quinta-feira, 27 de setembro de 2012

10 atrações imperdíveis em Bruxelas (Bélgica)



Bruxelas é uma das cidades mais bonitas da Europa. Principal cidade da Bélgica e considerada pelos países-membros como a capital da União Européia, reúne espetaculares construções de estilos gótico, barroco, neogótico e clássico, algumas com mais de 300 anos, é um paraíso para os amantes de histórias em quadrinhos (é a terra do Tintin, Luke Luke, Smurfs e vários outros personagens), é sede dos maiores museus de miniaturas e carros antigos da Europa, e para muitos é a capital mundial da cerveja, chocolate e waffle.

Embora seja um dos destinos de negócios mais procurados da Europa (lá estão os principais prédios da União Européia), Bruxelas ainda não figura entre as 10 cidades européias mais visitadas anualmente pelos turistas (na ordem: Londres, Paris, Antália (Turquia), Istambul, Roma, Barcelona, Amsterdam, Praga, Moscou e Dublin). É uma pena, pois Bruxelas sabe receber muito bem os turistas e tem muito a oferecer em troca. Sem dúvida, um passeio inesquecível.

Como chegar:

Avião: Não existem voos diretos do Brasil. Uma vez na Europa, diversos aeroportos fazem conexão com o o Aeroporto de Bruxelas (BRU), distante 11 km do centro. A cada 15 minutos, trens partem em direção à cidade (€ 7,00), com paradas nas estações "Brussels-Midi" (a mesma onde param os trens do Eurostar e Thalys, distante 30 minutos de caminhada do centro) e "Brussels-Central" (a poucos passos da Grand Place). A viagem leva entre 15 e 25 minutos.

Eurostar (via Londres ou Paris) ou Thalys (via Paris ou Amsterdam): O trem para na estação "Brussels-Midi". Até o centro, são 30 minutos de caminhada, ou se preferir pegue o metrô na estação Gare du Midi linhas 3 ou 4, e desça na estação "Bourse", a mais próxima da Grand Place.

Para quem tem vontade de conhecer Bruxelas, montei um pequeno roteiro com as principais atrações da cidade, num roteiro de 3 dias. Se o tempo for curto, procure fazer apenas os dois primeiros dias, que consolidam o que há de mais importante. Se tiver tempo, além do terceiro dia em Bruxelas deixei uma dica de passeio nas redondezas, que pode ser feito num "bate-e-volta", totalizando 4 dias.

Importante: o mapa de metrô da cidade pode ser acessado aqui.

Boa viagem!

Dia 1:


Dia 2:

Dia 3:

Dia 4:

Todos os dias:

63 comentários:

Anônimo disse...

Ola´Daniel, parabéns pela matéria, está excelente.
Vou para Bruxelas por 2 dias em novembro e percebi que não é o suficiente para as várias coisas que tem por lá além das comidinhas e bebidinhas maravilhosas.
Não vejo a hora de chegar!!
Um abraço

Ana Paula Buehring disse...

Olá! Queria te parabenizar, simplesmente adoreeei seu blog, sua organização e a agradeço também sua ajuda pra saber o que conhecer em Bruxelas! Foi realmente util e muito facil e rapido de saber um pouquinho sobre cada lugar! :)
Continue escrevendo! Você tem talento e é muito organizado :D

Fabio Gomes Da Costa disse...

Olá Daniel

Estou querendo ir até Paris,pretendo chegar no dia 26/01, no dia seguinte à minha chegada 27/01 quero ir logo cedo até Bruges, passar o dia, dormir e no dia seguinte 28/01 logo cedo ir até Bruxelas, onde pretendo ficar 2 dias (28/29) sendo que no dia 29/01 quero ir a noite para Amsterdã, onde pretendo ficar o dia 30. No mesmo dia 30/01 pretendo voltar à Paris.
Seria um roteiro legal? 1 dia é o suficiente em Bruges e Amsterdã, e 2 em Bruxelas?
Não tenho problemas com a quantidade de dias, pois em Paris não pretendo ficar mais do que 1 dia, pois já conheço.
Estou em dúvida sobre ir para Bruges/Bruxelas/Amsterdã durante a semana, e viajar de Bruxelas para Amsterdã à noite.
Quais trechos você me indica comprar as passagens antecipadas e onde?

obrigado

Fabio

Daniel Neves disse...

Olá Fábio,

Seu roteiro é bom sim. Apenas recomendo que você fique uns 2 dias em Amsterdã, para as demais cidades o número de dias é suficiente para conhecer as principais atrações.

Os trechos da sua viagem podem ser comprados online pelo site da TGV (http://www.tgv.com/en). Recomendo que compre todos os trechos com antecedência, assim terá mais opções de horários e classes (1ª e 2ª) para viajar.

Considerando suas datas, o trecho Paris – Bruges tem horários a partir das 6h46, e a viagem dura aproximadamente 2h45, com 1 ou 2 mudanças de trem. Entre Bruges e Bruxelas, os trens começam a sair às 6h58, existem trens diretos ou com 1 mudança de trem.

Sobre o trecho entre Bruxelas e Amsterdã, o último TGV parte de Gard de Midi às 21h50, com previsão de chegada em Amsterdã às 23h42. Por fim, o trecho entre Amsterdã e Paris tem saídas a cada hora (primeira às 6h18 e última às 19h18) , e a viagem dura pouco mais de 3 horas.

Espero tê-lo ajudado, um abraço!

Anônimo disse...

Olá Daniel,
Obrigada por suas dicas. Estarei em Amsterdan de 15 a 21 de abril e pretendo ir a Bruxwlas no dia 14 num bate e volta. Gostaria de saber se é melhor ir de trem(Thalys) ou ônibus, já que o tempo é curto. De ônibus tenho que descer na Estação Norte, que parece ser longe da Grand Place e de trem onde eu desço? Você acha que vale a pena passar um dia em Bruxelas? Aguardo resposta. Vera Cerqueira

Daniel Neves disse...

Olá Vera,

Sem dúvidas o trem é a melhor opção, já que é mais rápido (1h50 de viagem) contra 2h45 do ônibus. Todavia, o ônibus é mais barato.

Como você só terá 1 dia para conhecer Bruxelas, recomendo o trem, assim você terá mais tempo para aproveitar a cidade. Mas é totalmente possível fazer Amsterdam - Bruxelas de ônibus - acredito que você viu minha resposta anterior.

Para saber mais sobre o trajeto entre as duas cidades de trem, veja a seção "Como chegar" neste post.

De nada.

Anônimo disse...

Muito obrigada Daniel.
Li alguns comentários de turistas em vários blogs dizendo que a estação Norte, onde teria que descer, indo de ônibus, é muito longe do centro e fica numa região perigosa e sem muito movimento. Como estaremos em três mulheres e voltaríamos para Amsterdã às 20:00, não é muito arriscado? Me ajude.
Vera Cerqueira

Daniel Neves disse...

Olá Vera,

Sim, a estação Norte é longe do centro, mas você vai descer do ônibus, entrar na estação de trem (que fica exatamente do outro lado da rua) e pegar o tram, como te expliquei antes.

Segue o mapa com a localização exata da parada: http://www.eurolines.be/en/your-journey/coach-stops/coach-stops-in-belgium/#

Na volta, é só fazer o caminho oposto. Fato, a região à noite não tem o movimento do centro, mas tem segurança, as pessoas esperando os ônibus da companhia, além do vai-e-vem da estação de trem.

Não há motivos para que se sintam inseguras, mas se mesmo assim vocês não se sintam 110% confortáveis, faça o trajeto entre Amsterdam e Bruxelas de trem, aí seus problemas terão terminado!

Você vai descer na Gare du Nord e lá mesmo pegar o tram até o centro, o mesmo no caminho de volta. A vantagem do trem, como disse antes, é o tempo: vocês vão ganhar 2 horas (1 hora em cada trajeto) no deslocamento total - 1h50 de trem e 2h50 de ônibus por trecho.

Um abraço.

Anônimo disse...

Muito obrigada.

Um abraço,

Vera Cerqueira

Anônimo disse...

Oi Daniel....o que vc acha de amesterdã --> Bruxelas ---> Calais e ai pegar o TGV pra Londres ? tens ideia do preço ? pensamos em todo esse roteiro uns 20 dias : 4/5 em amesterdã; mais uns 4 em Bruxelas e o restante em Londres...

Daniel Neves disse...

Olá Anônimo,

Seu roteiro parece bom, como alternativa você pode incluir outras cidades pequenas e belíssimas, como Bruges e Ghent (Bélgica), e neste caso reduziria os dias em Londres.

Veja bem, eu adoro Londres, se pudesse passaria 30 dias todos os anos por lá, mas você precisa pensar bem seu roteiro para ficar 10 dias num lugar, a não ser que você tenha planos de conhecer outros lugares no Reino Unido (Edimburgo, Liverpool, Cardiff), todos imperdíveis e que podem ser conhecidos em viagens curtas.

Para consultar preços do trecho Amsterdam - Bruxelas, dê uma olhada no site da TGV.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Anônimo disse...

Olá, Daniel, muito boas suas dicas, parabéns! Gostaria de uma opinião sua para eu montar um roteiro The Flash pela Bélgica (Antuérpia, Ghent, Bruges e Bruxelas) de trem em três dias sanduichados entre uma viagem de Thalys entre Amsterdam e Paris. Estou em dúvida sobre a melhor sequência para visitar essas cidades de forma que eu possa aproveitar o máximo do tempo disponível. Saio de Amsterdam num sábado 9h18 de Thalys em direção à Antuérpia e na terça-feira 10h18 embarco noutro Thalys de Bruxelas para Paris. Isso é o certo, o restante estou tentando decidir para tratar de reservar os hotéis.

Veja só: a idéia é fazer apenas um pit-stop de algumas horas na Antuérpia, deixando as malas na estação central (que é belíssima) enquanto dou uma volta pelo centro histórico.
Dúvida 1: vale mais a pena depois pegar um trem local para Bruxelas (50min), Ghent (50min) ou Bruges (1h20) para aproveitar o resto do dia e a noite, salientando que se trata de um sábado? Essa escolha inicial poderá determinar a sequência que farei para visitar as demais cidades. Como o dia seguinte é domingo, talvez haja algum motivo/atração especial que seja vantajoso aproveitá-lo em uma cidade específica em detrimento das outras. Ou, ao contrário, pode ser que seja totalmente contra-indicado passar o domingo em alguma dessas cidades e eu não faço a menor ideia. O mesmo em relação à segunda-feira, que às vezes pode ser um dia complicado para turistas em determinada cidade porque muitas coisas não funcionam. Por isso preciso de informações sobre como é visitar essas três cidades (Bruxelas, Ghent e Bruges) em pleno sábado, domingo e segunda-feira para poder decidir onde é melhor estar em cada dia…

Dúvida 2: Ao invés de escolher uma única base e fazer bate-voltas, estou pensando em pernoitar uma noite em cada cidade (Bruxelas, Ghent e Bruges) e, assim, ter a experiência de caminhar e curtir as luzes noturnas de cada uma sem me preocupar em pegar trem de volta. Ainda mais que estarei vindo de cinco dias em Amsterdam e depois terei outros sete em Paris, sem função alguma com troca-troca de hotel, abre-fecha de malas etc. Você acha factível dormir uma noite em cada uma das cidades que citei ou o que recomenda? Nesse caso, qual seria na sua opinião a melhor sequência para eu visitar essas cidades saindo da Antuérpia pensando em cada uma delas no sábado, domingo ou segunda? E ainda posso dar uma esticada nos lugares em que eu acordar na manhã de domingo e de segunda antes de partir para o próximo destino... Lembrando que na terça-feira 10h18 embarco no Thalys em Bruxelas para Paris. Bom, é isso, agradeço muito qualquer sugestão!!!

Daniel Neves disse...

Olá Anônima,

A viagem entre Amsterdam e Antuérpia leva pouco mais de 1 hora, o que significa que você chegará lá no sábado perto das 10h30.

Pensando na melhor logística, de Antuérpia eu iria até Bruges, provavelmente almoçaria por lá, passaria a tarde, noite e dormiria na cidade (já respondendo sua dúvida 2). Visitar Bruges no sábado é tranquilo, tudo estará aberto.

No domingo de manhã, iria de Bruges para Ghent, uma viagem de pouco mais de 30 minutos. Passe o domingo em Ghent e vá para Bruxelas no fim do dia.

Durma em Bruxelas de domingo para segunda, para ter toda a segunda na cidade. Optei por colocar Bruxelas na segunda pois as principais atrações funcionam 7 dias por semana, já em Bruges e Ghent você poderia correr o risco de encontrar alguma atração fechada.

Com este roteiro, você terá cerca de 12 horas úteis em Bruges e Ghent, tempo suficiente para uma visita rápida, e um dia todo em Bruxelas, insuficiente para conhecer tudo, mas suficiente para conhecer o essencial.

Durma em Bruxelas de segunda para terça e pegue seu trem até Paris.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Anônimo disse...

Oi, Daniel, obrigada pela resposta! Mas eu acho que essa sugestão de almoçar em Bruges e conhecer a cidade no sábado não vai dar certo porque se eu chegar em Antuérpia às 10h30, daqui que eu coloque as malas no maleiro da estação e dê um rolê pelo centro histórico, mais 1h20 até Bruges, checkin no hotel etc, acho que pouco tempo sobrará pra essa cidade que é, talvez, a mais interessante entre as quatro belgas que me proponho a visitar.

Eu estou achando que dormir apenas uma noite em cada cidade (Bruges, Gent e Bruxelas) como era meu plano inicial pode ficar um pouco cansativo, mas não gostaria de abrir mão da experiência bucólica de dormir (e acordar!) em Bruges, então estou pensando em dormir uma noite lá e duas em Gent (ao contrário de ti, acho que se aproveita melhor a noite caminhando pelas ruas de uma cidade pequena belga muito típica e cheia de canais do que em mais uma metrópole com grandes distâncias como talvez seja Bruxelas).

E como estou querendo ir a quatro cidades em três dias (!), acho que no primeiro dia (sábado) terei ao menos uma noção do belo centro histórico de Antuérpia e depois me parece que vale mais a pena privilegiar em termos de tempo Bruges e Bruxelas (em detrimento de Gent), dedicando um dia para cada (domingo ou segunda). Faz sentido?

Sendo assim, dormir duas noites em Gent acho que é uma maneira "disfarçada" de me proporcionar ao menos um rolê pela cidade. A contramão é ter que voltar a Bruxelas para pegar o Thalys na terça-feira (por isso eu estava pensando inicialmente em pernoitar uma noite em cada cidade).

Se eu pernoitar uma noite em Bruges e duas em Gent, preciso começar ou terminar em Bruges pra poder deixar as duas noites em Gent seguidas uma da outra. Então preciso entender se vale mais a pena fazer sábado Antuerpia-Bruges/domingo Bruges-Gent/segunda Gent-Bruxelas-Gent/terça Gent-Bruxelas (Thalys) OU sábado Antuérpia-Gent/domingo Gent-Bruxelas-Gent/segunda Gent-Bruges /terça Bruges-Bruxelas (Thalys).

Acho que a escolha tem a ver com os dias da semana (o que funciona ou não em cada dia) e os horários dos trens. Como fim de semana tem mais turista em Bruges, talvez fosse melhor eu deixar para visitar a cidade na segunda. E fico me perguntando que tipo de atração poderá estar fechada na cidade neste dia? Em Bruxelas acho que os museus fecham segunda (poderias me confirmar?), mas não tenho ideia se algo interessante em Bruges fecha também nesse dia?

Em relação aos trens, se eu for de Antuérpia para Bruges não tenho como evitar baldiação em Gent. Mas talvez algo que possa ser determinante são os horários que eu teria que deixar Bruges ou Gent (dependendo da oção 1 ou 2 descrita acima) para assegurar embarcar no Thalys terça às 10h18 em Bruxelles-Midi. Estou dando uma olhada geral nos trens em mas estou tendo dificuldades em simular os trechos porque não sei quais estações escolher em Gent e Bruges. Poderias me dar uma dica?

Igualmente aonde recomendarias eu procurar hotel nessas duas cidades? Mais próximo possível da estação do trem ou mais próximo possível do centro histórico? Ou nenhum dos dois? Ou ambos? :)

Enfim, super agradeço qualquer dica para me ajudar a montar esse quebra-cabeças da melhor logística possível ou me mostrar algumas luzes sobre isso que talvez eu não esteja enxergando.

Administrador disse...

Bom dia!

Queria pedir-lhe ajuda.
Vou a Bruxelas em Outubro. Chego numa quarta feira à noite e venho no sábado ao fim da tarde.
Queria perguntar-lhe a sua opinião sobre visitar outras cidades, Bruges, Antuérpia ou Ghent? E quanto tempo acha que devo para visitar essa cidade?
Não conheceço ninguém que já lá tenha ido e queria organizar um roteiro, não muito sobrecarregado, e não muito caro.
E a alimentação, acha que é cara?
Agradeço a sua ajuda.
Obrigado

Daniel Neves disse...

Olá Anônima,

Legal saber que você prefere as cidades pequenas às grandes. Bruxelas é uma cidade grande para os padrões europeus, mas para os brasileiros é uma cidade relativamente pequena, com boa estrutra de metrô e um ótimo ônibus turístico que permitem conhecer as principais atrações em pouco tempo.

Sem dúvidas visitar 4 cidades em 3 dias como você pretende fazer é um baita desafio.

Seu roteiro funciona bem, acho que você pode usar Ghent como base para visitar Bruges e dormir duas noites por lá (sáb - dom - seg), deixando a última noite para Bruxelas. Entretanto, você quer passar uma noite em Bruges, e com certeza deslocar-se de Ghent até Bruxelas na terça de manhã, em pleno horário de rush, e com a necessidade de pegar um trem até Paris, pode gerar um stress desnecesssário.

Sei que dormir uma noite em cada cidade pode ser cansativo, mas eu ainda mantenho a idéia de pernoitar uma noite em cada cidade. São trajetos curtos, acho que você vai tirar de letra.

Acredito que a agenda do sábado está fechada, você passará meio dia em Antuérpia, ótima escolha. Ghent está mais próximo de Antuérpia do que Bruges, acho que vale pegar o trem de Antuérpia até Ghent, passear pelo centro e passar a noite por lá.

No domingo, fica a seu critério passar mais algumas horinhas em Ghent (dependendo da hora da chegada, você terá visto tudo) ou pegar o trem de manhã até Bruges. Passe o domingo em Bruges e durma por lá.

A chance de você dar com a cara na porta de alguma atração em Bruges ou Ghent no sábado ou domingo é zero, são os dias de maior movimento.

Na segunda, aproveite a manhã em Bruges para uma caminhada final e pegue o trem para Bruxelas.

Não sei o que você pretende visitar em Bruxelas, tempouco quando você pretende fazer o roteiro, mas posso te garantir que o Museu Autoworld, o Atomium, a Basílica e o Mini Europa estarão abertos na segunda. Caso você pretenda fazer a viagem entre Janeiro e Março, tereos que reavaliar tudo.

Passe o período da tarde na cidade e durma em Bruxelas para pegar seu trem na terça. Acho que isso resolve todos os pontos e preocupações que você apontou.

Apenas uma correção: é totalmente possível possível fazer Antuérpia a Bruges de trem sem passar por Ghent. Sim, a Thalys não faz o trajeto, mas existem opções de trens locais da Bélgica, como a Eurocities - consulte http://www.raileurope.com.br/ para saber mais.

Se não estou enganado, o Thalys chega em Ghent na estação Sint-Pieters, que é a mesma estação usada pelos trens regionais. Já em Bruges, a Station Brugge é a principal estação.

Nas duas cidades, a melhor oferta de hotéis está na região do centro, nos arredores das estações existem poucos hotéis, mas não são os melhores. Existem boas opções na área sudoeste das duas cidades, bem próximas das estações. Acho que são as melhores opções para você, pois estão no meio do camino entre as estações e o centro - e como ambas cidades são pequenas, meio do caminho são apenas algumas quadras, que podem ser facilmente percorridas a pé.

Ufa! Esta resposta ficou grandona! Espero que te ajude, que te dê uma outra forma de ver e resolver esse enorme quebra cabeça!

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Anônimo disse...

Oi Daniel, puxa, fica muito agradecida em ver teu empenho em me ajudar, contribuindo para sanar minhas dúvidas com um bocado de dedicação e disposição, obrigada mesmo!


Eu tinha pensado inicialmente em dormir uma noite em cada cidade pra fazer um caminho linear: Antuérpia-Bruges-Gent-Bruxelas, evitando ter que ir e voltar e também pra poder ver cada lugar à noite. Mas depois comecei a achar que seria muito cansativo carregar mala entre estações, procurar hotel, fazer checkin e checkout três vezes e que, no fim, essa função me consumiria mais tempo e energia do que ir e voltar (Gent-Bruxelas-Gent). Por isso pensei uma noite em Bruges e duas em Gent, mas tu ainda achas que vale mais a pena o plano inicial (maratona uma noite em cada hotel), mesmo com a perda tempo que isso gera?

Eu cogitei uma noite em Bruges e duas em Gent (partindo de alguma delas na manhã de terça para pegar o Thalys em Bruxelas às 10h18) por considerar que não seria estressante já que em ambos os casos se chega na Bruxelles-Midi, mesma estação de onde parte o Thalys pra Paris. Mas não me dei conta do horário por volta das 9h ser de rush, com gente circulando em função de trabalho e tal... Isso geral muita confusão das estações a ponto de achares que não vale a pena sair de Bruges (1h) ou Gent (30min) para pegar o Thalys às 10h18 em Bruxelles-Midi?

Tenho dúvidas sobre a eficácia da tua sugestão de segunda pela manhã dar uma volta final em Bruges, depois 1h de trem até Bruxelas, procurar hotel, fazer checkin e só depois sair pra visitar a cidade. Talvez acabe sobrando pouco tempo, não?

Meu interesse principal em Bruxelas é, claro, a Grand Place, mas seria legal ir a algum outro ponto da cidade (sugestões?). Prefiro opções ao ar livre, museu talvez o de René Magritte (que acho que fecha na segunda), mas também não faço muita questão já que não terei muito tempo. Quadrinhos, mini-europa e museu do carro não me interessam. Estou mais pra paisagens bonitas e prédios históricos, além de traços culturais locais. Minha ideia inicial é caminhar por tudo, mas é claro que posso pegar um ou outro metro se for necessário. Não sou muito fã de city-tours (assim como odeio excursões!) mas talvez seja o caso de eu dar uma chance à essa proposta e rever meus conceitos. Esse ônibus turístico que sugeres seria isso? Tens algum link pra me indicar para eu dar uma olhada ou algum local lá onde eu poderia pegar o tal ônibus?

No caso de eu visitar Bruxelas segunda e dormir lá, como dizes, alguma sugestão do que fazer à noite, além, é claro, de conferir (talvez no final de tarde) as luzes da Grand Place? Algum outro lugar especialmente bonito à noite? Se não, talvez alguma cervejaria bonitona?

Sobre trens: Eu estava conferindo os trens diretamente no site da SNCB/NMBS , que é a cia belga que opera os trens regionais, e tanto lá como no eurail.com realmente há trens Antuérpia-Bruges sem conexão em Gent, a conexão é apenas de Bruges para Bruges-Saint Pierre. Nas opções com menor intervalo (10min), o percurso total dá 1h33 de viagem. Pelo que entendi se chega na estação Bruges mas no caso de querer ir direto para o centro histórico se vai para Bruges-Saint-Pierre , é isso?

E o que seria a região sudoeste de Bruges que sugeres para eu procurar hotel, tem um nome essa região ou algo assim para eu filtrar na busca? Aproveitando: sugeres algum hotel charmoso por lá que encarne o espírito do lugar, situado em construção antiga etc (fugindo das construções modernas das grandes redes) mas que não seja caro?

Da mesma forma, o que seria a região sudoeste de Gent? Algum nome ou referência para eu buscar os hotéis? Na verdade queria ter alguma ideia de boa localização (em Bruges e Gent) pra poder começar a selecionar/descartar as opções na busca por um hotel. Agradeço também se tiveres uma sugestão nos mesmos moldes que comentei sobre hotel em Bruges.

So many questions... mas se puderes responder ao menos algumazinhas já tá valendo! Muitíssimo obrigada desde já!!!

Daniel Neves disse...

Olá Administrador,

Se eu entendi direito, você terá 2,5 dias para conhecer Bruxelas e arredores, é isso mesmo? Você chega quarta em Bruxelas e sai no sábado também de Bruxelas?

Se ajudar, aqui na seção Comentários deste post você pode acompanhar algumas mensagens que estou trocando com uma leitora que terá 3 dias na região e quer conhecer as 4 cidades - Antuérpia, Ghent, Bruges e Bruxelas. Corrido, mas acho que montamos um roteiro bem legal.

2,5 dias tornam as coisas bem corridas, você terá pouco tempo em cada cidade. Quais atrações listadas neste post você pretende fazer em Bruxelas? Pessoalmente acho que dá para fazer um roteiro bem express em 1 dia, menos que isso acho complicado.

Como proposta, você pode dormir em Bruxelas de quarta para quinta, passar a quinta na cidade e pegar o trem no fim do dia para Antuérpia.

Durma em Antuérpia, passe a manhã de sexta por lá e após o almoço vá para Bruges. Passe a tarde e durma e Bruges.

Na manhã de sábado, trem para Ghent, passe o dia em Ghent e vá para Bruxelas para pegar seu trem. Corrido, mas dá tempo de passar pelas 4 cidades!

Não acho a alimentação cara, os preços são padrão Europeu, se você já esteve em alguma outra cidade com certeza não vai estranhar.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Daniel Neves disse...

Olá Anônima,

Acho que as duas opções de roteiro funcionam bem. Se você optar por ficar 1 noite em Bruges e 2 em Ghent, serão 4 deslocamentos de trem: Antuérpia - Ghent, Ghent - Bruges, Bruges - Ghent e Ghent - Bruxelas.

Por outro lado, em duas viagens você estará com malas (Antuérpia - Ghent, Ghent - Bruxelas), em duas não (bate e volta até Bruges). E serão 2 hotéis em 3 dias.

Na proposta 2, mais linear, serão 3 deslocamentos de trem (Antuérpia - Ghent, Ghent - Bruges, Bruges - Bruxelas), todas com malas. Também serão 3 hotéis diferentes em 3 dias.

Nas duas propostas, você passa pelas 4 cidades, dorme 1 noite em Bruges. O roteiro linear é mais lógico, mas o roteiro 1 elimina 1 deslocamento com malas, 1 checkin e 1 checkout.

Sabe o que eu não gosto no roteiro 1? Que você fará a viagem entre Ghent e Bruxelas na terça de manhã. O trem é cheio de manhã, muita gente mora em Ghent e trabalha em Bruxelas, não sei se vale o risco de pegar o trem no horário do rush, sabendo que você terá uma conexão ás 10h18. Por isso acho tão importante que você durma em Bruxelas na última noite, acorde com calma e pegue seu trem sem problemas. Imagina se acontece algum problema no seu trem, como um simples atraso, e você perde a conexão? Eu não correria o risco.

As coisas funcionam bem na hora do rush, mas você terá pouca margem para ajustes em caso de problemas.

A sugestão da segunda de manhã depende mais de você, se o domingo for suficiente para ver tudo em Bruges, você pode pegar o primeiro trem até Bruxelas.

Pelas atrações que você descreveu, além da Grand Place eu sugiro o seguinte:

Distrito de Laeken;
Basília do Sagrado Coração;
Parque do Centenário;
Palais Royal;
Igreja Notre Dame du Sablon e Petit Sablon;
Palais de Justice e o bairro de Marolles;
Galeries Saint Hubert;
Mont des Arts;
Catedral de St. Michael e St. Gudula.

Para mais informações, veja aqui:

http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/09/top-10-bruxelas-2-city-tour.html
http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/09/top-10-bruxelas-7-distrito-de-laeken.html
http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/09/top-10-bruxelas-8-basilica-do-sagrado.html

É fato que o Museu René Magritte fecha às segundas, se for importante podemos colocar Bruxelas no domingo.

A sugestão do ônibus turístico é apenas e tão somente para ganhar tempo entre os deslocamentos. O link para o site do ônibus está no post do city tour.

Para dicas de cervejarias, veja aqui: http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/2012/09/top-10-bruxelas-10-tour-de-chocolate.html

Sobre os hotéis, minha sugestão é que você saia do Brasil com os hotéis fechados, ao invés de deixar para fechá-los quando estiver nas cidades. Primeiro, porque isso te ajuda a ter maior poder de escolha (localização, conforto, preço), segundo para ganhar tempo.

Sobre seu questionamento das estações em Bruges, Station Brugges é a principal estação da cidade, a que oferece as principais conexões com outras cidades do país todo, e fica mais perto do centto do que Sint-Pieters.

Veja este mapa para tirar qualquer dúvida: https://www.google.com.br/maps/search/train+station+bruges/@51.2115488,3.2309856,14z

Pessoalmente não tenho sugestões específicas de hotéis em Bruges ou Ghent. Recomendo que você use os sites especializados, como o booking.com, com o qual temos parceria, para localizar os hotéis que mais te agradam.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Anônimo disse...

Oi, Daniel, obrigada novamente pelas tuas opiniões!

Acho que te enganaste na contagem ao dizer que na opção 1 (uma noite em Bruges e duas em Gent) eu vou andar apenas dois dias com mala se fizer o percurso Antuerpia-Gent/Gent-Bruges/Bruges-Gent/Gent-Bruxelas. Ou sugeres que eu durma em Bruges levando apenas uma mochila e deixe a mala na estação de trem de Gent? Nem sei se tem maleiro lá, mas posso checar. Mas se essa for a idéia não vai me livrar de fazer três checkin e três checkout… Ou esperas que eu durma a primeira noite em Gent, deixe minha mala no hotel e vá dormir em Bruges em outro hotel e depois volte para o hotel de Gent? Porque aí, obviamente, eu estaria pagando dois hoteis no mesmo dia e nesse ponto ainda não cheguei kkkkk

Sobre os hotéis: sem dúvida que vou deixar todos reservados antes de viajar porque se essa viagem já é corrida assim, imagina ainda na loteria de ter que procurar hospedagem por lá!

Trens: Eu pensei em ir de Gent para Bruxelas na manhã de terça pra pegar o Thalys porque na minha cabeça esse tipo de trem automático não atrasa. Numa experiência prévia na Europa - dois meses viajando apenas de trem entre Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Suíça, Áustria, Itália e Grécia - sempre houve precisão exata nos minutos quebrados (10h18, por exemplo), tanto nas partidas quanto nas chegadas.

Depois de ver todas tuas sugestões só tenho a lamentar ter tão pouco tempo em Bruxelas… mas não descarto a possibilidade de fazer apenas Antuerpia-Bruges-Bruxelas e tirar Gent fora… Neste caso eu passaria todo o sábado na Antuérpia (sem ter que dividir o dia com Gent), depois seguiria para Bruges, teria minha noite lá + um dia e no final do dia de domingo (ou mesmo noite) iria pra Bruxelas, dormiria lá e segunda teria o dia inteiro desde a hora de acordar (aproveitamento 100% do dia), mais uma noite. Será que seria mais proveitoso que a minha proposta Antuerpia-Gent-Bruges-Bruxelas?

Na verdade esses três dias na Bélgica eu forcei a barra pra incluir na minha viagem. Inicialmente seria apenas um pit-stop em Bruxelas pra ver a Grand Place entre uma viagem de trem de Amsterdam (onde ficarei 4 dias com um bate-volta a Delft) e Paris (7 dias, com um ou dois bate-voltas). Depois pego um voo Paris-Barcelona (5 dias) e outro Barcelona-Lisboa (2 dias). Ou seja: a parte corrida mesmo é só essa da Bélgica, o resto vai ser mais tranquilo…

A partir da ideia do pit-stop pra ver a Grand Place acabei lendo mais sobre a Bélgica e, quando me dei conta, já tinha transferido o pit-stop para a Antuérpia e dado um jeito de visitar também Bruges e Gent, além de Bruxelas. Na cabeça parecia fácil em 3 dias visitar 4 cidades cuja maior distância entre elas é apenas 1h20, mas, como estás vendo, montar a logística está sendo desafiador… Bruges e Bruxelas pra mim eram prioridades, depois achei um jeito de botar Gent no saco como um local para dormir e quando vi as fotos da estação central de trem da Antuérpia não resisti à tentação de parar ali por algumas horas e depois seguir viagem.

Resultado da "gula" (pra ficar dentro do contexto Viajante Comilão haha): começo a me questionar se agi corretamente em ser tão "olho grande" porque, na prática, excetuando Bruges que ficarei um dia inteiro e uma noite (acho que está de ótimo tamanho) o que vou fazer é conhecer pouquinho de Antuérpia, Gent e Bruxelas… Me passa pela cabeça que talvez eu devesse ir de AMS direto pra Bruxelas, Gent ou Bruges (abrindo mão de Antuérpia). Mas agora que já comprei o Thalys Amsterdam-Antuérpia já era, então penso que talvez fosse o caso de "cortar" Gent pra me estender mais na Antuérpia e, assim, conhecer ao menos um local direito ao invés de dois mal e mal? Mas vejo as fotos de Gent e também não consigooooooo deixá-la de fora…. Tua opinião, once more, please???

Daniel Neves disse...

Olá Anônima,

Pois é, eu misturei tudo! Pensei uma coisa, escrevi outra! E olha que eu reviso cada resposta antes de publicar, mas estava com tantas opções na cabeça, queimando os neurônios para te dar boas sugestões, que passou batido! Será que você pode me desculpar pela bagunça que fiz??? :) :) :)

É obvio que a opção de passar duas noites em Ghent e uma em Bruges na maneira como você sugeriu são 3 checkins, a diária de Bruges está no meio das duas de Ghent. Idiota eu.

A única maneira de evitar 3 checkins é fazer Antuérpia - Bruges no sábado à noite (após visitar Antuérpia), dormir em Bruges no sábado, ver Bruges no domingo de manhã, pegar o trem para Ghent após o almoço, conhecer Ghent à tarde, dormir em Ghent de domingo para segunda e fazer um bate e volta em Bruxelas na segunda, dormindo novamente em Ghent de segunda para terça e retornando à Bruxelas na terça de manhã.

Com esta opção, são 3 deslocamentos com as malas (Antuérpia - Bruges, Bruges - Ghent e Ghent - Bruxelas) e 4 viagens de trem, mas apenas 2 checkins e 2 checkouts. Na verdade, era isso que estava pensando quando te escrevi, e acabei fazendo confusão.

É verdade que em países como Suíça e Belgica os trens têm fama mundial de pontualidade, mas depois de morar 2 anos na Europa eu já vi trem atrasando, quebrando. Acho que o único ponto que ainda falta você fechar é onde dormir na última noite, se em Ghent ou Bruxelas.

Os pontos positivos de dormir em Bruxelas na última noite: admirar as belezas da Grand Place e outros monumentos iluminados à noite, além de já estar na cidade, pode acordar sem ter que madrugar e pegar o trem às 10h18, e economizar uma passagem de trem. Os poréns: ter que fazer um checkin e um checkout a mais, e acordar cedinho para pegar o trem até Bruxelas, com malas e no horário do rush.

Gostaria de ser extremamente sincero com você, acho que cortar uma cidade do roteiro tornaria as coisas menos corridas. Pessoalmente, eu tiraria Antuérpia, na minha opinião a menos espetacular das quatro. Entretanto, você encantou-se por todas, meu receio é que você corte alguma e arrependa-se depois.

Acho que dá para fazer tudo, com disciplina nos horários e roteiros bem organizados. mas se você realmente pensar em tirar uma cidade, eu tiraria Antuérpia. Vá direto para Bruges, passe o sábado por lá, o domingo em Ghent e a segunda em Bruxelas, te garanto que será possível conhecer bem melhor cada cidade, sem correrias.

O ticket que você já comprou para Antuérpia seria uma perda, eu sei, mas paciência, os ganhos na qalidade da viagem compensariam o prejuízo. Para você refletir.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Anônimo disse...

Olá, Daniel, mais uma vez, obrigada pela tua opinião! E não tem nada do que se desculpar, eu é que fico te atazanando com um monte de perguntas à la to be or not to be… é de deixar qualquer um embaralhado mesmo!

Mais provável é que eu faça mesmo o pit-stop em Antuérpia porque o bilhete que comprei é não-reembolsável, cuja tarifa é mais barata. Chego às 10h30 e programa umas três horas de passeio, no máximo. Pelo que vejo é tempo suficiente pra circular por todo o centro e ainda parar pra almoçar. Mas se o relógio gritar me concentro mais nas cercanias da estação e na praça medieval (a Grand Place de lá). Às 13h35 pego trem para Gent, chego 14h28 e imagino que lá pelas 15h30 deva estar liberada pra passear pela cidade até a hora de dormir. Acho que vale a pena. Mas vou pensar no caso e te comento algo quando decidir! :)

Já sobre a possibilidade que tu salientas de eu perder o trem Bruxelas-Paris por atraso no trem que vem de Gent não me agrada nada, ainda mais que este bilhete também é não-reembolsável. Se a tua experiência de dois anos te mostrou isso, quem sou eu, rélis turista, pra duvidar? Curiosidade: onde moraste pela Europa? Assim já sei sobre aonde, no futuro, posso te perguntar coisas mais detalhadas tipo coisas do dia-a-dia… Sim, eu consigo fazer mais perguntas do que já tenho feito! :)

Anônimo disse...

Oi, Daniel, dei uma conferida nas opções que sugeres em Bruxelas. Não tenho ideia se dará pra visitar alguma outra além da Grand Place+Manekkin, tendo em vista que ainda tenho que chegar de Bruges e fazer checkin no hotel. Não sei qto tempo se leva pra ver a Grand Place porque ela parece bem grande… Sei que isso depende da "viagem" de cada um, mas o que seria razoável? Melhor visitá-la primeiro que outro ponto ou terminar nela, aproveitando também pra curtir suas luzes à noite?

Se for mais indicado, eu me contento em ficar apenas entre a Grand Place e as ruas adjacentes. Mas cito abaixo outros pontos que me atraíram - e uma enxurrada de dúvidas :) - para caso possas me ajudar a identificar possíveis associações à Grand Place no meu único dia em Bruxelas:

1) Palais Royal e Place des Palais
- qto tempo de metrô desde a Grand Place?

2) Palais de Justice
- será que está ainda em obras de conservação? Se positivo, to fora.
- É possível (inclusive na segunda-feira) subir na cúpula?

3) Marolles
- Fora a Feira das Pulgas (que não me interessa), ir lá só pela atmosfera "charmosa", justificaria a visita?
- Ou talvez ir lá à noite por ser um bairro "boêmio"? Ou melhor aproveitar minha única noite na cidade nas redondezas da Grand Place ou em alguma cervejaria?

4) La Bourse de Bruxelles
- é permitido visita? Abre segunda-feira?
- Ou só pelas estátuas externas do Rodin já vale ir até lá?

5) Mont des Arts
- o prédio do Museu dos Instrumentos é particularmente impressionante! Seu interior é igualmente impactante?

6) Igreja Notre Dame du Sablon e Petit Sablon
7) St. Michael and St. Gudula Cathedral
8) Basílica do Sagrado Coração
- se tivesse que escolher uma dessas igrejas para associar à Grand Place (antes ou depois), qual a mais interessante? Entre a 6 e 7, esteticamente me parece ser a 7. Já a 8 é uma basílica…
- levando em conta que depois vou passar uns 5 dias em Paris (onde há tb belíssimas igrejas), vale a pena visitar essas com pouco tempo em BRU e muitas opções?

9) Distrito de Laeken
- Qto tempo de metrô do centro de Bruxelas? Viável ir antes/depois da Grand Place?
- Posso percorrer a pé todas as atrações que destacas no texto ou fica longe uma da outra (vi teu mapa, mas não sei a escala)?
- As estufas são lindas, mas fecham segunda. É possível vê-las por fora?
- Se não dá pra ver tudo de Laeken por falta de tempo, o que sugeres agrupar?

Caso consideres que dá para aproveitar mais de um item acima+Grand Place, por favor me indica quais seriam, mesmo que eu não vá a todos, claro, mas só para eu poder fazer uma nova "peneira" e ir excluindo as possibilidades. Ah, e se souberes que algum está coberto por redes de obras de conservação (às vezes são quase permanentes), prefiro evitar.

Last, but not least:

10) Les Galeries Saint Hubert
- apesar de estarem abertas 24h, me parece que devem ser visitadas de dia porque sua arquitetura é mais valorizada pela luz natural proporcionada pela cobertura de vidro, certo?
- muita falta de noção minha querer visitá-las na terça-feira de manhã antes de pegar o Thalys às 10h18 na Bruxelles-Midi? Apenas pra admirá-las, sem entrar em nenhuma loja? Algo talvez como das 8h às 9h30, já tendo feito o checkout e deixado as malas no storage do hotel ou algo assim?
- se consideras factível visitá-las antes de pegar o Thalys, o mais interessante seria buscar um hotel localizado perto das galerias, não? Antes de pensar nesta possibilidade, eu já pretendia me hospedar entre a Grand Place e a Bruxelles-Central e não perto da Bruxelles-Midi (apesar de ser onde chega o trem de Bruges e de onde sairá o Thalys na terça de manhã) porque, pelo que eu saiba, a região da estação central não é bem frequentada à noite e eu quero poder chegar e sair a pé sem problemas. Concordas?
- se é bom manter essa ideia, qual seria o ponto ideal (ruas/área) para facilitar a minha ida às galerias caso eu embeste de visitá-las antes de pegar o Thalys?

Agradeço muitíssimo por antecipação qualquer ajuda que possas me dar! :)

Daniel Neves disse...

Olá Anônima,

A idéia de fazer Antuérpia - Bruges, Bruges - Ghent e Ghent - Bruxelas não te agradou muito? No fim, seu roteiro será Antuérpia - Ghent (noite em Ghent), Ghent - Bruges (noite em Bruges), Bruges - Ghent (noite em Ghent) e Ghent - Bruxelas, é isso? Ou passará a última noite em Bruxelas?

Só ter certeza do que você fechou, para garantir que nas próximas mensagens não vou embaralhar de novo! :)

Morei 1 ano em Londres, 1 ano em Madrid e 2 meses em Paris, e neste período tive a oportunidade de visitar quase todas as principais cidades da Europa Ocidental e um pouco da Europa Central. Aliás, sou um apaixonado por Europa - desde 2006 viajo todo ano para lá!

Aqui no blog você encontrará bom material sobre Madrid e Suíça, além de um review de restaurantes em Londres. Atualmente estou trabalhando em uma série de posts sobre Praga, para muitos a cidade mais linda da Europa!

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Daniel Neves disse...

Olá Anônima,

Grand Place: Você levará entre 30 minutos e 2 horas para explorar a praça inteira, já considerando uma parada na linda loja da Godiva. Importante visitá-la durante o dia para apreciar a arquitetura, mas sem dúvidas visitá-la à noite é uma das experiências mais espetaculares da cidade;

Manneken Pis: Você não vai levar mais do que 15 minutos para conhecer a estátua e bater as fotos;

Centro Histórico (ruas no entorno da Grand Place): um passeio tranquilo para apreciar arquitetura e visitar as lojinhas de chocolate não leva mais do que 1-2 horas;

Palais Royal e Place des Palais: O metrô Parc (linhas 1 e 5) fica apenas 2 estações da Grand Place;

Palais de Justice: Não sei te dizer se o prédio ainda está em restauração. Até onde sei, a cúpula não é aberta à visitação;

Marolles: Fora a Feira das Pulgas, não acho que valha a pena - valeria se você fosse ficar algumas noites na cidade, para sentir o clima da região. Acho que deve passar sua noite na região da Grand Place;

La Bourse: A entrada é permitida, mas só até o saguão principal. É possível incluir o prédio no tour pelos arredores da Grand Place (dentro das 2hs que marquei acima);

Mont des Arts: o exterior é mais impressionante do que o interior (a não ser que você goste de instrumentoxs musicais, aí a coleção do museu pode ser interessante);

Igrejas: Sem dúvidas a Notre Dame du Sablon é a mais bonita das duas, mas a Basílica é a mais impressionte de todas. Se tiver que escolher apenas uma, que seja a Basílica;

Laeken:
- A partir da Grand Place são 9 estações, cerca de 30 minutos. Uma alternativa é o city tour, que passa por Laeken.
- Caminhando sem pressa, você levará entre 3-4 horas para fazer os quatro pontos que destaquei.
- As estufas só abrem durante um período de 2-3 semanas entre Abril e Maio. É possível ver por fora, mas acho que não dá para ver muita coisa.
- Não sei exatamente quando você viaja, mas observe que 2 das 4 atrações abrem apenas algumas vezes por ano. Laeken é must-see, acho que vale visitar, mesmo que não dê para passar pelas estufas.

Les Galeries Saint Hubert:
- Sem dúvidas durante o dia é bem mais legal.
- A Saint Hubert fica cerca de 300 metros da Grand Place, você pode visitar a galeria na terça de manhã, é um passeio rápido, assim como você pode incluí-la no tour pelo Centro Histórico;
- Sobre hotel, sem dúvidas busquem opções nos arredores da Grand Place, La Bourse e Saint Hubert. Ficar perto de Bruxelles-Central é uma ótima opção.

Das atrações acima, acho que você consegue visitar todas, uma alternativa para ganhar tempo nos deslocamentos é usar a rota vermelha do bus turístico.


Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Anônimo disse...

Olá, Rodrigo, muito obrigada por todas as informações e desculpa a demora em aparecer por aqui, mas eu estava viajando, sem tempo para acessar. Talvez tenha sido bom eu "desligar" um pouco desse assunto porque agora que voltei consigo ver as coisas sobre outra ótica. Fiz algumas modificações nos planos que estão me deixando mais animada: vou a Bruges na segunda-feira porque há menos turistas do que no fim de semana. E como lá minha prioridade é passear ao ar livre, tudo bem se algum local estiver fechado. Por outro lado, passar o domingo em Bruxelas também creio que será melhor porque todas as atrações devem estar abertas e fazer o city-tour com o ônibus turístico deve ser bem mais fluido porque não há tanto trânsito.

Percebi também que não quero ficar pulando de hotel em hotel e que o ideal seria, se não todas em um só local, ao menos duas noites em uma cidade e uma noutra. Resolvi abrir mão de dormir em Bruges e estou agora em dúvida se fico três noites em Ghent ou uma noite em Bruxelas e duas em Ghent. Vejo essas duas opções:

1) Três noites em Ghent:
Sábado: vou de Antuérpia para Ghent, aproveito a tarde e a noite de sábado lá,
Domingo: vou de Ghent para Bruxelas, aproveito lá o dia todo, de manhã faço um city-tour com paradas onde me interessar (não sei se seria melhor fazer pela manhã a linha azul ou vermelha?), volto para Grande-Place, passeio no centro histórico e almoço em algum dos restaurantes das ruas ao redor, depois faço o outro city-tour (linha vermelha ou azul?), final de tarde e início da noite volto para curtir as luzes na Grand-Place e depois sigo para Ghent e ainda passeio um pouco de noite por lá;
Segunda: vou de Ghent para Bruges, passo o dia todo e o início da noite pra ver as luzes da cidade, volto para Ghent e aproveito o resto da noite;
Terça: vou de Ghent para Bruxelas pegar o trem pra Paris. Fiquei tranquila com essa opção de sair de manhã porque o hotel que pretendo ficar no centro de Ghent me assegurou que posso sair às 8h15 pra pegar o trem às 10h13 em Bruxelles-Midi. Ter que deixar o hotel esse horário me parece razoável tendo em vista os benefícios da minha decisão de visitar Bruges na segunda.

2) Uma noite em Bruxelas e duas em Ghent:
Sábado: vou de Antuérpia para Bruxelas, aproveito a tarde para fazer um city-tour com o bus turístico (linha vermelha ou azul?), Grand Place e centro histórico, passando a noite nesses arredores, durmo em Bruxelas.
Aqui tem a possibilidade de eu não fazer city-tour neste dia, ficar apenas na Grand-Place, centro-histórico e aonde dê para eu ir a pé (ou metrô perto)
Domingo: de manhã city-tour no bus turístico com parada onde eu quiser (linha vermelha ou azul, dependendo do que eu tiver feito na segunda ou as duas linhas, caso eu não tiver feito nenhuma na segunda), almoço nos arredores da Grand-Place e em seguida trem para Ghent, aonde eu aproveito a tarde e a noite.
Acho que assim eu teria mais tempo para conhecer Ghent do que na opção 1 pois acho que posso chegar mais cedo na cidade do que o horário que eu chegaria de Antuérpia.
Segunda e terça: igual à opção 1

O que te parece sobre essas duas opções? E qual tua opinião sobre:

1 - para eu conhecer Bruxelas, o melhor aproveitamento é eu passar um dia inteiro conforme opção 1 ou dividir a visita conforme a opção 2?

2 - se for opção 1, qual linha do bus turístico é melhor eu fazer pela manhã e qual à tarde? E seria antes ou depois da Grand Place e arredores?

3 - Se for opção 2, qual linha do bus turístico é melhor eu fazer no sábado à tarde? Antes ou depois da Grand-Place? Ou melhor deixar pra fazer as duas linhas no domingo de manhã e em que ordem?

4 - quais as características dos locais abrangidos pela linha vermelha e pela linha azul? Pois se em função do tempo escasso eu achar cansativo ou pouco aproveitável fazer as duas, vou optar apenas por uma;

5 - ainda sobre o busão: ambas as linhas estão incluídas no mesmo valor de 22E? Onde adquirir o bilhete?

Se puderes me ajudar com tuas opiniões, sempre super úteis, agradeço muito!

Daniel Neves disse...

Olá Anônima,

Dois roteiros muito bons, entendo que a dúvida é passar ou não uma noite em Bruxelas, certo? Caminhar pela Grand Place à noite, visitar as ruelas do centro histórico... Sim, vale a pena!

Para você conhecer Bruxelas, as duas opções propostas funcionam bem.

Observe que o valor do ônibus turístico é de 20 libras, o equivalente a 23 euros. O preço inclui os dois tours. O site com o preço em euros é este: http://www.citysightseeingbrussel.be/. É a mesma empresa.

Recomendo que você compre os tickets online e economize 2 euros por pessoa. Se preferir comprar em Bruxelas, existem alguns pontos de venda espalhados pela cidade, mas o principal fica na Central Station.

A linha vermelha cobre a maioria das atrações que coloquei nas mensagens anteriores, já o tour azul vale apenas por Laeken e Basílica.

Para consultar o itinerário das linhas, https://static.city-sightseeing.com/documents/tours/341.pdf. Abaixo dos mapas você tem as atrações que podem ser visitadas a cada parada.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Geovane Almeida disse...

Olá Daniel Neves,
Parabéns pelo seu Blog, são importantíssimas suas informações.
Em vista disso, gostaria de saber com vc, algumas dicas quanto a minha viagem que irei fazer em Maio/15. Segue o roteiro:
Amsterdam, (01) dia apenas em Bruxelas, Paris, Londres, Portugal, na qual retorno para Amsterdam.
Dúvidas:
O roteiro tá legal?
Onde ficar em Bruxelas?
01 dia dá pra fazer os 02 roteiros que vc cita lá em cima?
Existe trem que sai de Amsterdam/Bruxelas/Paris?
Um hotel com preço acessível que seja apenas para passar uma noite, visto que irei passar todo o dia conhecendo a cidade.
Gostaria de sua ajuda.
Um abraço e mais uma vez, parabéns pelas informações.

Daniel Neves disse...

Olá Geovane,

Apenas para ter certeza que entendi seu roteiro: você ficará 1 dia em Bruxelas, 1 dia em Paris, 1 dia em Londres e 1 dia em alguma cidade de Portugal, retornando para Amsterdam em seguida. É isso mesmo?

Se for isso, só não ficou claro quais são seus planos de deslocamento, em quais cidades você pretende dormir, e quais cidades será apenas um bate-e-volta.

Também não ficou claro o que você quer dizer por "02 roteiros". Este post tem um roteiro de 3 dias em Bruxelas e 1 dia em Bruges. No seu caso, você terá que avaliar quais atrações são mais imperdíveis para encaixar no único dia que terá na cidade.

Respondendo sua primeira pergunta, achei um roteiro bem puxado, são deslocamentos grandes, que implicam em horas dentro de um trem ou avião. E assumindo apenas 1 dia em cada cidade, a viagem será corrida, e você terá pouco tempo para aproveitar cada cidade, o que é uma pena.

Por exemplo, entre fazer um bate-e-volta em Paris e outro em Londres, eu escolheria uma das duas cidades e passaria 2 dias, você vai aproveitar bem mais.

Para a escolha do hotel, recomendo que você dê uma olhada no booking.com. Além de uma lista atualizada de hotéis, é possível consultar as opiniões de quem já ficou hospedado, saber o que é bom, saber quais hotéis são roubadas. Temos uma parceria com eles, você consegue fazer a reserva aqui pelo site, tudo simples e rápido.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Geovane Almeida disse...

Olá Daniel,
Desculpe a minha falta de atenção e explicação quanto as informações que te passei acima.
Na realidade, não estava nos meus planos de roteiro ficar em Bruxelas, uma vez que, vi e lí o seu blog e achei super interessante os seus comentários sobre a devida cidade, então resolvi dá uma paradinha lá!.
Todos os países na qual eu irei, passarei 3 dias, salvo Bruxelas, que pretendo passar apenas um dia lá, pernoito e no final da tarde seguinte, vou para Paris, onde sacrifiquei um dia, ficarei apenas 3 (antes iria ficar 04 dias), e assim por conseguinte.

Quando falo de 2 roteiros seus, imaginei podendo fazê-los em apenas um dia em Bruxelas, mas percebo que não será possível, então vou tentar apenas sentir o clima da cidade mesmo, e tentar aproveitar os pontos turísticos o quanto puder.

Fiquei com dúvidas sobre localização de hotel em ponto estratégico em Bruxelas, mas como vc menciona, vou procurar algum no Booking.



Forte Abraço!

Daniel Neves disse...

Olá Geovane,

Agora eu entendi! São 3 dias em Paris, Londres e Amsterdam, e 1 dia em Bruxelas. Obrigado por explicar, assim posso te responder melhor.

É possível fazer um roteiro de 1 dia em Bruxelas, é claro que você não terá tempo de fazer tudo o que está aqui, mas acho que poderá aproveitar bem a cidade.

Como sugestão inicial, veja na seção Comentários algumas mensagens que troquei com uma leitora aqui do blog, temos algumas propostas para um roteiro de 1 dia em Bruxelas.

O segredo, na minha opinião, é usar o ônibus turístico para ganhar tempo nos deslocamentos. Bruxelas é uma delícia para quem gosta de caminhar, mas dá para ver bastante coisa em apenas 1 dia.

Se precisar de alguma ajuda mais pontual, dê uma olhada em cada atração e me diga o que gostaria de fazer, posso tentar te ajudar a elencar as mais importantes.

Sobre hotel, até posso te indicar os que fiquei hospedado, mas já faz tempo, seria uma injustiça com outros hotéis, por isso recomendei que você buscasse informações no booking.com.

Legal você ficar na região da Grand Place ou da estação Bruxelles Midi, onde chega o trem Eurostar vindo de Londres.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Talita Fogaca disse...

Olá Daniel! Adorei as dicas, as melhores até agora sobre a Bélgica. Vou para a Alemanha agora em dezembro e logo depois do natal para Bruxelas e Bruges. Você sabe me dizer como a cidade funciona nessa época do ano (entre natal e ano novo) e nos finais de semana? Muito obrigada. Abraço

Daniel Neves disse...

Olá Talita,

Funciona quase como o restante do ano. Os ônibus turísticos e atrações gratuitas funcionam normalmente, assim como Autoworld e Atomium, que abrem inclusive nos dias 25 e 1.

O Mini-Europa abre nos dias 24 e 31, mas fecha nos dias 25 e 1. Eles também fecham entre o começo de Janeiro e meados de Março - saiba mais aqui: http://www.minieurope.com/en/practical/opening-hours

Outras atrações ficam abertas apenas alguns meses no ano, como o Castelo Real de Laeken e as Estufas Reais de Laeken.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

juliana disse...

Daniel,
Olas. Como vi que você é super atencioso, gostaria de uma ajuda. Eu e uma amiga vamos passar uma semana em Amsterdã, e optamos ir para Bruxelas e Bruges.
Chegamos num domingo na hora do almoço em Amsterdã e a idéia é ir direto para Bruxelas. Depois acho que gostaria de dormir em Bruxelas e curtir o dia lá. Na terça de manha, penso em ir para Bruges e no final de tarde voltar para Amsterdã, direto. O que você acha? Devo fazer Bruges direto para Amsterdã, ou dormir mais uma noite em Bruxelas? E as malas, o que faria na primeira opção? Você acha que é tempo suficiente? Pode me explicar a história dos trens? Nao consigo compreender qual é a melhor estação e nem como funciona o trem que tem horário livre nessas cidades. Muito obrigada e espero a sua ajuda.
Abraços

Daniel Neves disse...

Olá Juliana,

Vocês pretendem passar 1 dia inteiro em Bruxelas e fazer um "bate-e-volta" em Bruges. Um roteiro um pouco corrido, mas não vejo problemas, dá para fazer sim. Apenas faça bem a programação a partir dos horários dos trens.

Sobre os trechos: dá para fazer Amsterdam - Bruxelas em cerca de 2 horas, seja na ida ou na volta, via Thalys. Já entre Amsterdam e Brugges é necessário fazer uma conexão em Antuérpia, e a viagem leva pouco mais de 3 horas. Por fim, o trecho Bruxelas - Bruges é uma viagem de pouco mais de 1 hora.

Como dá para perceber, em relação aos tempos de viagem, as duas opções que você sugeriu são mais ou menos equivalentes. Entendo que a questão está nas malas - eu não sei quantas coisas vocês levarão, se o deslocamento com as malas será fácil ou não.

Tendo a achar que usar Bruxelas como "base" para duas noites seria o mais recomendado, assim vocês podem fazer Bruges com tranquilidade, sem ter a preocupação das malas, como transportar, onde deixar.

Sobre seu questionamento dos trens, peço desculpas, mas acho que não entendi. Sua dúvida está em qual a melhor estação em Bruxelas, é isso? Se sim, os trens que chegam de Amsterdam param em Brussels-Midi.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Lenira Valadão disse...

Não tem um ônibus turístico que faça paradas em Roterdam e na Antuérpia no caminho de Amsterdam para Bruxelas? É que eu queria aproveitar a viagem e pelo que eu entendi o trem não faz pit stop nessas cidades...
se alguém poder me esclarer, agradeço!

Daniel Neves disse...

Olá Lenira,

Eu não conheço nenhum roteiro turístico via trem entre Amsterdam e Bruxelas, se alguém por aqui puder ajudar, agradeço.

Agora, nada impede que você faça paradas nas duas cidades - dá para fazer Amsterdam - Rotterdam entre 37 minutos (via Thalys) e 1h10 (via trem convencional), depois Rotterdam - Antuérpia (32 minutos via Thalys) e finalmente Antuérpia - Bruxelas (1h via Thalys e 2hs via trem convencional).

São 3 viagens, portanto você teria que comprar 3 tíquetes, planejando os horários de saída de acordo com seus planos de permanência em cada cidade.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Denise disse...

Olá Daniel, adorei suas dicas! Eu e minha filha estamos planejando viajar dia 25/03 e retornar dia 05/04. Em nosso roteiro, gostaríamos de incluir, Amsterdam, Luxemburgo, Bruges, Bruxelas e Gent. Não sei se é pouco tempo para fazermos todos esses lugares. Pretendo iniciar a viagem em Amsterdam e pensei em fazer a viagem de carro. O que você acha? E quais lugares você acha que seria interessante ficar como ponto estratégico para fazer bate-volta para alguma outra cidade? Tem mais alguma outra cidade nessas regiões que você sugere que nos possamos conhecer? Agradeço desde já.

Daniel Neves disse...

Olá Denise,

Para um roteiro de 10 dias inteiros (sem considerar 25 e 05, já que não sei quanto tempo você terá), acredito que você selecionou as principais cidades entre Amsterdam e Bruxelas.

Eventualmente você pode avaliar uma rápida parada em Utrecht ou Antuérpia, mas tudo depende do tempo que vocês pretendem ficar em cada local.

Não acho que você precise pensar em cidades-base para fazer bate-e-volta, pode passar por cada cidade, passar o tempo que achar necessário, pernoitar e dirigir até a seguinte.

Vamos assumir que você passe 2 dias em Amsterdam, algo razoável. De lá, são 250km até Bruges, onde vale a pena ficar entre 1 e 2 dias. Em seguida são apenas 50km até a belíssima Ghent, onde dá para ficar entre 1 e 2 dias; mais 60km até Bruxelas, onde o ideal são entre 2 e 3 dias. Fechando está Luxemburgo, um trecho de mais de 200km.

No caso do primeiro trecho, você pode avaliar um pit-stop em Antuérpia (160km de Amsterdam) antes de seguir viagem para Bruges. Caso opte por reduzir a estadia em cada cidade, dá para pensar em incluir Utrecht, na Holanda.

Entre Bruxelas e Luxemburgo confesso que não tenho muito conhecimento das cidades, olhei nos mapas e me pareceram locais pacatos, pequenos e simpáticos. Aqui vale o manual do turista curioso: gostou, dá seta para a direita e encosta o carro, muitas vezes são essaa cidades que nos reservam os passeios mais gostosos.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Anônimo disse...

olá, chego em Bruxelas dia 12/3 no meio da tarde e vou embora no dia 14/3 muitíssimo cedo. terei apenas o dia 13/3 praticamente para conhecer Bruxelas. Quais o lugares que devo conhecer??? Podes me ajudar???? vou ficar no aguardo do seu retorno. Obrigada. Luciana

Daniel Neves disse...

Olá Luciana,

Vou assumir que você terá umas 3 horas no dia 12 e o dia todo em 13 para Bruxelas.

Definir o que ver depende muito do seu gosto, por exemplo não sei se você gosta de carros antigos, de parques de miniaturas.

O que eu posso dizer que é IMPERDÍVEL, de acordo com as categorias que criei aqui no post: Grand Place, City Tour, Mini-Europa e Laeken.

O Autoworld é bem legal, mas tem gente que não gosta de ver carros (normalmente é mais um passeio mais para "meninos"), a Basílica depende se você gosta de igrejas, e o Atomium pode ser tranquilamente visto do lado de fora.

Para facilitar seu deslocamento entre as atrações e ganhar tempo, recomendo que avalie com carinho o ônibus turístico. O link para o site do ônibus está no post do city tour.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Unknown disse...

Fala grande Daniel !!!! Perfeitas dicas e colocações, sabe tudo!!!!!

Tenho uma dúvida. Farei a Costa Azul passando por Monte Carlo, Saint-Tropez, Cannes e terminando em Marseille. Depois, ir para Annecy + Genebra ou Bruxelas + Bruges..... Que me diz???? Se for para Annecy, pegarei voo direto de Marseille até Lyon e seguirei o restante de carro até chegar na Genebra. Ou no segundo caso, de Marseille ir direto para Bruxelas e conhecer Bruges, por favor, dê sua opinião.

Abraços e obrigado!!!!

Anônimo disse...

Oi Daniel!
Adorei suas dicas! Vou passar 15 dias entre Amsterdan e Paris, passando por Bruxelas, Bruges e Ghent. Tinha pensando ficar 3 dias em Amsterdan, 3 em Bruxelas ( sendo 1 dia um bate e volta até Ghent) , 1 em Bruges (dormindo lá) e o restante em Paris. Qual seria o melhor roteiro para sair de Amsterdan de trem? Primeiro Bruges ou Bruxelas? Obrigada! Abraços!

Paula Azevedo disse...

Olá Daniel,

Parabéns pelo ótimo blog.

Estarei fazendo o seguinte roteiro em agosto:
02-06 - Amsterdam
06-10 - Bruxelas/ bruges
10-15 - Paris.

Sugere algo em Bruxelas para quem ficará 4 dias (descontando meio dia para ir e meio dia para sair e chegar em Paris) ?

Daniel Neves disse...

Olá Paula,

Este post tem um roteiro de 2 dias em Bruxelas e um dia adicional em Bruges, entendo que nossos reviews podem te ajudar muito com as dicas que precisa. Cada imagem é um link para outro post com detalhes de cada roteiro, é só clicar e viajar com nossas dicas. E espero que nosso material te agrade e te ajude na sua viagem!

Sobre os hotéis, no canto superior direito do blog há um link que te leva diretamente para a página do booking.com, é só colocar a cidade e as datas, que o booking fará todo o resto para você.

O preço é o mesmo se você contratar diretamente pela página deles, a única diferença é que eles repassam uma parte da comissão deles para o blog, um "agradecimento" pela indicação via blog.

Precisando de alguma coisa, é só perguntar! Se eu souber, ficarei feliz em ajudar!

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Anônimo disse...

Prezado Daniel Neves,

Boa tarde.
Viajarei para Bélgica em outubro/2015 com minha esposa.
Será nossa 5ª vez na Europa e temos o hábito de fazer um país por viagem.
Ficaremos 15 dias na Bélgica.Li diversos comentários seus e gostaria de saber se além das 04 cidades tradicionais(Bruxelas,Antuérpia,Ghent e Brugges) se haveria mais alguma que valesse a pena conhecer.A ideia é ficar uns 04 ou 05 dias em Bruxelas e depois alugar um carro para rodar o resto das cidades.
A divisão dos dias restantes você sugere que seja feita de que forma.Existe alguma cidade que seja mais interessante que a outra.
Desde já agradeço pela sua atenção.

Caroline Hermann disse...

Olá, qual a melhor forma para ir de trem de Amsterda para Bruxelas? Saindo dia 4/9 após o meio dia.

Ana Laura Visentini disse...

Olá. Tenho um blog sobre a Bélgica. Nele, conto minhas experiências sobre a terra da Cerveja e do Chocolate. Vale conferir: http://altobaixobe.blogspot.be/

Anônimo disse...

Olá Daniel, meu nome é Carlos. No dia 11 de Dezembro eu vou para Europa com a minha esposa e um casal de amigos. Vamos direto para Praga, onde ficaremos 4 dias. Depois vamos para Amsterdã, onde ficaremos 3 dias. No dia 19 de Dezembro chegaremos em Bruxelas de avião. Ficaremos na Bélgica até o dia 25 de Dezembro, quando iremos partir para Paris. Eu desde pequeno gosto da Bélgica. Só agora depois de adulto é que vou realizar o meu sonho de conhecer o país. Quero muito conhecer as cidades de Bruxelas, Antuérpia, Gent e Bruges. Ainda não tenho o roteiro da Bélgica definido. Acredito que o tempo seja suficiente para montar um bom roteiro. Gostaria da sua ajuda nesse sentido. Quero conhecer essas cidades e se possível outras tb. Como estaremos em 4 pessoas, será que vale a pena alugar um carro? Desde já agradeço pela sua ajuda! Abraços

Luuxo De Oro disse...

Daniel, parabens pelos posts

Preciso de uma indicação de guia e, Bruxellas que fala portugues

MÁRCIA LÍVIA CÂMARA disse...

Gente, para quem quer viajar de Bruxellas para outros países aqui da Europa, como Paris, Amsterdam... tem uma ótima opção. Existe uma empresa que se chama FliXBus. Muito econômica a viagem e eu acho que vale a pena. Estou fazendo um roteiro, de Amsterdam/Bruxellas/Paris e voltando para a Alemanha. Adorei e agora não quero outra coisa. rsrsrs Para quem está de passeio, dê uma olhada na Internet e pesquise essa empresa. Abraços e boa viagem a todos!

Lidiane Albuquerque disse...

Olá Daniel, ótimo post e quantos comentários, e muita atenção sua a todos ! Parabéns !
Bom, estou indo para Bruxelas por 6 dias e passarei a noite de Natal aí, já reservei o hotel em Bruxelas para os 6 dias (de 21/12 a 27/12) mas pensei ficar 4 dias em Bruxelas e tirar outros 2 dias pra fazer um bate volta a alguma outra cidade, mas ainda não consegui me decidir por qual ... Alguma sugestão ? :) Outra dúvida é sobre a noite de Natal, vc teria uma sugestão de restaurante para eu passar com meu marido ?
Desde de já, obrigada pela atenção,
Lidiane Albuquerque

Anônimo disse...

Parabéns por tanta informação, Daniel estarei em Bruxelas no inicio de dezembro ficareis uns 5 dias irei a bruges 1 dia, depois vou para amsterdan, mais uns 5 dias, caro amigo qual cidade da Alemanha proximo a Belgica ou Amsterdam voce recomendaria para conhecer em 1 ou 2 dias, sendo que irei de trem? ouvi falar de Aachen, o que voce me indicaria se fosse vc? obrigado e continue postando mais curiosidades das suas viagens! meu nome é Rogério Fernandes e moro em São José do Rio Preto-SP

Paulo disse...

Que legal este post. Eu peguei alguns lugares neste site quando visitei Bruxelas neste ano. Dá uma olhada: http://porqueviajar.com.br/bruxelas-em-um-dia/

Purpurine Lira disse...

Ola Daniel! Preciso da sua ajuda, estou saindo de Amsterdam dia 17 de Abril pela manhã, e gostaria de passar em algum lugar antes de seguir para Paris, oq me indica? Pensei em Brugges, mas como vi que não tem trem direto e que Brugges a noite é ´mortinha`, pensei em ir por Bruxelas, ficar o dia 17 em Bruxelas e partir cedo para Brugges no dia 18 (bate e volta), dia 19 rodar mais um pouco por Bruxelas e por volta das 16h ir para Paris, oq acha?
Obrigada desde já! :D

Anônimo disse...

Olá Daniel, boa noite. Parabéns pelo seu post. Estou pretendendo ir à Europa e gostaria de sua opnião: Minha programação inicial seria: 09/09/2016 a 27/09/2016, sendo: 02 dias em Amsterdam, 05 na Bélgica, 02 em Paris, 04 na Suíça e 04 na Áustria. O período que escolhi é bom para ir a estes locais? Me recomendaria outra programação? Conto com a sua ajuda.
Marcelo

cris disse...

Olá Daniel , gostaria de ir pra bruxelas mais não sei nem por onde começar poderia me ajudar quero uns 5 dias o que me aconselha a fazer ?

Daniel Neves disse...

Olá Cris,

Neste post você tem um roteiro de 3 dias em Bruxelas, e 1 dia em Bruges. Me parece um ótimo começo para planejar a sua viagem, separei as atrações de cada dia conforme a proximidade, para facilitar os deslocamentos e otimizar o tempo. Se tiver dúvidas, e só perguntar!

Um abraço!

Anônimo disse...

Olá, Estarei vindo de Paris dia 17/11 ficando um dia em Bruxelas, e dia 18/11 irei para Amsterdã,gostaria de saber se seria possível visitar Bruges e Bruxelas no mesmo dia? Até Priscila

Daniel Neves disse...

Olá Priscila,

Não recomendo. Para fazer as duas na correria, você precisaria pelo menos 1 dia em cada uma.

Agora, depende do que pretende visitar - se a sua ideia for fazer apenas o centrinho de Bruxelas (Grand Place, Manneken, Palais Royal, Notre Dame du Sablon, Saint Hubert, etc), e ainda mesmo ganhar tempo com o ônibus turístico, aí dá tempo de "conhecer" Bruxelas de manhã e passear por Brugges à tarde.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Luiz Antonio disse...

Olá Daniel. Primeiramente parabéns pelo Blog. Vou fazer um bate e volta a Bruxelas em Novembro, vhegando e saindo da Brussels Midi, e me interesso em visitar a Grande Place, o Atomium, a Basílica Nacional em Koelkenberg e, se der tempo, o Parque do Cinquentenário. Tenho cerca de sete horas para fazer isso. Considerando que tomarei transporte público, qual seria o melhor ordenamento das atrações para que eu possa ganhar tempo? Outra coisa, uma visita ao interior do Atomium dura aproximadamente quanto tempo? Antecipadamente agradeço.

Daniel Neves disse...

Olá Luiz Antonio,

É bem corrido, mas dá para fazer tudo em 7 horas. Já que você terá pouco tempo e já tem a lista de atrações bem definidas, minha sugestão é deslocar-se de metrô. Segue uma sugestão de roteiro:

- Chegando em Brussels Midi, pegue o metrô em Gare du Midi, a linha 4 (rosa) sentido norte te deixa em De Brouckère, onde está a Grand Place;
- Em De Brouckère, pegue o metrô novamente, a linha 5 (amarela) sentido leste, até a estação Schuman. Lá fica o Parque do Cinquentenário;
- De Schuman, tome a linha 5 no sentido oeste, desça em Beekkant, e de lá pegue a linha 6 (azul) sentido norte, e desça em Simonis. Lá fica a Basílica de Koekelberg;
- Para fechar, tome o metrô em Simonis, linha 6 (azul), sentido norte até Heysel. Lá fica o Atomium;
- Para voltar a Brussels Midi, basta tomar o metrô em Heysel, linha 6 (azul), sentido sul e descer em Gare du Midi.

O tempo de visita no Atomium depende do seu interesse pela construção, pelas exposições. Se for apenas para subir, caminhar entre as seções e tirar fotos da vista, 30-45 minutos são suficientes. Se quiser ver as exposições, inclua mais 30 minutos.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

ANDRE CORDEIRO DE ARAUJO Araujo disse...

ola Daniel qual a melhor rota pra ir para Bruxelas

Postar um comentário

Pesquisar no Blog

Guias de Viagem


Álbuns de Fotos

Instagram


Anuncie no Viajante Comilão




Você gostou do blog? As dicas de viagens e reviews de restaurantes foram úteis para ajudá-lo(a) a planejar sua viagem?

O Viajante Comilão é um serviço 100% gratuito. Se você gostou do nosso serviço, ajude o blog a continuar seu trabalho: o link abaixo direciona para o site do PayPal, um serviço 100% seguro para que você possa fazer uma doação para o blog, usando seu cartão de crédito.

Contamos com sua contribuição. Obrigado!


Payments By PayPal