domingo, 4 de março de 2012

Dicas da Espanha: Toledo



Toledo é uma das cidades mais espetaculares da Espanha. Capital da comunidade de Castilha-La Mancha, pode ser visitada a partir da capital Madrid via AVE, com saídas da estação Atocha a cada hora, uma viagem que dura pouco mais de 30 minutos.

Patrimônio da Humanidade da UNESCO desde 1987 por suas heranças culturais e monumentais, Toledo conta com vasta história – foi fortaleza de reis espanhóis, palco de guerras contra romanos e muçulmanos, capital da Espanha, grande centro na manufatura de aço, com suas mundialmente famosas facas e espadas. Também destaca-se na produção de cerâmica e artesanato (os jogos de xadrez feitos à mão com personagens culturais e medievais são espetaculares).

Conhecida como a "cidade das três culturas" (chamada assim depois de séculos de convivência pacífica de cristãos, judeus e árabes, o que até hoje pode ser facilmente notado nas igrejas, mosteiros e sinagogas, muitos com quase 1000 anos de história), a cidade nasceu com a ocupação dos romanos por volta do ano 192 A.C., no século VI foi tomada pelos Visigodos tornando-se capital da Espanha Visigótica com Rei Leovigildo até a conquista Ibérica pelos Mouros no século VIII. Em 1085, o rei Afonso VI tomou Toledo dos Mouros e reestabeleceu o controle da cidade, tornando-a a primeira capital da Espanha. A cidade prosperou até o século XVI quando a corte Espanhola mudou-se primeiro para Vallaroid em seguida para Madrid, em 1561. Esta mudança marcou o declínio econômico de Toledo até o século XX quando a cidade firmou-se como destino turístico.

Andando pelas ruas sinuosas e estreitas da parte antiga de Toledo, você se sente na Idade Média. Os portões, os castelos e as pontes da cidade conservam seu ar medieval e dão um silencioso testemunho dos dias em que Toledo era uma das mais importantes cidades da Europa.

Como principais atrações, as visitas à Catedral de Toledo (construída entre 1226-1493, com seus mais de 750 vitrais), Alcázar (fortaleza localizada no ponto mais alto da cidade), Puerta de Bisagra (portal de entrada da cidade), e as infinitas e estreitas ruas, que mais parecem um labirinto de subidas e descidas, são imperdíveis. Cidade para quem gosta de caminhar, é possível conhecer os principais pontos da cidade num único dia, mas recomenda-se 2 dias para uma visita ampla a seus becos e lojinhas com rico artesanato local.


Catedral de Toledo


Cidade com o Alcázar ao fundo


Puerta de Bisagra


Ponte de Alcântara e o rio Tejo (o mesmo que desagua no Oceano Atlântico, junto à cidade de Lisboa)


Ponte de Alcântara e o rio Tejo

Para quem gosta de arte, El Greco é um personagem especial de Toledo. Nascido na ilha de Creta como Domenikos Theotokopoulos, musou-se para Toledo em 1577, onde viveu e trabalhou até sua morte. Ali, El Greco recebeu diversas encomendas e produziu suas melhores pinturas conhecidas, como "A Ascensão da Virgem" (1577–1579) e "O Enterro do Conde de Orgaz" (1586–1588).

Os infinitos adjetivos de Toledo no quesito turismo não são, infelizmente, válidos quando o assunto é gastronomia. Já estive em Toledo quatro vezes, nas quatro comi em restaurantes diferentes, e nos quatro o atendimento foi ruim, assim como a comida.

Nesta viagem estivemos no Lizarran, tão bem avaliado em Oviedo. Ambiente barulhento, atendimento ruim, comida pouco saborosa. 30 Euros muito mal gastos.

É uma pena que uma cidade tão importante para o turismo espanhol simplesmente não disponha de uma estrutura no mínimo decente de restaurantes para os visitantes. Apenas como exemplo, Segovia, cidade de Castilla y Leon (Sul de Madrid, pouco menos de 1h de AVE), tão bonita quanto Toledo, conta não apenas com bela história mas também com grande tradição gastronômica, com destaque para o cochinillo (leitão assado), de produção local e consumido em toda a Espanha (os vendidos no mundialmente famoso El Botín, de Madrid, vem de lá). Imperdível.

Se um dia você visitar Toledo, pode comer sem medo no Mc Donalds localizado na praça central – provavelmente você terá uma melhor experiência do que as que eu tive.

3 comentários:

Enaldo Soares disse...

Boa noite, Daniel, tudo bem?

É a primeira vez que venho a seu blog. Vou à Madri em julho e certamente a Toledo. Por ser vegetariano o quesito comida é fundamental para mim. O seu post foi o mais útil dos que li porque foi o único que falou a verdade. Fui apenas três vezes à Europa e penso que um boa compra em supermercado e até mesmo fast-foods podem valer mais à pena que restaurantes: comida mais ou menos, preços altos para nós e atendimento ruim. Acho que há muita babação de ovo para a gastronomia, de modo geral.

Mª de Lourdes Gaspar Costa disse...

Boa tarde Daniel, seu blog é meu preferido desde ano passado quando o descobri para montar minhas férias no Chile, foi perfeito e agradeço muito suas dicas e orientação.
Neste ano vamos de Madri indo pelo sudoeste e sul da Espanha e seguindo pelo norte de Portugal descendo até Lisboa.
Meu marido quer fazer esse passeio de carro e seguir para Santiago de Compostela e o sul da Espanha e depois norte de Portugal, porque Portugal já percorremos do sul até Porto e gostaria que me orientasse nesse roteiro, o que me sugere.
Obrigada pelo carinho
Aguardo seu retorno
Att; Mª de Lourdes



Daniel Neves disse...

Olá Maria de Lourdes,

Peço desculpas, mas não entendi muito bem o seu roteiro. De Madrid vocês vão para sul da Espanha, é isso? Ou a ideia é partir do sul da Espanha até Madrid, depois até a Galícia, e descer pelo norte de Portugal até Lisboa?

Se for a segunda opção, não vejo problemas, vocês fariam como um "U" ao contrário, me parece um roteiro bem interessante. Quais as cidades em que pretendem passar? E quais pretendem parar para dormir? Quando tempo pretendem passar em cada cidade?

Ah! E qual será a duração total da viagem?

Um abraço!

Postar um comentário

Pesquisar no Blog

Guias de Viagem


Álbuns de Fotos

Instagram


Anuncie no Viajante Comilão




Você gostou do blog? As dicas de viagens e reviews de restaurantes foram úteis para ajudá-lo(a) a planejar sua viagem?

O Viajante Comilão é um serviço 100% gratuito. Se você gostou do nosso serviço, ajude o blog a continuar seu trabalho: o link abaixo direciona para o site do PayPal, um serviço 100% seguro para que você possa fazer uma doação para o blog, usando seu cartão de crédito.

Contamos com sua contribuição. Obrigado!


Payments By PayPal