico + Mercado Central
NOITE: Compras Shopping Parque Arauco. JANTAR LÁ.

Sexta-feira
MANHÃ: Vinícola Concha y Toro. ALMOÇAR LÁ.
TARDE: Palácio de La Moneda + Parque Bicentenário
NOITE: Restaurante giratório

Sábado
MANHÃ: Valle Nevado (teleférico mirador). ALMOÇAR LÁ.
TARDE: Por de sol no Cerro de San Cristobal.
NOITE: Restaurante Astrid y Gastón, ou Aqui está Coco.

Domingo
Manhã livre para últimas compras
Almoço: Aeroporto

Agora acredito que tenha ficado melhor né?
Na ida para Concha y Toro gostaríamos de fazer uma paradinha rápida no Cajón del Maipo que pesquisando descobri que é a caminho da vinicula, você sabe me dizer se é mesmo? Em especial para conhecer essa paisagem: http://www.wickedsouthamerica.com/hiking-route/cajon-del-maipo/

É possível chegar lá por conta própria ou o ideal seria contratar um tour para levar a gente até lá e depois para a Vinícula?

Daniel Neves disse...

Olá Adri, acho que seu roteiro ficou melhor sim. Como sugestão final, apenas deixaria o Giratorio para um almoço (onde a vista é sem dúvida muito melhor) ao invés de um jantar. E não esqueça de fazer reservas nos restaurantes!

O Cajón del Maipo não fica no caminho entre Santiago e a Concha y Toro, fica depois, cerca de 80km da cidade. Dei uma pesquisada sobre roteiros, e não achei nenhum tour. No site deles, achei um guia com as principais atrações turísticas, espero que ajude: http://www.cajondelmaipo.com/sites/default/files/pdf/guia_turistica_cajondelmaipo.pdf

Um abraço!

Anônimo disse...

daniel boa noite! adorei as dicas para conhecer santiago. jah copiei todas as dicas de passeios e restaurantes (concordo que o melhor da viagem eh realmente comer bem!!!) mas tem uma informaçao que nao consegui resposta. Estou indo para o chile agora, dia 22/05/13 e volto dia 01/06. E a ideia nossa era conhecer santiago(suas dicas), duas viniculas e esquiar no valle nevado. Mas tentei comprar pacotes aqui pelo brasil para o valle nevado e me informaram que da para esquiar somente apos dia 01/06. É realmente assim? Será que consigo esquiar em outro lugar ou será que apenas os hoteis nao funcionam nessa data? Quero mto conhecer a neve e principalmente esquiar, pode me sugerir algo?Eu li a respeito do el colorado, mas nao conheço mto bem.. sabe se conseguirei esquiar nessas datas?
obrigada e aguardo tuas dicas.
raquel

Kelinha disse...

Ola Daniel boa tarde, tudo bem? Escrevi um post te pedindo um roteiro, só que noa sei se você nao respondeu ou eu nao estou achando, qualquer coisa me dirreciona por favor, Obrigada Kelly.

Anônimo disse...

Cheguei de santigo há dois dias e aproveitei muitas dicas suas. Fomos (eu e meu marido) no Astrid y Gaston, Aqui esta Coco, Tanta, Doggis, Osaka e outros...
Obrigada.

Anônimo disse...

Olá Daniel! Estou impressionada com sua generosidade ao responder a todos, por isso me senti a vontade para "abusar" um pouquinho e pedir algumas sugestões... Gosto de montar o roteiro das viagens que faço com meu marido,mas dessa vez estou um pouco sem tempo. Vamos para o Chile no dia 04/04(quinta) e chegaremos no aeroporto as 11:00, mais 1 h até o hotel e contando com o check-in, penso estarmos liberados la pela 13:00.O que você nos sugere para esse primeiro dia? Para o segundo dia já agendamos a visita a Concha y Toro para as 10:00 e almoçaremos lá, talvez você possa nos ajudar com o restante do dia. E para o sábado não temos nada ainda,mas gostaríamos de visitar mais alguma vinícola.Iremos embora no domingo(07/04), o voo sai as 13:00,então esse dia não vai contar,né?
Sei que o tempo é curto, então nem cogitei sair de Santiago,você concorda?
Desde já agradeço sua atenção e ajuda.
Parabéns pelo blog, é excelente!
Fernanda

Anônimo disse...

Bom dia!
Daniel, vejo muitas dicas, sao tantas que até me perco. Parabenizo pelo blog. Então... gostaria que você preparasse um roteiro para minha esposa e eu que estaremos em Santiago no período de 16 a 22/06/13, onde estaremos comemorando aniversário de casamento. O que gostaríamos de fazer: conhecer a neve(se tiver), ir a um restaurante romântico( eu até fiz uma reserva no giratório), ir em locais de compras, e conhecer o melhor e mais acessível que o Chile nos proporciona em 7 dias.
Aguardo ansioso.
Abraços, e um ótimo final de semana.

Márcio Barbosa

Daniel Neves disse...

Olá Raquel, infelizmente a informação que você recebeu é verdadeira – as estações de esqui nos arredores de Santiago (Valle Nevado, Farellones, El Colorado, Parva e Lagunillas) abrem as temporadas anuais na primeira, segunda semana de Junho. É claro que isso pode mudar se a neve começar a cair antes, mas é muito, muito difícil. Antes disto, a neve é insuficiente para esquiar.

Em geral as estações de esqui abrem no mesmo período. Você pode tentar as estações no Sul do país, como Antillanca, atual queridinha dos chilenos e que tem ótima infraestrutura e ainda é pouco visitado por turistas. Leia mais em http://www.chileanski.com/por/antillanca/.

Para ver e tocar a neve, você pode visitar o Valle Nevado e aproveitar um day tour, com ápice nos teleféricos para chegar bem pertinho das montanhas.

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Marcio, Junho é uma ótima época para conhecer neve, pois é o começo da temporada e as estações não estarão tão entupidas de gente, como acontece em Julho e Agosto. Valle Nevado é a estação mais visitada e mais conhecida, mas existem outras opções nos arredores de Santiago, como Farellones, El Colorado, Parva e Lagunillas, distantes entre 40-70km da cidade, ótimas para iniciantes.

Sobre restaurantes, o Giratorio vale muito pelo ambiente, apenas recomendo que visitem no almoço ao invés do jantar, pois a visão à noite é bem limitada. Para ver dicas de outros ligares imperdíveis para uma refeição inesquecível, veja meu post: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-10-restaurantes.html

Veja um roteiro de 5 dias que recomendei para outro casal que escolheu Santiago para comemorar o 10 anos de casamento: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html?showComment=1364036389168#c8745962605599263109. Pode ser um bom ponto de partida para vocês, espero que ajude!

Não sei quanto tempo vocês terão à disposição nos dias 16 e 22, que normalmente são limitados pela chegada e partida. Vamos assumir 5,5 dias (geralmente não considero o último dia). Pelo roteiro que te passei, sobraria 1 dia, que pode ser usado no Valle Nevado, ou mesmo em Viña del Mar.

Veja o que você acha. Se tiver mais dúvidas, é só perguntar!

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Kelinha,

Semana pesada e graaaaande fila de mensagens = demora em responder.

Veja o que te respondi: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-9-bike-tour.html?showComment=1364596178422#c4284393745160281198

Espero que ajude. Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Fernanda, para o primeiro dia recomendo um city tour express no Centro Histórico (La Moneda, Mercado Central, Cerro Santa Lucia, Plaza de Armas, Catedral), com término no Cerro San Cristobal, o melhor por-do-sol da cidade.

Para a tarde do segundo dia, você pode visitar o Parque Bicentenario, fazer umas comprinhas no Parque Arauco, caminhar por Vitacura e a Alonso de Cordova, a Oscar Freire deles. Fazer o imperdível tour em La Moneda também é uma boa opção.

Para o sábado, você pode visitar a Cousiño Macul, nos arredores de Santiago, mas já que vocês gostam de vinho, eu recomendaria que vocês aluguem um carro e visitem o Valle do Casablanca, onde são produzidos os melhores brancos chilenos. Casas del Bosque, Matetic e Indomita são lugares lindos, especiais!

Mesmo o tempo sendo curto, outra opção para o sábado pode ser visitar Viña del Mar, onde é possível visitar as principais atrações num bate-e-volta. O mesmo vale para Valparaiso e seus cassinos, ou Valle Nevado, que mesmo sem neve vale a pena pelos passeios de teleférico e visão privilegiada das Cordilheiras. Sem falar de Pomaire e seu artesanato em argila e ferro.

No domingo, acho que só dá tempo para acordar tarde, fazer as malas e correr para o aeroporto...

Um abraço!

Patie Hespanhol disse...

Olá Daniel!

Estou adorando as dicas e quero pedir algumas também. Eu e meu marido iremos dia 11 de junho e voltaremos no dia 19 de junho. No dia 12 chegamos por voltas das 18 horas e no dia 19 vamos embora meio dia. Nosso hotel é o Galerias Hotel.

Estamos indo com a cara e a coragem sem pacotes fechado para passeios (mas estamos pensando em fechar alguns com uma agência de brasileiros no Chile que nos indicaram - Souza's Tour).

Então, gostaria de dicas para esses dias. Somos um casal jovem (25 e 26 anos), queremos conhecer o máximo de coisas que conseguirmos durante o dia e curtir a noite do Chile(bares e PUBs de preferência).
Eu, particularmente, quero fazer muitas compras, seja de roupas como de artesanato. Meu marido vai se dedicar às bebidas. Apesar disso tudo, queremos não gastar muito, ou seja, não é nosso foco nem interesse ir nos locais mais luxuosos.

Mais uma ajudinha:
- Qual é mesma a forma mais fácil de calcular de cabeça a mudança de peso para real?
- Onde poderemos sacar dinheiro no Chile?
- Como são os táxis? Baratos? Os taxistas são enrolões como no Brasil?
- Alugar carro vale à pena?

Obrigada!!

Um abraço!

Anônimo disse...

Muito obrigada Daniel! Admirável sua boa vontade! Parabéns!

Daniel Neves disse...

Olá Paty,

Só não ficou muito claro se você chegará no Chile dia 11 ou 12. Se for a primeira, você terá 7 dias inteiros; na segunda, 6 dias. Sobre o fato de irem “com a cara e a coragem”, isso é muito normal. Quando falamos em turismo na América do Sul. Para nossa sorte, o Chile é um país que oferece excelente infraestrutura para que você buscar informações na internet e programar seus próprios passeios, sem depender muito de agências.

Pessoalmente não conheço a Souza’s Tour. Se você tem boas referências, conhece gente que já foi e recomenda, é uma boa ideia.

Para Santiago, podemos trabalhar com o roteiro clássico na capital chilena, tentando no seu caso otimizar o tempo: 2 dias em Santiago. É possível, mas bem corrido! Veja o que recomendei aqui no post, espero que ajude - http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/10-atracoes-imperdiveis-em-santiago.html?showComment=1357243055431#c2813450365773377861

Para às noites, indiquei aqui no blog 5 lugares em Bellavista com bom ambiente, boa música, boa bebida e, porque não, boa comida também. Veja em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/10-atracoes-imperdiveis-em-santiago.html?showComment=1355690357999#c7114765694922608322.

Para restaurantes, dá para comer a partir de R$ 10 por refeição (hot-dog, fritas e refrigerante no Doggi’s, ou alguns PFs em restaurantes mais simples). Para bons restaurantes reconhecidos pelo ótimo custo/benefício, recomendo o Tanta, Del Cocinero, Concha y Toro, Tapaspassion e Mr Jack. Reserve entre R$ 100 e R$ 150 por refeição, para 02 pessoas, com entrada, prato principal e sobremesa. Dependendo do lugar, dá até para beber uma garrafa de vinho. :)

Para os demais 4-5 dias de viagem, separe 1 dia para Viña del Mar (ou 2 se quiser conhecer Valparaiso). Dá para ir e voltar de ônibus – saídas dos terminais Pajaritos (metrô de mesmo nome), San Borja (metrô Estación Central) e Universidad de Santiago (metrô de mesmo nome), a partir de CLP 3000 (R$ 12) o trecho. Valparaiso tem uma noite agitada, e Viña tem os cassinos!!!

Para os 2-3 de faltam, você provavelmente terá 1 dia exclusivo para compras. Veja meu post para saber os melhores lugares e o que vale a pena comprar: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-7-compras.html.

Para completar, indicaria Pomaire, capital chilena do artesanato (http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-8-pomaire.html) e o Valle Nevado, que estará no começo de temporada. Mesmo que vocês não queiram esquiar, andar de teleférico e ver de pertinho as Cordilheiras vale a viagem!

Sobre suas demais perguntas:

- Qual é mesma a forma mais fácil de calcular de cabeça a mudança de peso para real? Divida por 1000 e multiplique por 4;
- Onde poderemos sacar dinheiro no Chile? Em qualquer caixa eletrônico que faça parte da rede Maestro. Confirme com seu banco (1) quanto é a tarifa de saque, (2) qual a cotação praticada, e (3) não esqueça de habilitar o serviço de saque no exterior antes de sair do Brasil;
- Como são os táxis? Baratos? Os taxistas são enrolões como no Brasil? São mais baratos que no Brasil e mais caros que na Argentina. São eficientes, mas um pouco enrolões: alguns podem levar o turista para “passear”, outros costumam não dar troco em moedas. Fique esperta!
- Alugar carro vale à pena? Veja o que respondi no post: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html?showComment=1364434643701#c1668418215537126741

Um abraço!

Patie Hespanhol disse...

Obrigada Daniel. Na verdade escrevi errado. Chegamos no dia 11 por volta das 18 horas e voltamos no dia 19 meio dia. Ficaremos 7 dias inteiros!

Vendo pelo street view do Google vi que muito próximo ao meu hotel há uma agência do Itaú que sou correntista. Acho que vai ficar muito mais fácil assim para pegar dinheiro.

Uma dúvida, quanto de dinheiro você recomendaria que levássemos?

Sobre a noite de Santiago, eu queria algo mais informal, como PUBs e bares. Como sou Carioca aqui temos muito essa cultura de ir para bar (boteco) ou como vocês paulistas chamam, baaaarrrzinho!rs

Esses que você sugeriu me parecem mais baladas (ou night como chamam no Rio). Bom, vou arriscar e caçar algo por lá.

Mais uma vez obrigada e parabéns pelo ótimo blog!

Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Daniel, parabén pelo blog é o melhor que já pesqusei.
Vou está em Santiago do dia 02/06(chegando as 23;40h) e retornando para minha cidade no dia 10/06 as (07:15h) então terei 07 dias livres.Devido ao horário é melhor contratar o translado pela operadora ou pegar um taxi no aeroporto? O hotel que ficarei hospedada com meu esposo é o Montecarlo o que você acha da localização dele?Queremos conhecer Vina del Mar e Valparaiso , fazemos esse passeio em 02 dias ou em 01 dia como fica melhor?Qual os melhores lugares para a gente conhecer?Você acha que devemos fazer a travessia de barco pelo Lagos Andinos ou vamos perder muito tempo?Que tipo de roupas devemos levar nessa época que viajaremos?Gostamos muito de explorar as cidades durante o dia, a noite gostamos de ir para bons restaurantes, quanto devemos levar em dinheiro em média?Existem locais bons para fazer compras, como shoppings, outletts?
Desde já agradeço pela sua atenção.

Anônimo disse...

Oi Daniel,
Sou Erika e To indo a santiago em junho-julho com meu esposo e 2 filhas (7 e 2 anos). Vc conhece algum resto kids friendly. Obg

Daniel Neves disse...

Olá, a grande maioria das respostas estão no meu post “10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago” - http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html?showComment=1364941828467#c6698547096455568744. O post tem muito material útil para responder quase tudo sobre Santiago:

1) Pode pegar um taxi no aeroporto, mesmo chegando tão tarde. Vá num dos postos oficiais existentes no desembarque ou no saguão principal - eles trabalham com preço fechado e pagamento com cartão de crédito. Para agendar, http://www.taxioficial.cl/;

2) O hotel Montecarlo fica no Centro Histórico, pertinho do Cerro Santa Lucia, dos restaurantes de Lastarria e de 2 estações de metrô. Dá para conhecer Bellavista a pé, mas você dependerá de metrô para visitar Providencia e Las Condes, onde estão os melhores restaurantes da cidade;

3) Separem 2 dias para Viña del Mar e Valparaiso. Para saber o que visitar, veja em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html?showComment=1358986036865#c7238109509358700106;

4) Separe entre 2 e 2,5 dias para conhecer a Santiago. Sobre roteiros, aqui na seção “Comentários” você encontrará muito material legal, com sugestões para quem gosta de museus, parques, vinícolas, compras, crianças, gastronomia;

5) Lagos Andinos é um passeio sensacional, mas separe pelo menos 2 dias inteiros para a região;

6) Para compras, veja meu post: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-7-compras.html

7) Para saber quanto gastar com restaurantes e sobre a temperatura em Junho, veja em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html?showComment=1360929887508#c5132821951798029384 e http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html?showComment=1362356157776#c1553888782515544870

Um abraço!

Daniel Neves disse...

O Mestizo, com certeza! - http://www.oviajantecomilao.blogspot.com/2012/06/santiago-mestizo-o-restaurante-mais.html

Daniel Neves disse...

Olá Paty, Santiago não tem cultura de botecos para comer petiscos e tomar uma boa cerveja. Infelizmente, pois lugares como Bracarense e Bar do Adão fariam o maior sucesso! Os lugares que recomendei vendem comidinhas e uma boa breja gelada, mas os ambientes lembram mais casas noturnas, para ouvir boa música e dançar.

Sobre quanto levar, depende muito se vocês pretendem usar cartão de crédito para pagar as refeições e hospedagem. Se for apenas para despesas pequenas, como um sorvete, souvenirs, transporte (metrô/ônibus) ou ingressos para atrações, acredito que R$ 100 por dia sejam mais que suficientes. Para os gastos com restaurantes, veja o que comentei aqui: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html?showComment=1360929887508#c5132821951798029384

Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Daniel, parabéns pelo site.
Qual a maneira mais rápida e melhor para fazer a travessia pelos Lagos Andinos, tenho que me hospedar em outra cidade?Junho é um ´mês bom para fazer esse passeio?Ficarei 07 dias em Santiago vale a pena fazer esse passeio?

Anônimo disse...

Ola Daniel, gostaria de saber , se é preciso agendar com antecedencia para o conhecer o palacio la moneda? E se é cobrada a entrada dos visitantes? obrigada pela ajuda.

Patie Hespanhol disse...

Daniel, prometo que só vou encher teu saco até o dia da minha viagem! haha

Mais uma vez obrigada pelas dicas.

Estou pensando, no primeiro dia inteiro da viagem, fazer um resumão de Santiago comprando um city tour da Turistik. Na verdade a ideia é descer nos pontos de parada e dar uma volta por conta própria, passando o dia inteiro fazendo isso, descendo e subindo do ônibus rs. A ideia na verdade é fazer quase que um reconhecimento da área! Pretendo em um outro dia voltar apenas nos locais que achar conveniente (ou em novos locais). O que acha?

Uma dúvida, como são os horários de funcionamento das coisas no Chile? Por exemplo, comércios do Centro, Shoppings e bares/restaurantes? No primeiro dia meu voo chegará às 18:50. Contando que até chegar no hotel e ajeitar tudo já será mais de 9 horas, fico na dúvida se vale a pena sair para jantar em algum lugar. O que acha?

Mais uma, vale à pena deixar para comprar roupa de frio no Chile?

Agora uma pena Santiago não ter 'botecos' como o Rio ou SP, já vejo aí uma chance de empreender por aquelas terras!rs


Obrigada novamente pela atenção e paciência!

Definitivamente este é o blog mais completo e seguro de informações sobre o Chile!

Um abraço!

Kelinha disse...

Ok muito obrigada mais uma vez.

Anônimo disse...

Olá adorei encontrar seu blog neste momento, estou planejando ir ao chile com meu esposo em setembro 2013 de 14 a 21, escolhemos esse periodo pois comemoramos no aniversario de casamento, queremos conhecer a neve, e gostaria de saber como é o clima neste periodo, gostaria de saber ainda quais lugares não poderemos deixar de visitar além de vina del mar e val paraiso, qual a forma mai´s prácita e facil de locomoção.

Obrigado, Janaina.

Daniel Neves disse...

Olá,
Sim, é preciso agendar com antecedência, e a visita é gratuita.
Veja meu post sobre o Palacio de La Moneda para mais detalhes: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-3-palacio-de-la-moneda.html
Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Daniel, Meu nome é Janaina. Show de bola seu blog, preciso muito de sua ajuda para finalizar meu roteiro, o periodo de nossa viagem será de 14 a 21/09. Me sinaliza quais destes passeios preciso fazer reserva antecipada, quais agencias você indica para fechar o passeio de vale nevado e val paraiso/ vinã del mar.

Chegada dia 14 as 12:55 Hopsdagem no Ibis Providência.
Dia 14 (tarde): Almoço - Centro Histórico e Mercado Central;
Dia 15 (dia): Tour no Palácio de La Moneda (manhã) Almoço, Parque Bicentenário (tarde) Jantar;
Dia 16 (dia): Concha y Toro (manhã), Cerro San Cristobal (tarde).

No dia (17): - Vale Nevado (45 minutos de Santiago): Procurada estação de esqui, vá no Teleférico Mirador, que sobe até 3000m e permite uma visão privilegiada da Cordilheira;


No dia (18): -Conhecer Viña del Mar e Valparaiso em 1 dia.
No dia (19):
No dia ( 20): Roteiro de compras
No dia (21): Manhã livre retorno as 15:00

Desde já obrigado

Daniel Neves disse...

Olá Paty, fico feliz em ajudar! O city tour da Turistik vale muito a pena para quem quer conhecer muita coisa em pouco tempo. O sistema “Hop On Hop Off” ajuda muito, pois você pode descer nas atrações que gostar mais, tirar fotos, pegar o ônibus seguinte e continuar o passeio. Como você bem colocou, fazer um “reconhecimento da área”.

Os horários do comércio em Santiago não são muito diferentes do Brasil. As lojas no centro abrem entre 8-10hs, os shoppings às 10hs, os restaurantes às 12hs. O comércio fecha entre 19-20hs, os shoppings às 21hs e os restaurantes entre meia-noite e 1 da manhã. É possível encontrar supermercados abertos atè as 22-23hs, e vale dizer que alguns comércios fazem uma “siesta” no almoço (entre 14-16hs).

Sobre roupa de frio, vale sim, mesmo sabendo que vocês irão no frio. Os preços estarão altos, mas mesmo assim serão 30% mais baratos do que se você comprasse no Brasil.

Sobre botecos, concordo com você! Eu conhecia um lugar excelente em Providencia chamado Tapaspassion, digamos uma versão mais arrumadinha de um boteco, com boa cerveja, vinhos (e ótima sangria) e porções de boteco. De verdade, um achado. Infelizmente eles fecharam as portas em Nov-12.

Um colega meu voltou de Santiago nesta semana e me recomendou conhecer o Dublin, pelo relato dele, provavelmente seja o mais próximo de boteco que conhecemos. Dê uma olhada no ótimo review do blog “Boteco & Cerveja” - http://www.botecoecerveja.com.br/tag/santiago/.

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Janaina,

Setembro ainda é um mês frio, com temperatura média entre 10-20 graus durante o dia e termômetros beirando zero à noite. Existem estações de esqui nos arredores de Santiago, como a famosa Valle Nevado e as não tão conhecidas para nós brasileiros La Parva, Farellones e El Colorado. Portillo certamente é a mais chique, mais exclusiva, mas também é a mais cara.

Sobre a maneira mais fácil e prática de locomoção, depende do lugar. Para visitar as estações de esqui, o melhor é alugar um carro – os translados são bem caros. Para Viña e Valparaiso, vocês podem ir facilmente de ônibus (1h30 de viagem), mas se decidirem por exemplo dar uma paradinha no Valle de Casablanca, terra de ótimos brancos e espetaculares vinícolas, o melhor é o carro. Para o Valle de Colchagua, existem passeios como o “tren del vino”, mas o carro vale a pena pela facilidade de locomoção. Dentro de Santiago, o carro não é necessário – ônibus e metrô dão conta do recado, e se vocês decidirem visitar lugares como Atacama e Lagos Andinos, a melhor (para não dizer única) opção é o avião.

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Janaina, dos passeios que você listou, Concha y Toro e Palacio de La Moneda são os únicos que exigem reserva antecipada.

Para as reservas em Valle Nevado e Viña del Mar, veja o que eu escrevi aqui: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/10-atracoes-imperdiveis-em-santiago.html?showComment=1359920886439#c5725140061978811432

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá, vocês terão que ficar hospedados em Puerto Montt ou Puerto Varas. Junho é uma boa época, embora o frio poderá atrapalhar um pouco.

Você terá 7 dias inteiros no Chile? Considerando 2 dias em Santiago, 2 dias em Viña + Valparaiso, 3 dias nos Lagos Andinos seriam um baita passeio – na realidade, 2 dias é o minimo do mínimo que você precisa para a região.

Para mais informações:

http://www.melhoresdestinos.com.br/melhores-destinos-em-puerto-varas-chile.html, http://www.portodenoticias.com.br/noticia.asp?id=4414
http://viagem.uol.com.br/guia/cidade/puerto-montt-e-puerto-varas.jhtm

Manoela disse...

Olá Daniel, voltei a pouco do chile e seu blog me ajudou bastante!! O friozinho tá chegando por lá e o chile é um lugar que voltarei em breve!!!! Passei 5 dias em santiago e fiz todos os passeios pela turistik, em um dia só conheci tudo de santiago....( Hop On Hop Off da turistik...) desci em todas as paradas , só gastei mais tempo no cerro de san cristobal e na casa de Neruda (la chascona), entrei nos museus e catedrais... chegando ao hotel só a noite! no dia seguinte fui ao valle nevado e por sorte o teleférico estava aberto! Quando cheguei fui direto aos shoppings (mall sports e costanera) a noite fui para o restaurante giratório. No dia seguinte Concha Y toro a tarde demos umas volta andando a uns bairros que tinhamos passado rápido e a noite, como água para chocolate, no dia seguinte viña del e valparaíso ( que é suficiente passar um dia)... Santiago é uma cidade muito fácil de andar , em 3 dias já estavamos familiarizados com tudo!!! Só senti muito por não ter ido a Portillo!!! Mas já está no próximo roteiro! Portillo+ Isla+ Undurraga e um "pulo" ao atacama...
Abraço, Manoela.

Pat Alves disse...

Oi, Daniel!
Quero agradecer-te pelos seus posts. Ajudaram-me muito na viagem a Santiago. Cheguei anteontem.

Vou deixar algumas dicas para os seus leitores:

Visitei a vinícola Undurraga. O acesso é feito de metrô e ônibus. O tour foi ótimo e o guia é uma figuraça. O número de brasileiros é impressionante! Uma dica é tentar fazer por conta própria e economizar cerca de 10.000 pesos se fizesse com a empresa de receptivo. Tinha um casal que fez a visita à Concha y Toro e não conheceu todas as partes como nos é mostrado na Undurraga. Ojo!

Outra dica: Compre vinhos no mercado. A galera da Turistik comprando vinho direto na vinícola. Nós compramos vinhos da própria Undurraga no mercado bem mais baratos que na vinícola. Também não deixe para comprar no free shop. É mais caro. Se bem que o valor que vc paga no Free Shop é a certeza que que a garrafa de vinho não vai quebrar na sua mala de porão.

Por falar em bagagens, se você já tem em mente que vai trazer vinhos (e realmente vale a pena trazer). Já leve do Brasil plástico-bolha e fita adesiva. Nós não procuramos com afinco as tais embalagens para garrafas de vinho. Deve vender em algum lugar.

Pat Alves disse...

Continuando...

VALE NEVADO
Para quem quer visitar as estações de esqui no verão/outono, não façam o passeio quatro estações que dura o dia todo. Faça só o Vale Nevado. É meio período, é a única estação que o teleférico funciona e a comida é excelente. Se valeu a pena? Eu gostei muito do Vale Nevado e só fiquei pensando como deve ser lindo ali com neve. Se tiver poucos dias, deixe para fazer por último. E se for embora logo depois de almoçar, talvez vc sinta enjoo, porque a estrada é cheia de curvas.

FREE TOUR EM ESPANHOL
Tentamos fazer o free tour pela Free Tour Santiago mas o tour era só em inglês. Inclusive o da Spicy Chile. Então, uma dica que dou é faça o tour da Oficina de Turismo na Plaza de Armas. Todas as segundas, quartas e sextas, às 10h. O tour é em espanhol, inglês e em português (acho que tá mais para portunhol). O tour é restrito ao Centro Histórico.

TOUR GRÁTIS CERRO DE SANTA LUCÍA
Também oferecido pela Oficina de Turismo, fiz o tour guiado gratuito no Cerro de Santa Lucía. O guia conta a história do cerro, de Santiago e de um pouco do Chile. Vamos até o ponto mais alto do Cerro. Adorei e vale a pena para quem gosta de História.

MUSEO DE LA MEMÓRIA Y LOS DERECHOS HUMANOS
É um museu excelente. Conta a história do golpe de 73 e das vítimas da ditadura comandada pelo general Pinochet. Há vídeos, trechos de jornais, painéis interativos. Imperdível! Há tour guiado. Quando chegamos, havia uma visita programada então não tinha tour guiado. Alugamos o áudio-guia (um aparelho que você escuta as informações do museu. É só olha o número da atrações e pressionar no aparelho para escutar a explicação). O aluguel custa 1.000 pesos. Emocionante ouvir o último discurso de Allende. Aprendi muito sobre a história do Chile. Para os amantes de História, separe umas 3 a 4h horas para o museu (e não vai dar tempo de ver tudo).

Pat Alves disse...

VIÑA DEL MAR/ VALPARAÍSO
Ao ver as fotos de Valparaíso, não gostei e não estava nem um pouco afim de conhecer mas não é que eu me apaixonei pelo lugar? Não deixem de visitar a La Sebastiana, a Casa de Pablo Neruda. Não faça como estes turistas de Facebook que entram na casa, tiram foto do jardim e depois postam na rede social como se conhecessem. Vale muito a pena conhecer o interior da casa. Preço: 4.000 CLP (pesos). Ah, no porto tem uma plataforma lotada de leões marinhos.

Achei Viña del Mar muito bonita e mais fácil de conhecer se estivesse indo sem excursão.

CLIMA
O ar de Santiago é muito seco. Traga protetor labial e não deixe de beber água.

Espero ter ajudado, é uma forma de retribuir.

Daniel Neves disse...

Olá Pat, agradeço demais por suas contribuições!!! E fico muito feliz em saber que você gostou do Chile. Um abração!

Anônimo disse...

Gracias!
Márcio

Patie Hespanhol disse...

Olá Daniel!

Como está?

Venho com mais uma perguntinha só para não perder o costume: você sabe qual é a voltagem de Santiago? Dá para levar equipamentos elétricos daqui?


Obrigada mais uma vez!

Um abraço!

Patie Hespanhol disse...

Poxa muito legal Pat!
Além de retribuir toda a atenção que o Daniel nos dá, ver um feedback dos leitores do blog contribui para conhecermos diferentes pontos de vista.

Farei o mesmo depois que voltar da viagem!

Daniel Neves disse...

Olá Paty, a voltagem em Santiago é 220 volts. Um abraço!

Anônimo disse...

oi Daniel....vale a pena ir a mendoza de bus bate e volta?ficarei 1 semana em santiago rosana

Daniel Neves disse...

Olá Rosana, a viagem de ônibus entre Santiago e Mendoza dura 8 horas. As empreaas que conheço fazem 2 viagens por dia, com saídas de Santiago às 9hs e 14hs. Ou seja, você inevitavelmente perderá 2 dias só no deslocamento.

Se seu interesse é visitar regiões de vinhedos, santiago oferece 3 boas opções (Concha y Toro, Undurraga e Cousiño Macul), além de Valle de Casablanca (Casas del Bosque, Matetic, Indomita), Valle de Colchagua e Curicó, estes 3 últimos entre 1-2hs de Santiago. Aí dá para fazer um bate-e-volta na boa.

Um abraço!

Patie Hespanhol disse...

Olá Daniel!

Estou de volta! Agora quase chegando o dia da viagem. Bom, gostaria que você analisasse o roteiro que criei baseada nas várias dicas que me deu e em algumas coisas que achei na internet.

Só para lembrar, o nosso hotel é o Galeria Hotel, na San Antônio, 65 - Centro Histórico.

1º dia - 11 de junho

Chegada às 18:58

Vamos chegar com calma no hotel e estamos pensando em ir jantar no Shopping Arauco.

2º dia - 12 de junho

Tour com o ônibus da Turistik para fazer o 'reconhecimento da área'.


3º dia - 13 de junho

Dia livre em Santiago para ver com mais calma as atrações e rodar a pé.

4º dia - 14 de junho

Dia em Valparaíso.

5º dia - 15 de junho

Dia em Viña del Mar

6º dia - 16 de junho

Valle Nevado e Farellones (com agência)

7º dia - 17 de junho

Concha y Toro pela manhã.
Pergunta: O que podemos fazer a tarde? Conseguimos encaixar uma ida à Pomaire ou à vinícula Undurraga? São mto distantes? Dá para ir por conta própria?

8º dia - 18 de junho

Ainda não definido mas provavelmente será um dia de compras.

9º dia - 19 de junho
Retorno ao Brasil.


Agora um milhão de dúvidas (algumas novas outras que já tive mas esqueci rs):

- Onde comprar o cartão BIP?
- Como chegar por conta própria na Concha Y Toro, Valparaíso, Viña del Mar, Shopping Arauco?
- Vale à pena levar o visa travel money ou melhor só cartão de crédito e dinheiro?
- Você me indicaria alguma agência para o passeio à Valle Nevado?

Obrigada pela paciência, mais uma vez!

Abraço!



Daniel Neves disse...

Oi querida, adoro seus posts!

Sobre seu roteiro, excelente. Tenho alguns comentários:

Dia 4: Acho que um dia inteiro para Valparaiso é muito. Veja se você consegue encaixar uma escapada para as vinícolas do Valle de Casablanca;
Dia 7: Você já fez reserva na Concha y Toro? Um passarinho me contou que ela está fechada, não sei se por algumas semanas ou por prazo indeterminado. Caso você ainda não tenha feito a reserva no site, apenas confirme para evitar surpresas desagradáveis.

Respondendo suas perguntas:

1) Você consegue encaixar a Undurraga no mesmo dia da Concha y Toro, mas talvez fique corrido para visitar Pomaire. A Undurraga fica na região sul, mas distante da Conha y Toro (cerca de 30km). Turistik (http://www.turistik.cl/tour/vinedo-undurraga?lang=pt) e Visit Chile (http://www.visitchile.com.br/pacotes/tour-meio-dia-a-vina-undurraga-meio-dia.htm) ajudam a chegar. Se você preferir ir de transporte público, no Terminal San Borja (metrô Estación Central) pegue o micro-ônibus com destino a Talagante, na plataforma 75 (Importante: nem todos os micro-ônibus com destino a Talagante passam pela vinícola, você deve perguntar para o motorista se ele vai passar em frente da Undurraga e solicitar para ele te deixar na porta da vinícola);

2) Você pode comprar o cartão BIP! em qualquer estação de metrô;

3) Concha y Toro: Veja como chegar em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-6-concha-y-toro.html;
Viña del Mar: A melhor maneira de chegar em Viña del Mar a partir de Santiago é de ônibus, que saem dos terminais Pajaritos (metrô de mesmo nome), San Borja (metrô Estación Central) e Universidad de Santiago (metrô de mesmo nome), e custa CLP 3000 (R$ 12) o trecho;
- Valparaiso: fica 7km de Viña, e ambas cidades são interligadas por metrô;
- Shopping Arauco: Estação Escuela Militar, pegue a saída da Costanera Norte. Você pode caminhar (cerca de 20 minutos) ou pegar o ônibus C20, que tem o shopping como ponto final.

4) Visa TravelMoney: Você leu a dica 1 do meu post "10 dicas para quem visita (ou quem conhecer) Santiago"? Dê uma olhada em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html;

5) Para o Valle Nevado, a Turistour (www.turistour.cl/), Skitotal ou El Colorado (www.elcolorado.cl/) são opções para fechar um day tour, a partir de CLP 40.000 por pessoa, mínimo de 2 pessoas.

Adoraria se você pudesse deixar um post no blog dizendo o que achou da cidade.

Boa viagem! Um forte abraço!

Anônimo disse...

As dicas são maravilhosa,seguirei ao máximo possivel obrigado.

Anônimo disse...

Oi Daniel. Parabéns.
Uma dúvida: Me falaram que é possível alugar um carro em Mendoza e viajar uns 350 KM até Santiago e entregar na locadora de outro país e me interessei. Seria verdade? Se não, quais as opções de transporte Mendoza/Santiago?

Muito obrigado e um abraço.

Djalma

Daniel Neves disse...

Olá Djalma,

Nunca fiz o passeio entre as duas cidades, mas conheço várias pessoas que fizeram e adoraram!

Tenha em mente que a viagem precisa ser bem planejada, pois são necessários alguns documentos. Achei algumas dicas importantes nos seguintes blogs:

- http://www.revistaviajar.com.br/artigos/ler/551/uma-jornada-de-carro-pelos-andes (veja a seção "Dicas para alugar e dirigir")

- http://cadeopassaporte.com.br/estelaku/2009/10/como-ir-de-santiago-chile-a-mendoza-argentina-de-carro/

Só um comentário: todas as pessoas que conheço fizeram a viagem de ida e volta, e pelo que me disseram não é possível alugar o carro em um país e devolvê-lo em outro.

Fiz uma longa pesquisa para ver se encontrava alguém que tinha feito só a viagem de ida, mas não encontrei ninguém...

Recomendo que você informe-se com a Hertz, uma agência bastante recomendada pelos brasileiros, para ter certeza e evitar surpresas.

Um abraço!

Patie Hespanhol disse...

Olá Daniel!!

Sobre a Concha y Toro, é verdade! Ela está fechada por um período, mas eu já havia sido informada pela própria vinícola antes de montar o roteiro e agendei para o dia em que ela estaria aberta. Se não me engano ela reabre no dia 16.

Também estou mudando o dia de ida à Valle Nevado e Farellones, uma agência me orientou a não ir no fim de semana por ficar extremamente cheio e que isso me impediria de aproveitar bem o lugar. Provavelmente irei na sexta, trocando com Valparaíso.

Eu havia colocado Valparaíso e Viña del mar em dias separados, pois vi (não sei se foi aqui) que era meio corrido fazer os dois no mesmo dia, como a maioria das agências fazem. O que acha? Sobre ir às vinícolas do Valle Casablanca, são perto de Valparaíso? Como chegar?

Tirando Valle Nevado e Farellones, todos os nossos passeios serão por conta própria, com transporte público. O caminho que me ensinou para chegar à Undurraga parte do Centro ou da própria Concha y Toro? E ir à Pomaire ao invés da Undurraga, é mais longe? Fiquei com vontade de conhecer.

E Isla Negra? Caberia em metade de um dia?

Obrigada de novo! E com certeza escreverei aqui tudo sobre a nossa viagem!!!

E quando vier ao Rio, aproveite para visitar Niterói (onde vivemos), tenho várias dicas de bares e restaurantes legais! Aliás, eu e meu marido temos um projeto de um blog com dicas de lugares para casais que gostam de sair do padrão de 'programinha de casal'. Por isso temos mil dicas e 'avaliações' reunidas, só ficamos meio sem tempo de começar. Mas acho que agora nas férias sai! rs E claro,continuarei seguindo suas dicas aqui e lá no face!!

Um abraço!!

Anônimo disse...

Olah Daniel achei Maravilhosas tuas dicas sobre Santiago do Chile gostaria de ver se você pode nos ajudar.
Eu e minha Esposa vamos chegar:
Terça Feira dia 18 as 12hrs no Hotal Plaza São Francisco.
Entao temos disponível:
1° dia Terça feira dia 18 a partir das 12hrs
2° dia Quarta Feira dia 19
3° dia Quinta Feira dia 20
4° dia Sexta Feira dia 21
5º dia Sábado dia 22
6º dia Domingo dia 23
7° dia Segunda Achamos que como voltamos 12hrs devemos dormir ate mais tarde e irmos direto ao aeroporto.

Você acha que consegue dar dicas para mais um viajante? Minha esposa se encantou com Valle Nevado e Farellones acha interessante fazer com agência? Indicaria Alguma ?

Obrigada!

Julio Cesar

Daniel Neves disse...

Oi Paty,

Eu fui uma das pessoas que te recomendou não fazer Viña e Valparaiso no mesmo dia. Na verdade, o ideal é fazer ambas em 1,5 dia, e para ocupar o restante do segundo dia eu indico o Valle de Casablanca, pertinho de lá.

Como chegar: distante 50km de Valparaiso, localizado na Ruta 68 (a mesma que liga Santiago e Viña del Mar), a melhor maneira é via agências - Turistik (www.turistik.cl), Enotur (www.enotur.cl), CL Mundo (www.clmundo.cl) e Ruta-Patagônia (www.ruta-patagonia.com).

Como alternativa, existe um ônibus no Terminal San Borja (Santiago) para Casablanca, e de lá você terá que seguir de taxi até às vinícolas. Neste caso, a Associação do Valle de Casablanca (http://www.casablancavalley.cl/enoturismo/tours.php) pode ser uma opção.

O caminho que te passei para chegar na Undurraga é a partir do Centro. A distância entre a Undurraga e Santiago é basicamente a mesma de Santiago a Pomaire. Já entre Pomaire e Talagante são cerca de 30km, acho que pode ser uma boa opção conhecer Pomaire de manhã e visitar a Undurraga no meio da tarde. Desconheço linhas de ônibus que liguem as duas cidades - na pior da hipóteses, faça o trajeto de taxi, não sairá caro.

Isla Negra (70km de Valparaiso) tem atrações para um dia todo, mas pode ser uma opção de meio dia como alternativa ao Valle de Casablanca.

Poxa, que legal saber que vocês estão tentados a escrever um blog! É verdade que demanda tempo, mas é uma satisfação enorme saber que suas experiências podem ajudar outras pessoas! É uma terapia, pois falo do que gosto, e muito gratificante!

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Julio,

Acho que você pode aproveitar muitas das dicas que estão neste post, sem falar da seção Comentários, com muito material legal. Por exemplo, para os dias 1, 2 e 3 você pode basear seu roteiro no meu roteiro sugerido.

Para os dias 4, 5 e 6, vocês podem separar 2 dias para Viña del Mar, Valparaiso e Valle de Casablanca, ou eventualmente usar 2 dias para Valle Nevado e Farellones, fechando com Viña, quem sabe Valparaiso + Casablanca. A primeira opção é só pegar um ônibus no Terminal San Borja, a segunda o melhor é fechar pacotes com agências – Turistour, Bernatour, Skitotal, Rutas Chile, Chilean Ski e Turistik são algumas opções.

Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Daniel

Seu blog está excelente.
Irei para Santiago na primeira semana de Julho, ficarei 7 dias lá. Gostaria de dicas sobre quanto dinheiro levar.

abçs
Cecilia

Anônimo disse...

Daniel, parabéns pelo seu blog.

Tenho apenas uma pergunta: qual o melhor lugar para comer salmão em Santiago? Estou em busca de "O salmão!"

Obrigado antecipadamente.

Daniel Neves disse...

Que pergunta complicada! Falar em "o salmão" em uma cidade onde o nível da comida é alta e o salmão é uma das estrelas da casa, é bem difícil!

Sempre que estou em Santiago, procuro novos lugares, e até agora minha opinião não mudou: os melhores são Astrid y Gastón e Osaka.

O "Salmón Confitado con Risoto de Azafrán" do Astrid é para comer de joelhos! Já no Osaka, a qualidade do pescado é muito acima da média, o que elevam os pratos com inspiração nipo-peruana a um nível inesquecível.

Veja meus posts sobre os dois restaurantes aqui: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-10-restaurantes.html

Um abraço!

Anônimo disse...

Daniel, muito obrigado.

Vou seguir as indicações do Astrid y Gaston e o Osaka.

Um abraço.

Anônimo disse...

Olá estarei indo ao Chile em julho e gostaria de umas dicas quanto a roupa , alimentação e passeios a noites. somos em 6 pessoas todas mulheres e professora. Aguardo

Daniel Neves disse...

Olá Cecilia,

Sobre quanto levar, depende muito se vocês pretendem usar cartão de crédito para pagar as refeições e hospedagem. Se for apenas para despesas pequenas, como um sorvete, souvenirs, transporte (metrô/ônibus) ou ingressos para atrações, acredito que R$ 100 por dia, para 2 pessoas, sejam suficientes. Para os gastos com restaurantes, veja o que comentei aqui: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html?showComment=1360929887508#c5132821951798029384

Um abraço!

Ju2liana disse...

Olá Daniel, de primeira, adorei o seu blog! Meus parabéns, muito completo, e voce é muito simpático :)
Gostaria de saber se você podia me dar uma ajuda... vou pra Santiago daqui a um mês e estou meio perdida!Vou chegar lá dia 10/07 a tarde e sair dia 19/07 às 13h. Você poderia me dar umas dicas de roteiro pra essa viagem? Queria saber se é possível curtir toda a história do centro e dar um pulo aos redores de Santiago e se isso vale a pena... soube também que é época de esquiar, sabe se seria possível fazer isso com o tempo que tenho?
Outra dúvida minha é quanto dinheito levar, poderia me orientar?

Muito obrigada!
Abraços,
Julliana.

Daniel Neves disse...

Olá Juliana,

Neste post você pode encontrar um roteiro de 3 dias para conhecer a capital chilena, começando pelo Centro Histórico e passando pelos arredores – Vitacura (Parque Bicentenario) e Pirque (Concha y Toro). Pode usar este roteiro para sua viagem, sem medos. Além das minhas dicas, você encontrará na seção “Comentários” dicas importantes para turbinar seu roteiro.

Você terá 8 dias inteiros no Chile, se separarmos 3 dias para Santiago você terá outros 5 dias para conhecer lugares como Viña del Mar, vinícolas e até esquiar. Dicas de outros(as) viajantes aqui no blog é o que não faltam – estações de esqui, como chegar, quanto custa.

No quesito dicas, o post “10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago (Chile)” também é fundamental para montar seu roteiro, assim como meu review com os melhores restaurantes da cidade.

Sobre quanto levar, depende muito se vocês pretendem usar cartão de crédito para pagar as refeições e hospedagem. Se for apenas para despesas pequenas, como um sorvete, souvenirs, transporte (metrô/ônibus) ou ingressos para atrações, acredito que R$ 100 por dia, para 2 pessoas, sejam suficientes. Para os gastos com restaurantes, veja o que comentei aqui: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html?showComment=1360929887508#c5132821951798029384.

Um abraço!

teresa ponde disse...

Daniel

Estou indo eu meu esposo e uma filha de 9 anos agora dia 22 de junho e voltaremos dia 29.
Como chegaremos sábado à noite, o que vc sugere para o domingo? Dá para fazer algo à pé? Ficaremos no Santiago Park Plaza da Providência.
Por favor me dê sugestões. Pretendemos visitar duas estações de esqui.
Grata
Teresa

Ju2liana disse...

Vou ler com atenção, obrigada, abraço!

Daniel Neves disse...

olá Teresa,

Vocês podem fazer várias coisas no domingo: caminhar pelo Centro Histórico, visitar o Mercado Central, subir os Cerros San Cristobal e Santa Lucia, andar no Parque Bicentenario, visitar a Concha y Toro... Basta escolher e programar-se!

Para passeios com crianças, veja o que eu escrevi aqui: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/10-atracoes-imperdiveis-em-santiago.html?showComment=1357322928385#c193966303032497033.

Meus posts sobre as atrações estão aqui, é só clicar e viajar conosco!

Um abraço!

Angélica disse...

Olá Daniel, eu e meu marido iremos à Santiago no dia 29 de setembro, onde chegaremos à noite (22 hs) e voltaremos no próximo domingo (sairemos bem de manhã). Ficaremos no Radisson Plaza Santiago Hotel. Pelo que pesquisei é um bom hotel e ótima localização. É isso mesmo? Pretendemos alugar um carro, conhecer as vinícolas, Vina Del Mare, Valparaíso e também a cidade de Santiago. Gostaria de uma ajuda na montagem do roteiro. Aguardo seu retorno. Muito obrigada e parabéns pelo blog... realmente é muito bacana e totalmente esclarecedor!!

Daniel Neves disse...

Oi Angélica,

Eu já respondi seus questionamentos em 17/06, no post "10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago (Chile)". É só ir até o final, clicar no link "Carregar" para visualizar todos os comentários... Sua resposta estará lá!

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá,

Sobre roupas, depende muito do gosto de vocês, mas eu separaria umas horinhas para visitar a Ripley do Parque Arauco, que tem variedade, qualidade e preços em média 30% mais baixos dos encontrados em produtos similares no Brasil. Só não esqueçam do IOF de 6,38% para compras com cartão de crédito!

Sobre alimentação, vejam meu post sobre restaurantes na capital chilena - http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-10-restaurantes.html.

Por fim, sobre passeios à noite, o que vocês gostam de fazer? Dançar, ir a bares, passear em shoppings, sair para jantar?

Para bares com bons lugares para dançar, veja o que escrevi em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/10-atracoes-imperdiveis-em-santiago.html?showComment=1355690357999#c7114765694922608322.

Para dança de salão, veja o que escrevi em http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-9-bike-tour.html?showComment=1363214174648#c7993986289618702388.

Para shoppings, certamente o Parque Arauco é a melhor opção.

Um abraço!

Anônimo disse...

Oi Daniel

Obrigada por ter respondido a minha pergunta. E quanto ao cartão de débito, consigo usá-lo com facilidade em Santiago?

Quando formos pagar algo no débito qual palavra usar? (meu portunhol é horrível rs...rs....)

prometo que não te atormento mais....

abços
Cecilia

Ju2liana disse...

Oi Daniel, desculpa te perturbar mais uma vez. Estou em dúvida sobre a reserva em dois hotéis, você poderia me dar uma opinião, caso você conheça? Estou entre o Hotel España e o Diamonds Suítes. Minha dúvida é que um deles possui uma quitinete, mas não sei nada sobre localização, condições do hotel, etc...
Obrigada!

Daniel Neves disse...

Olá Juliana,

Não conheço nenhum dos dois, mas posso comentar sobre as localizações.

O Hotel España fica no coração do Centro Histórico, a poucos passos da Plaza de Armas. Já o Diamond Suites fica do outro lado da Bernardo O'Higgins, fora do centro mas ainda a poucos passos do Palacio La Moneda.

Ambos hotéis possuem metrô pertinho e estão localizados em regiões movimentadas durante o dia e desertas à noite.

O primeiro possui nota 5,8 no booking.com, e o o segundo é avaliado com nota 8,1 (escala de 0 a 10). Se eu fosse você, eu entraria lá e daria uma lida nos comentários.

Pessoalmente, não ficaria em nenhum dos dois.

Espero tê-la ajudado.

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Cecilia,

Você consegue usar cartão de débito com facilidade em Santiago, apenas lembre-se de solicitar a liberação do serviço junto ao seu banco.

A palavra em espanhol para débito é... débito mesmo. É só dizer que vai pagar com "tarjeta de debito" e está tudo tranquilo.

Um abraço!

Ana Paula Sadowski disse...

Olá Daniel,

Tenho viagem programada para o Chile do dia 19/09 a 23/09. Quero tirar um dia para conhecer o Vale Nevado e os demais para fazer turismo em Santiago/arreadores.
Depois de muita pesquisa acabei efetuando reserva em um apart hotel que fica em Bellavista. O hotel teve ótimas avaliações dos turistas, principalmente em relação a localização (bem como ao fato de ter um mercado grande muito próximo).
Li que você fez observações quanto ao bairro por conta do barulho. Você recomendaria a troca do hotel/bairro? Eu gostei porque todos que se hospedaram nele disseram que faziam grande parte dos passeios a pé, mas fiquei um pouco receosa agora.Ademais, o valor da diária também se tornou interessante.
A noite é possível sair pra jantar a pé sem maiores preocupações? O Bairro Bellavista é bem movimentado? (conseguimos taxi facilmente?) Ele fica próximo do bairro Providência?

Grata desde já!
Ana Paula.

Daniel Neves disse...

Olá Ana Paula,

Bellavista é o bairro boêmio de Santiago, repleto de bares, lugares para dançar e vida noturna agitada. Fica a poucos minutos a pé do Centro Histórico e de atrações como os cerros San Cristobal e Santa Lucia. O bairro de Providencia, onde ficam os melhores restaurantes da cidade, é vizinho e pode ser facilmente acessado por uma caminhada de 10-20 minutos. A estação Baquedano, a principal de Bellavista, faz parte da mesma linha onde estão as 3 estações de Providencia (Manuel Montt, Pedro de Valdivia, Los Leones).

A localização e a praticidade fazem com que a região seja muito procurada por turistas, mas tenho restrições com relação ao barulho noturno - a Calle Pio Nono tem muitos barzinhos, carros passando o tempo todo, gente gritando, assim como a Avenida Providencia.

Antes de tomar qualquer decisão, recomendo que você converse com quem já ficou no hotel para saber como é o entorno à noite, se existe isolamento acústico nas janelas. Existem hotéis já "preparados" para que os(as) hóspedes tenham uma boa noite de sono, talvez você não tenha maiores problemas.

Um abraço!

Fabio disse...

Ola Daniel!

Parabéns pelo seu blog!

Tenho uma viagem programada com minha namorada para Santiago entre os dias 06/08 e 11/08.
Vamos ficar hospedado no Ibis Providencia.
Nosso objetivo 'ver' neve e andar de Snowboard. Notei que Valle Nevada é um ótimo lugar.
Queriamos saber qual o melhor dia e mais tranquilo para ir lá? Durante semana ou final de semana?
Quanto gastariamos com tudo, por pessoa, com transporte, aluguel de equipamento/roupa e ticket?
Pelo site no Skitotal, isso custaria em torno de $80.000. É isso mesmo?
Conheço um amigo que perdeu se decepcionou pois quando ele começou a esquiar, a estação fechou por causa do mal tempo. Você já teve essa experiencia?
Sobre roupa para esquiar/neve, não temos nada. É aconselhável comprar ou na estação o é possível aluguel tudo? É a parte ou já esta incluso no aluguel?

Sobre os outros 3 dias que nos sobram, acha que vale a pena fazer o citytur? - http://www.turistik.cl/tour/santiago-hop-on-hop-off
Qual passeio me recomendaria? Achei legal o Valparaiso - Viña do Mar (http://www.bernatourchile.com/excusao-valpo-vina.html). Vale a pena?

Consegue fazer um roteiro que acharia legal para a gente?

Obrigado

Fabio

Anônimo disse...

Olá Daniel,

Li e adorei as suas dicas!
Estou indo para Santiago com meu namorado em agosto, de 26/08 a 03/09, e gostaria de algumas dicas para aproveitar o inverno.
Separei 3 dias para conhecer a cidade e uns 2 ou 3 dias para esquiar próximo à Santiago (Valle Nevado, La Parva, Portillo).
Perguntinhas:

-Tem alguma agencia de turismo local para recomendar que faça o pacote transfer+aluguel ski+ticket ? Vi pela internet a Skitotal por uns SCL $67000... O valor é esse mesmo ou existem outras empresas mais em conta?

-Vamos nos hospedar no bairro Lastarria, algum lugar que recomenda para tomar cafe da manhã? Pesquisei sobre a Confiteria Torres, você conheceu?

-Sugestão de passeio de 1 dia próximo à cidade. Viña del Mar vale a pena no inverno?

Agradeço desde já
Erika

Daniel Neves disse...

Olá Fabio,

Valle Nevado é um lugar sempre cheio nesta época do ano, não importa muito o dia da semana (embora nos finais de semana o negócio seja quase insuportável).

Pessoalmente, eu evitaria Valle Nevado, e buscaria estações mais tranquilas, como Farellones, El Colorado, La Parva e Lagunillas, distantes entre 40-70km da cidade.

Para uma ideia de custos, veja o comentário #46 deste post e os comentários #73 e #105 do post "10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago (Chile)" - http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/05/10-dicas-para-quem-visita-ou-quer.html.

Sobre a estação fechar com mau tempo é isso mesmo, e não são todas as agências que reembolsam o turista em caso de "imprevistos da natureza", preste atenção antes de fechar o pacote!

Os valores cobrados pela agência nem sempre incluem o aluguel da roupa, certamente existem opções nas estações para aluguel, nos preços que te mandei acima é possível ter uma boa idéia de valores.

Sobre os 3 dias, o city tour é uma boa opção, mas como você terá tempo, pode trocar o ônibus por caminhadas e metrô - até porque o ticket do ônibus é válido por 24 horas. Este post tem algumas dicas de passeios para fazer em Santiago em 2-3 dias.

Valparaiso + Viña del Mar valem a visita, mas acho que 3 dias será pouco tempo para tanta coisa... O mínimo recomendado em Santiago são 2 dias, mas depende do que vocês querem visitar. Caso a opção seja por fazer "Santiago Express" em 1 dia, você pode fazer um "Viña + Valparaiso express" em 1 dia e evenntualmente deixar o terceiro dia para visitar vinícolas - o Valle de Casablanca, pertinho de Viña, seria uma excelente opção!

Espero ter ajudado, um abraço!

Anônimo disse...

Olá Daniel,
Vou com a minha filha para Santiago ,no mês de outubro.Queria uma indicação de um apart hotel em um local movimentado,próximo aos pontos turísticos,que possibilite a saída a noite e tenha um preço acessível.
Obrigada
Patricia

Anônimo disse...

Ola daniel
entre a rua huérfanos e a san franciso?qual é melhor localizada?mais segura para sair a noite?mais próxima de mêtros?
por favor, estou em dúvida qual o melhor local para me hospedar.
obrigada
júlia

Anônimo disse...

ola Daniel,
Adorei seu blog!
Tirei alguns duvidas,mas como é minha primeira viagem internacional, gostaria que me orientasse!
Vou passar 4 dias,não uso cartão de credito só debito.Aproximadamente quanto gastarei em media por dia com alimentação,metro e entradas de museus,pois não tenho pouco dinheiro.
Pelo que vi do cardápio não faz muito meu estilo,estou indo pela beleza e por ser um lugar bem comentado e sempre quiz conhecer.
Vou ficar hospedada no centro,e vi que é perto de tudo.
Deste já agradeço!
Maria Aparecida


Diego e Ísis disse...

Boa tarde,Daniel!! Meu nome é Ísis e estou indo com meu namorado para Santiago na segunda semana de agosto. Esta programado o city tour e os passeios como: VALE NEVADO,CONCHA Y TORO,VAL PARAISO E VIÑA DEL MAR. Mas gostaríamos de saber qual a melhor maneira de comprar esses pacotes. Andamos pesquisamos preços em sites,que ja estão incluso o transporte,mas nao sabemos a confiabilidade deles. Pode nos dar uma dica? Chegamos num domingo a tarde e ficamos até na quinta,onde embarcamos pra Buenos Aires. Desde ja agradeço a atenção. bjs

Daniel Neves disse...

Olá Erika,

Se você olhar o comentário #105 deste post, verá que os valores que tenho como referência para transfer+aluguel+ski+ticket gira em torno de CLP 188.000 para 2 pessoas. O preço que você passou me parece estranho, confirme com a Skitotal o que está incluso neste valor.

Para tomar café em Lastarria, falam bem do Patagonia (Lastarria 96), mas o desayuno do Lastarria Boutique Hotel (Coronel Santiago Bueras 188) é bem famoso. Não conheço nenhum dos dois, mas use-os como ponto de partida para ver se você gosta.

A Confiteria Torres é o restaurante mais antigo de Santiago, que tem uma filial pertinho de La Moneda. Visitei a casa de La Moneda (chamada “Café Torres”), mas não comi nada, o ambiente não lembra em nada o “lugar centenário” que esperava – na verdade, a casa original, e que ainda mantém a mesma fachada (embora o interior tenha sido modernizado) fica longe do centro.

Sobre a sugestão, Viña del Mar é bonita no inverno, mas bem gelada. Outra opção pode ser conhecer vinícolas, que combinam com inverno. O “tren del vino” é um passeio de dia todo que sai de Santiago e vai até o Valle de Colchagua, acho que vocês vão gostar!

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Patricia,

O Centro Histórico fica para um lado, Vitacura para outro. Providencia e Las Condes ficam próximos do centro, mas para chegar só de metrô ou longas caminhadas. O centro é movimentado de dia e deserto à noite, e não tem bons restaurantes.

Gosto de Las Condes porque fica pertinho dos restaurantes de Providencia, de fácil acesso de metrô para o centro, e a poucos minutos de taxi de Vitacura (um dos poucos bairros que não tem metrô).

Em Las Condes eu gosto muito do RoomApart (www.roomapart.cl), onde sempre fico quando estou na capital chilena. Fica em Las Condes, cercado de bons restaurantes, excelente para sair à noite, com metrô pertinho para chegar nas principais atrações em poucos minutos.

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Júlia,

A Huérfanos é beeeem longa, corta o Centro Histórico e termina no Cerro Santa Lucia. Depende de onde você ficará hospedada, mas em geral existe metrô cerca de 2-3 quadras de distância.

A San Franscisco é maior ainda. Começa no metrô Santa Lucia, na parte sul do Centro Histórico, e termina lá na Conchinchina, bem no sul da cidade. Embora ela seja bem servida de metrô, a não ser que seu hotel fique nas duas primeiras quadras, você estará bem afastada de restaurantes a atrações turísticas.

Como sempre falo aqui no blog quando me pedem informação sobre o centro, acho a região carente de bons restaurantes, e deserta à noite (o que não significa ser insegura – Santiago é uma cidade bem segura para andar à noite), mas se você tiver que escolher uma das duas, eu ficaria com a primeira.

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Maria Aparecida,

Se for apenas para despesas pequenas, como um sorvete, souvenirs, transporte (metrô/ônibus) ou ingressos para atrações, acredito que R$ 100 por dia (gastos para 2 pessoas) sejam mais que suficientes.

Para restaurantes, dá para comer a partir de R$ 10 por refeição (hot-dog, fritas e refrigerante no Doggi’s, ou alguns PFs em restaurantes mais simples). Para bons restaurantes reconhecidos pelo ótimo custo/benefício, recomendo o Tanta, Del Cocinero, Concha y Toro, Tapaspassion e Mr Jack. Reserve entre R$ 100 e R$ 150 por refeição, para 02 pessoas, com entrada, prato principal e sobremesa. Dependendo do lugar, dá até para beber uma garrafa de vinho. :)

Não sei o que você gosta de comer, mas a comida chilena é repleta de peixes e frutos do mar, com boa influência da culinária andina (batata, milho, betterraba). Santiago tem uma excelente gastronomia, é possível comer muito bem, embora as paisagens certamente são o melhor da cidade.

Um abraço!

Anônimo disse...

ola Daniel,
obrigada por me responder.
Por favor,me indique um site confiável para comprar a hospedagem.
Obrigada!
Patrícia

Anônimo disse...

Ola daniel
Estou em duvida entre dois apart hoteis :
Santiago apartamentos ( rua merced 562 oficina 406) e o Costa Bellas Artes Departamentos Amoblados ( paseo huerfanos 547).
Gostaria de saber qual dos dois e melhor para sair a noite e a melhor localizacao.
Grata desde ja
Julia

Daniel Neves disse...

Patrícia, sempre compro meus hotéis no www.booking.com.
São muitas opções, boa variedade de fotos, ótimos preços (muitos aceitam reservas com cancelamento grátis, caso você mude de idéia) e ainda possuem a seção comentários, onde quem já esteve no hotel fala o que achou, o que gostou, o que não gostou, etc.
Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Ísis,

Para Valle Nevado, recomendo a Turistour (www.turistour.cl), Bernatour (www.bernatourchile.com) ou Skitotal (www.skitotal.cl).

Para Viña e Valparaiso, além das 3 empresas acima, a Rutas Chile, Chilean Ski e Turistik também são boas opções, embora a melhor maneira de chegar em Viña del Mar a partir de Santiago é de ônibus, que saem dos terminais Pajaritos (metrô de mesmo nome), San Borja (metrô Estación Central) e Universidad de Santiago (metrô de mesmo nome), e custa CLP 3000 (R$ 12) o trecho.

Para Concha y Toro, reserve o tour pelo site da vinícola. Para chegar, metrô e ônibus atendem super bem, só vale a pena fechar translado com alguma agência se você planeja comprar várias garrafas de vinho (o que é complicado de transportar no busão). Veja meu post com o review da vinícola para mais informações: http://oviajantecomilao.blogspot.com/2012/06/top-10-santiago-6-concha-y-toro.html

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Julia, os dois ficam praticamente na mesma quadra, a distância do metrô é a mesma.

Anônimo disse...

Oi Daniel,
Vou com o meu filho em outubro para santiago.
Ficarei no Departamentos Costa Nueva de Lyon,no bairro da providência.
Vc sabe se é o movimentado a noite?é perto dos pontos turísticos?
Tem bons restaurantes perto?
Obrigada,
Priscilla

Daniel Neves disse...

Olá Priscilla,

Eu simplesmente adoro Providencia! Seu hotel fica perto do metrô Los Leones e a poucos passos do Costanera Center, a nova atração da cidade. A região é excelente para sair à noite.

Também fica perto de alguns dos principais restaurantes da cidade, como o Astrid y Gastón, Aqui Está Coco e Del Cocinero. O Giratório tambénm fica pertinho, vale a visita no almoço. Da estação Los Leones, a estação El Golf (2 estações de distância) você poderá conhecer o Osaka, Happening e Mr. Jack. Veja as dicas dos restaurantes acima no seguinte link: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/06/top-10-santiago-10-restaurantes.html.

Para o Centro Histórico, pegue o metrô no sentido oposto e desça em La Moneda ou Santa Lucia (5-6 estações de distância). Para o Cerro San Cristobal e os barzinhos de Bellavista, desça na estação Baquedano (4 estações), atravesse a ponte e vá até a Calle Pio Nono, o reduto boêmio da cidade.

Um abraço!

Anônimo disse...

Daniel!! Obrigada pela atenção!! Vc acha arriscado eu comprar os pacotes de passeio ( valle nevado,viña del mar e valparaiso) pessoalmente quando eu chegar em Santiago? Tem algum risco de "nao ter"?? Melhor garantir pela internet? Obrigada! Abs Ísis

Anônimo disse...

Daniel,aproveitando sua atençao! Queria outras dicas sobre restaurantes "mais em contas". Estaremos no hotel Caesar Bunisses,ele é bem localizado? Perto de metro? Obrigada! Abs Ísis

Daniel Neves disse...

Olá Isis,

Para a Concha y Toro, é fundamental que você reserve com antecedência. O pagamento é feito no dia da visita, então o risco é zero.

Sobre os passeios com agências, Valle Nevado é recomendado comprar com antecedência, pois é alta temporada e existe o risco da falta de disponibilidade. Para Viña e Valparaiso você não corre este risco, mas pode ser uma idéia comprar tudo junto e chorar por um descontinho.

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Isis,

Seu hotel fica perto do metrô Estación Central, um pouquinho mais à oeste de Santiago, com fácil acesso via metrô aos principais pontos turísticos.

Não sei qual seu "budget" para restaurantes, mas vamos a alguns lugares com excelente custo/benefício, alguns eu conheço, alguns são indicações dos meus amigos chilenos:

Comida indiana no Majestic (Centro), pratos de bistrô no Del Cocinero (Providencia), comida chilena de qualidade no Tanta (Parque Arauco), El Otro Sitio (Parque Arauco) e Aji Seco (Centro), hamburgueres gigantes no Mr Jack (Las Condes e Bellavista), almoço à francesa no Le Bistrot (Providencia), brunch e pratos no Coquinaria (Las Condes), saladas e quiches no El Maldito Chef (Las Condes), pratos executivos no Hard Rock Café, Mamut e Pardo's Chicken.

Vi no seu post inicial que vocês também passarão por Buenos Aires. Você já viu as dicas de atrações e restaurantes do blog?

Se não, dê uma olhadinha aqui, espero que goste: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/08/20-atracoes-imperdiveis-em-buenos-aires.html

Um abraço!

Anônimo disse...

Boa noite,Daniel!! Obrigada pelas dicas!! Vou dar uma olhada no blog de Buenos Aires tb!!
Abs Ísis

Anônimo disse...

Oi daniel,
Pode me informar qual o clima em santiago no inicio de outubro?temperaturas?
Obrigada

Daniel Neves disse...

Outubro é primavera, temperaturas agradáveis durante dia (média de 20 graus), não muito frio à noite (entre 8-10 graus) e pouca chuva. Um abraço!

Kelly Alves disse...

Daniel vim te agradecer por sua ajuda. Nossa viagem pra Santiago foi otima, fizemos tudo por conta propria, graças a muitos dos seus comentarios.
Amei Conca y Toro- Degustação Marques
Gostei do Giratorio, acho que não da pra perder.
Del Cocinero - Não dei sorte pelo jeito.
Gostei muito do peixe do Dom Augusto
Viña Santa Rita - Linda
Viña Del Mar - Linda
Tomei varios sucos de framboesa maravlhoso
Comi hot dog com palta, não gostei, rsrrs
huesilos não gostei.
Não deu pra conhecer muita coisa, mas adorei tudo e experimentem tudo e tirem suas conclusões.
Parabens pelo seu trabalho e obrigada.

Anônimo disse...

Daniel, olá!

Iremos para o Chile em 18/10 (Eu e meu marido), chego na madrugada do sabado 19/10 e volto no dia 20/10, domingo as 20:00 tenho que estar no aeroporto do Chile. Eu já estive no Chile em 2007 e gostei, mas meu marido nunca foi. Lembro-me de ter gostado do Vale Nevado e Vila Del Mare, e fui a um restaurant bem tradicional com comida tipia e danças, mas infelizmente não me lembro o nome.
Meu orçamento para esta viagem é de R$ 1.500,00 com hotel, transporte e alimentação.
Então peço as seguintes dicas:
- Aonde ficar ? Lembrando que chegarei de madruga.
- Vale a pena ir ao Vale Nevado? Vai ter neve nesta epoca?
- Estou grávida e não poderei abusar dos vinhos e então acho melhor não ir a viniculas, sendo assim que passeios fazer no sabado e domingo?
- Você tem dica de algum restaurante tipico?
- É melhor alugar carro, ou andar de taxi?

Enfim aguardo suas considerações.

Rosi disse...

Oi Daniel,
Vou ao Chile em Setembro e gostaria muito de conhecer, um vulcao de perto, qual sua sugestão? chegarei dia 17 a noite e volto dia 28 a noite. Obrigada.

Daniel Neves disse...

Olá,

Se entendi bem, você terá o final de semana em Santiago, chegando na madrugada de 19 e partindo na noite de 20. São cerca de 36, 40 horas no total.

O tempo será curto, eu ficaria em Santiago. Neste post você encontrará dicas o que fazer na capital, se tirarmos as vinícolas o roteiro acima pode ser feito em 2 dias sem maiores problemas.

Você mencionou que está grávida, pode fazer caminhadas sem problemas? Para ficar em Santiago, alugar carro não é necessário, o taxi pode ser uma boa opção para deslocar-se com conforto, embora o metrô seja a mais eficiente e barata.

Uma alternativa a Santiago é Viña del Mar, cerca de 1h da capital. Ônibus saem dos terminais Pajaritos (metrô de mesmo nome), San Borja (metrô Estación Central) e Universidad de Santiago (metrô de mesmo nome), operados pelas empresas TurBus e Pullman Bus. Outra opção é contratar o translado com agências de viagem – recomendo o serviço da Fauxtur (veja o banner no início do post para mais informações).

Se você busca neve, Valle Nevado não é uma boa opção nesta época do ano, embora ainda seja possível ver alguns tapetes brancos as pistas de esqui já estarão fechadas.

Sobre restaurantes de comida típica chilena, recomendo 3 opções: Tanta (Parque Arauco), El Otro Sitio (Parque Arauco) e Aji Seco (Centro).

Um abraço!

Rose disse...

Oi Daniel, tudo bem?
Estou indo à Santiago de 03/09, chego lá às 11:30 e volto dia 06/09 às 19:15. Gostaria que me indicasse um roteiro de passeio, pois gostaria de ir ao Vale Nevado esquiar(se possivel), conhecer o centro historico,conhecer concha Y toro e fazer algumas compras de roupas. Vou ficar no Ibis Providencia, é uma boa localização? É melhor comprar os pesos em Belo Horizonte ou no Chile?

Daniel Neves disse...

Olá Rosi,

Segue um mapa com todos os vulcões atualmente considerados "ativos" no Chile, e um link do Wikipedia explicando cada um:

http://www.sernageomin.cl/images/stories/contenido/volcanologia/volcanes_activos.gif
http://es.wikipedia.org/wiki/Anexo:Volcanes_de_Chile

Os mais próximos de Santiago são o Tupungatito, San José e Maipo, mas vale avaliar opções em outras regiões, como o Atacama.

Separe 4 dias para conhecer a região, famosa pelos seus vulcões, lagos, gêiseres e arqueologia. O melhor roteiro que conheço está no Matraqueando (http://www.matraqueando.com.br/chile-santiago-e-atacama-post-indice).

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Rose,

Use o roteiro que está neste post para programar o que fazer no Centro Histórico - veja as atrações 1, 2, 3 e 5 para mais informações.

Como sugestão, faça o Centro Histórico no dia 3, deixe a manhã do dia 4 para a Concha y Toro e à tarde para compras.

Faça o Valle Nevado no dia 5, e caso não seja possível esquiar você poderá ao menos fazer um city tour e subir o Teleferico Mirador.

Um abraço!

Angélica disse...

Olá Daniel, já escrevi para vc e vc deu sugestões. Olhei as sua várias dicas de passeios e restaurantes e montei um roteiro de uma semana para mim e meu marido em comemoração de 10 anos de casamento. Gostaria que avaliasse quanto aos lugares e tempo de visita e os restaurantes. Ficou assim:
29/09 (domingo)- chegada em Santiago às 21:00 hs - ficaremos em um hotel no bairro Las Condes. Descanso e jantar no hotel mesmo ( o que vc acha?)
30/09 (2ª feira)- manhã e tarde - conhecer todo o centro histórico: Palácio de LaMoneda (tentar ver a troca da guarda), Bolsa de Santiago, Cerro Santa Lúcia, Plaza de Armas, Mercado Central. No meio do passeio, almoçar no Restaurante Majestic.
01/10 (3ª feira)- Manhã: Serro San Cristóbal (subir com o bondinho). Se der tempo na manhã conhecer o zoológico que fica no meio do caminho.
Tarde: almoçar no Restaurante Mestizo e conhecer todo o Parque Bicentenário. Se der tempo, no final da tarde caminhar na Alonso de Cordova
02/10 - (4ª feira) - Manhã: alugar um carro e ir para Concha Y Toro (Tour Marques de Casa Concha) e almoçar no restaurante deles
Tarde: Conhecer o shopping Parque de Arauco e caimhar pelas largas ruas do bairro Las Condes
Noite: jantar no restaurante Osaka
03/10 - Sair com carro alugado e seguir para o litoral. No caminho parar e conhecer A Vinícula Casa Del Bosque e Matetic (dá para conhecer as duas, ou só uma? Qual a melhor?) depois almoçar no restaurante de uma das vinículas. Em seguida seguir para Valparaíso conhecer algum ponto turístico (qual vc sugere?) depois seguir para Vina Del Mare para passar a noite lá (qual restaurante e qual hotel para ficar?)
04/10 (6ª feira) acordar muito cedo pois meu marido quer ver e fotografar o nascer do sol no Pacífico - é possível?. Em seguida, conhecer algum ponto turístico da cidade (qual vc sugere?). Voltar para Santiago descansar um pouco e jantar no Astrid Gaston
05/10 (sábado) - nosso último dia: Conhecer Valle Nevado (vai estar aberto nesta época? - dá para subir com o teleférico e conhecer?) Onde almoçar e jantar neste último dia? Alguma sugestão de outro passeio?
06/10 (domingo) - Acordar cedo e pegar o vôo às 7:00 hs da manhã.
Aguardo sugestões. Muito obrigada por enquanto!!

Daniel Neves disse...

Olá Angélica,

Seu roteiro me parece muito bom. Como pequenas observações, como não sei em qual hotel vocês ficarão hospedados, portanto não sei dizer se a melhor opção de jantar no dia 29 é o hotel mesmo. Vejo como uma opção interessante para que vocês possam descansar após uma viagem cansativa, já pensando no dia seguinte.

Para visitar a Concha y Toro, vocês não precisam necessariamente de carro, o metrô dá conta do recado, a não ser que seja por opção (= dirigir em Santiago). No dia 2 vocês incluíram um walting tour por Las Condes, eu acho que Vitacura (que não aparece no seu passeio) é muito mais imperdível. Se sobrar tempo, saia de Las Condes andando até Vitacura.

Para o dia 3, considerando que vocês pretendem separar metade do dia para Valparaiso, acho que só dá tempo de conhecer uma vinícola. Eu escolheria a Casas del Bosque, já que o restaurante Tanino é espetacular.

Sobre os pontos turísticos em Valparaiso, o forte da cidade está na arquitetura. Cidade portuária, faça um city tour, use os elevadores centenários para atingir as partes mais altas da cidade e aprecie a vista dos vários mirantes espalhados na cidade.

Sobre seu pedido de dicas de hotéis e restaurantes em Viña para compartilhar, estive lá pela última vez em 2002, certamente a oferta hoteleira e gastronômica cresceu bastante em 11 anos. Peço desculpas, mas prefiro não recomendar nada.

O que visitar em Viña? Comece em Reñaca, a praia mais visitada pelos turistas. No quesito arquitetura, não deixe de conhecer o Museus Fonck e de Bellas Artes, o Teatro Municipal, os castelos Brunet, Wulff e Ross. O parque Quinta Vergara e o Relógio de Flores fecham o passeio. Dê uma olhada no site http://www.vinadelmar.cl/?seccion=lugares para saber mais. Se sobrar um tempinho, faça uma fezinha nos cassinos de Viña, tidos como os melhores do país!

No dia 5, a estação de esqui certamente estará fechada, mas você poderá fazer o city tour e subir no Teleferico Mirador.

Um abraço!

Anônimo disse...

Oi Daniel,
Estou indo para Santiago no fim do ano e gostaria de saber se a melhor opção de transporte para vinícolas Casas Del Bosque, a Matetic e a Indomita, qq uma delas, seria carro alugado, pensando que meu passeio em Vinã Del Mar e Valparaíso é de apenas 1dia. Aproveitando, além da casa do Neruda, o que mais visitar nelas? Outra coisa, Reveillon em Santiago, sabe de algum local bacana? Estarei hospedada na Providência e gostaria de ficar na cidade msm para estar mais próximo do hotel. E uma última pergunta, o cassino Monticello Grand Casino, sabe me dzer alguma coisa? A visita vale a pena? Ônibus ou carro? Muito obrigada! Lílian

Anônimo disse...

Só li seu último comentário depois que postei a mensagem, me desculpe. Ele responde algumas das minhas perguntas. Das três vinícolas que mencionei e a Concha y Toro, a mais acessível seria a última? Grata. Lílian

Daniel Neves disse...

Olá Lilian,

Carro alugado ajuda pois te dá liberdade de organizar seu próprio roteiro e mudá-lo quando necessário (incluir um passeio, sair mais cedo ou visitar outra cidade). Mesmo ficando 1 dia na região, o carro é bom porque agiliza os deslocamentos, mas contratar translados com agências pode ser uma alternativa para quem prefere não dirigir.

Sobre o que visitar em Viña, comece em Reñaca, a praia mais visitada pelos turistas. No quesito arquitetura, não deixe de conhecer o Museus Fonck e de Bellas Artes, o Teatro Municipal, os castelos Brunet, Wulff e Ross. O parque Quinta Vergara e o Relógio de Flores fecham o passeio. Dê uma olhada no site http://www.vinadelmar.cl/?seccion=lugares para saber mais.

Falando em Pablo Neruda, em Santiago você pode conhecer a La Chascona, em Valparaiso a La Sebastiana, mas é em Isla Negra onde fica a mais famosa de todas, sede da Fundación Pablo Neruda. Veja o link para mais informações: http://www.fundacionneruda.org/es/isla-negra/historia.html.

Sobre Reveillon, sua pergunta não ficou clara: você quer saber de restaurantes, hotéis, bairros onde ficar? Os principais restaurantes da cidade como Osaka e Giratório organizam menus de fim de ano, vale entrar em contato com eles para ver as opções de menu e preços. Outra opção muito procurada pelos chilenos e turistas é passar o fim de ano na praia, e neste caso te recomendo Viña.

O Monticello Grand Casino é a principal atração da pequena Mostazal, distante cerca de 55km de Santiago, famoso por ser o maior do Chile e da América Latina. Mas se você vai passar por Viña, poderá conhecer os cassinos de lá, que não perdem em nada para o Monticello.

Sobre as vinícolas, sem dúvida a mais acessível é a Concha y Toro, que fica em Santiago, embora fique bem afastada do centro (quase 1 hora entre metrô e ônibus). Por outro lado, visitar o Valle de Casablanca é uma ótima opção para quem vai até Viña, já que fica no caminho entre as duas cidades.

Um abraço!

Arthur disse...

Caro Daniel,
Eu e minha esposa estaremos visitando santiago pela primeira vez entre 10/Out (chegamos às 11:00) e voltamos no dia 15/Out (ás 14:00). No dia 12/Out é feriado também no chile.
Como você sugere que façamos como roteiro?
Obrigado!
Arthur

Ana Carolina disse...

Olá Daniel! Eu e meu marido estamos indo para Santiago nesta semana, chegaremos no Chile dia 10/10 às 12hrs e ficaremos até 17/10 às 16hrs. Pelo que li nos comentários teremos tempo suficiente para visitar os principais pontos turísticos de Santiago, vinículas, Vinã del Mar, Valparaiso e Vale Nevado. Mas gostaria de esclarecer algumas dúvidas: Como é o clima nesta época? É necessário levar casacos de lã? É possível ver o Vale Nevado com neve, mesmo com a estação de esqui fechada? E qual a sua sugestão quanto ao restaurante NOLITA? Tive indicações porém não encontrei comentários nos posts quanto a ele. Ainda não reservamos o passeio na Concha y Toro, vc sugere que façamos antes de chegar em Santiago? Aguardo o seu retorno!

Daniel Neves disse...

Olá Arthur,

Vocês terão 3,5 dias em Santiago. Com base nas dicas listadas neste post, concentre as atrações do Centro Histórico (La Moneda, Mercado Central, Cerro San Cristóbal, Cerro Santa Lucia) nos dias 10 e 11.

No dia 12, separe o período da manhã para a Concha y Toro e o Parque Bicentenário à tarde.

Se a idéia for fazer algum bate-e-volta no dia 13 (Viña del Mar, Valparaiso, Pomaire, etc), você terá que incluir o roteiro de compras nos dias 10, 11 e 12. Senão, você terá o dia livre para visitar alguma outra vinícola na região (como Cousiño Macul ou Undurraga), além de visitar roteiros de compras, como o Parque Arauco.

Eu começaria o 14 com um belo café da manhã na Coquinaria, arrumaria as malas e iria para o aeroporto, de barriga cheia e feliz da vida.

Espero ter ajudado. Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Ana Carolina, seguem minhas respostas:

1) Clima: Outubro é primavera, temperaturas agradáveis durante dia (média de 20 graus), não muito frio à noite (entre 8-10 graus) e pouca chuva. Sobre levar casacos de lã, acho que serão úteis à noite, mas depende como você encara o frio - se 8-10 graus é muito frio para você, certamente o casaco de lã será útil;

2) Valle Nevado: Sim, é possível. Embora as estações estarão fechadas, o Teleférico Mirador estará funcionando normalmente;

3) Nolita: Não incluí o restaurante nos meius roteiros gastronômicos em Santiago, então fui buscar recomendações do lugar com meus amigos chilenos. Para começar, prefira a casa de El Golf, mais tranquila e menos turística que a irmã de Lastarria. Sobre o cardápio, os comentários foram positivos, principalmente se você gosta de comida italiana que fuja dos pratos tradicionais. Pode visitar sem medo, embora devo informá-la que os chilenos apreciam a massa um pouco além do nosso “al dente”;

4) Concha y Toro: Minha sugestão é que você faça a reserva o mais cedo possível, para evitar o risco de ficar sem horários disponíveis.

Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Daniel, Estou para Santiago no proximo dia 10 de outubro e iremos cruzar os lagos andinos até Bariloche atraves de agencia de viagem. Sabemos que será onibus e barco, mas, e as estradas, são muito sinuosas, ingremes, tem muitos despenhadeiros? Desde já agradeço a a sua atençao.
Abçs. Patric

Anônimo disse...

Olá. Utilizamos suas dicas e tudo funcionou perfeitamente. Parabéns pelo Blog.

ilse maria souza britto disse...

Olá Daniel, Eu e meu marido estamos chegando em Santiago de 14/11 a 20/11/13, pela primeira vez, queria aproveitar bastante os dias, que tipo de roupas devemos levar, relacionado ao clima! já contratamos os passeios Concha &Toro, Vina Del Mar, e Valparaiso, que sugere alem deste passeios, somos um casal de 60 anos (novinhos rs)
um abraço

Daniel Neves disse...

Olá Patric,

Por alguma razão sua mensagem caiu na caixa de spam do Blogger, apenas li sua mensagem hoje, peço mil desculpas.

Sei que a resposta é tarde demais para você, mas vou deixá-la registrada no blog para os(as) próximos(as) leitores(as): Os quase 700km que separam a região dos Lagos Andinos e a cidade de Bariloche é mais ou menos tranquila até Pucón, o que seria mais ou menos a metade do caminho. O trecho seguinte da viagem é atravessar a Cordilheira dos Andes, onde você pode esperar todo tipo de emoção: paisagens de tirar o fòlego, estradas estreitas e sinuosas, vários despenhadeiros. Ao final da Autovía 23, perto da cidade de Junín de los Andes, você terá um Y: à esquerda você seguirá pela 234, seguindo à frente na 49, enquanto à direita você seguirá pela 234 e 40. A primeira opção passa pertinho das montanhas e mantém o passeio emocionante, com ótimas paisagens, a segunda opção é mais reta. No trecho final (últimos 120km) que contorna o Rio Neuquen volta a emoção: estradas sinuosas e estreitas.

Um abraço!

leandro marques disse...

Daniel, parabéns pelo Blog.

Anônimo disse...

Boa tarde Daniel,
parabéns pelo Blog de ótimo conteúdo!!!

Daniel, vou viajar em dezembro (28/12 e retorno 05/01/14), vou na companhia de uma tia que que já esteve no país, porém tenho algumas dúvidas, espero sana-las com vc.

A passagem está paga e o hotel (hospedagem com direito a cozinha) também, mas não tenho noção de qto devo levar de dinheiro...pretendo fazer compras mas não muito.

lista de compras:
-2 garrafa de vinho (papai)
-alfajor para 50 pessoas (lembrança para a galera trabalho)
- 2 perfumes 212 100ml
- algum eletrônico (gostaria da sua sugestão)
- alguma lembrança para 3 crianças ( recem nascida, 2 anos e 3 anos)
- alguma opção de roupa (mas nda exagerado)


Me orienta, por favor? será que entre 2500 a 3000 reais é o suficiente para compras, locomoção, passeios turisticos e alimentação (essa ultima pretendo cozinhar a maior parte da viagem).


Desde já agradeço :)

Gena disse...

Caro Daniel estamos indo a Santiago no período de 21 a 29 de março (2014) ; grupo de 18 amigos(casais), incluindo alguns na "boa idade". Gostaríamos de dicas para preencher esses dias e montarmos um roteiro agradável e não cansativo/ gostamos de vinho e bons restaurantes/ aguardo sua resposta/ Genesio gomes

Daniel Neves disse...

Olá Ilse,

Novembro é um mês quente para a maioria dos brasileiros, com máximas de 28, 30 graus durante o dia, mínimas de 12-15 graus à noite e pouca chuva. Leve roupas leves para fazer as caminhadas confortavelmente.

Sobre passeios, existem muitas sugestões interessantes na seção Comentários nest post e no "10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago": vinhos no Valle de Casablanca, Lagos Andinos, Pomaire, Atacama. Depende de como vocês distribuirão as atrações em Santiago, Viña e Valparaiso nos 6-7 dias que terão em terras chilenas.

Procure por estas palavras-chave para encontrar os comentários que ajudá-los a decidir melhor o que fazer.

Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Anônimo,

Acredito que 2500 a 3000 reais são mais que suficientes para todos os gastos, conforme o perfil que você escreveu. Sobre os presentes, difícil dar sugestões sem saber exatamente o que pretende comprar e o que as pessoas gostam – vinhos e perfumes podem variar bastante de preço, sem falar que são muito pessoais.

Com exceção dos vinhos, recomendo que veja o site www.ripley.cl, a maior loja de departamentos do Chile, para ter uma idéia das opções e te ajudar a estimar melhor seu orçamento.

Sobre vinhos, se você incluiu o tour da Concha y Toro no seu roteiro, a loja deles possui opções muito interessantes. Também vale a pena comprar vinhos no free-shop da volta, opção número 1 pelo quesito praticidade – você poderá comprar 6 garrafas e embarcá-las com bagagem de mão, sem falar que a lista de opções é bem interessante.

Um abraço!

Randléia disse...

Boa noite Daniel!
Estou adorando seu blog e as contribuições dos coleguinhas...Mto bom!
Daniel gostaria de saber se o mês de abril é frio em Santiago e para dirigir por lá é só levar a nossa CNH?
Obrigada pela atenção!
Randi

Daniel Neves disse...

Olá Genesio,

Use o roteiro descrito neste post como guia das principais atrações em Santiago, que podem ser visitadas em 3 dias.

Sobre restaurantes, veja meu post com reviews de 20 estabelecimentos em Santiago, acredito que você terá toda a informação que precisa para definir onde comer.

Para os demais dias da viagem de vocês, na seção Comentários deste post você encontrará outras dicas de lugares a visitar - Viña del Mar, Valparaiso, Valle de Casablanca, Pomaire, com informações de como chegar e o que fazer em cada destino.

Espero ter ajudado, um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Randi,

Espere clima ameno em Abril, temperaturas entre 15 e 20 graus durante o dia, com picos de 25 graus e quase nada de chuva. À noite, é possível comer uma fondue - friozinho entre 7 e 10 graus.

Você pode dirigir no Chile com a Carteira Nacional de Habilitação sem problemas por, no máximo 90 dias, somente a partir deste período você necessitaria tirar a carteira internacional para dirigir, pois ambos os países (Brasil e Chile) são signatários da Convenção de Viena que regulamentou este quesito. Para mais informações, http://www.denatran.gov.br/informativos/20070611_permissao_internacional.htm.

Um abraço!

Isabela disse...

Oi Daniel, boa noite.

Primeiramente, parabenizo pelo Blog MARAVILHOSO, com excelentes dicas de viagens muito bem escritas e organizadas.

Bom, gostaria de pedir uma ajuda, se você puder, é claro ...

Eu e meu namorado vamos ao CHILE agora em Dezembro, do dia 16 ao dia 22 , sendo 16 vamos chegar umas 8 da noite e dia 22 sairemos 8 da noite. Você sabe se é muito quente nessa época ????

Eu entro quase toda hora no seu blog para ler as dicas e ir selecionando os lugares... porém, não sei se não li alguma coisa, mas não vi você falando sobre os Lagos Andinos, Cordilheira dos Andes... em outros sites eu vi fotos maravilhosas e fiquei com muita vontade de conhecer e gostaria da sua opinião.

Você conheceu ? Você indicaria ?

Eu comecei a fazer o roteiro , mas nao selecionei ainda os restaurantes, estou analisando ainda essas dicas no seu blog...estou fazendo aos poucos...

Primeiro Dia:
City Tour : passeio básico pelos principais pontos de Santiago. ( manhã )
Vinícola: : Concha y Toro ( tarde )
Jantar: duvida

Segundo Dia
Valparaíso e Viña del Mar ( dia todo )

Terceiro Dia:
Tours Cordilheira dos Andes: Portillo /Panorâmico e Lagoa do Inca. (dúvida )

Quarto Dia:
Parque bincentenário , Cerro sán cristóbal ( manhã )
Mercado Central , o famoso bar “ La Piojera” e os já famosos “Café com Pernas” . (tarde )
Tours de Compras : Outllets, Parque Arauco, Alonso de Cordova.

Quinto Dia: duvida

No que você puder me ajudar, já agradeço desde já!

Obrigada pela atenção.
Um abraço.

Isabela disse...

Em tempo...

Também gostaria de saber pelo que descrevi ... quanto eu devo levar para viajar... sendo hotel + passagem pagas ! Seria para comer, passear e comprar o que tiver valendo a pena.

Obrigada.

Henrique Costa disse...

Caro Daniel estamos indo a Santiago-Chile no período de 24/02 a 03/03 de 2014 em duas pessoas, gostaria de fazer algumas perguntas.
- qual valor iriamos gastar de hotel, passagem(ida e volta) e comida?
- os vinhos, perfume e eletronicos são mais baratos do que aqui no Brasil?
- qual seria o melhor hotel não muito cara perto do centro em santiago?

Obrigado.

Anônimo disse...

Olá Daniel, Me chamo Ederson e estarei indo para o chile no dia 30/07/14 3 retornado 04/08/14 teremos quinta, sexta, sabado e domingo inteiros, estarei com esposa e duas crianças de 2 e 11 anos. gostaria de dicas de roteiro para esses dias. Iremos ficar no Hotel Manqueue em Las Condes, gostaria de sua opinião sobre ele e localização. Obrigado

Daniel Neves disse...

Olá Isabela,

Dezembro é um mês quente em Santiago, com máximas de 30, 33 graus durante o dia, mínimas de 12-15 graus à noite, clima seco e quase sem chuva.

O blog relata minhas experiências gastronômicas em viagens e alguns reviews de lugares desde 2010. Estive nos Lagos Andinos em 2002, por isso não existe nada no blog. Ainda não tive a oportunidade de voltar, porém conversei com meus amigos chilenos para saber como está a região, e te garanto te visitar a região é uma excelente opção, o problema é que, para visitar as principais atrações, você terá que separar pelo menos 2 dias inteiros na região – voo a Puerto Varas na manhã do dia 1, voltando a Santiago no final do dia 2.

Existem vários passeios que passam pela Cordilheira dos Andes. Uma das opções passa por Portillo e chega até a divisa da Argentina, passando pela Lagoa del Inca. Não fiz este passeio, mas buscando algumas informações na internet e com amigos, parece ser bem interessante.

Sobre os restaurantes, caso necessite de alguma orientação, é só pedir. Um abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Isabela, sua segunda pergunta é bastante complicada de responder! Os custos para as viagens fora de Santiago podem variar bastante dependendo se vocês vão alugar um carro ou fechar os passeios com uma empresa - aliás, mesmo fechando com agências, os custos podem variar muito. Outra variável está nos restaurantes. Em geral, para um roteiro de 5 dias como o seu, cerca de R$ 2-3 mil são suficientes. Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Daniel !
O Bairro Providencia e o melhor para ficar? E bem localizado?
Qual indica ?
Obrigada !
Att. Ilzzy

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 329   Recentes› Mais recentes»

Postar um comentário

Pesquisar no Blog

Guias de Viagem


Álbuns de Fotos

Instagram


Anuncie no Viajante Comilão




Você gostou do blog? As dicas de viagens e reviews de restaurantes foram úteis para ajudá-lo(a) a planejar sua viagem?

O Viajante Comilão é um serviço 100% gratuito. Se você gostou do nosso serviço, ajude o blog a continuar seu trabalho: o link abaixo direciona para o site do PayPal, um serviço 100% seguro para que você possa fazer uma doação para o blog, usando seu cartão de crédito.

Contamos com sua contribuição. Obrigado!


Payments By PayPal