sábado, 10 de agosto de 2013

Dicas da Suíça: Trem GoldenPass Lucerna - Interlaken


Lungern

Rápido, limpo, confortável e sempre pontual, o trem é o principal meio de transporte da Suíça. Pequeno em extensão territorial (equivalente ao estado do Rio de Janeiro), o país possui uma impressionante malha ferroviária com mais de 5 mil km de extensão – são incríveis 118,12 metros por km², a segunda maior do mundo (atrás apenas da República Tcheca, com 122.13, e infinitamente superior aos medíocres 3,35 do Brasil), 824 estações e mais de 300 milhões de passageiros transportados todos os anos.

Lucerna e Interlaken são duas das cidades mais lindas e espetaculares da Suíça. Distantes 50 minutos de trem das imperdíveis Zurique e Berna, respectivamente, são lugares que representam a essência de tudo o que é possível encontrar na Suíça: casinhas de madeira centenárias, vaquinhas com sininho no pescoço pastando tranquilas e lagos com água azul turquesa, tendo como plano de fundo o fantástico cenário panorâmico alpino. Além de serem duas cidades obrigatórias no roteiro de todo(a) turista que visita a Suíça, Lucerna e Interlaken são conectadas por um dos passeios de trem mais bonitos do mundo.


“Brünig Pass” serpenteando o Lungernsee

Além dos trens regulares da SBB CFF FFS (a companhia ferroviária do país), a empresa GoldenPass Line opera uma rota turística entre as duas cidades, que percorre os 74 km do passeio via “Brünig Line” em exatas 2 horas. Os vagões chamados “Panoramic” são espaçosos, confortáveis, silenciosos e com janelas gigantes que permitem uma visão privilegiada dos 21 vilarejos, 10 paradas, 4 lagos (Vierwaldstättersee, também conhecido como o Lago Lucerna; Sarnensee, Lungernsee e Brienzersee) e muitas paisagens de cartão-postal.

Entre Lucerna (450 metros de altitude) e Giswil (485 metros de altitude), a viagem é praticamente plana. A partir de Giswil o trem inicia uma subida constante, serpenteando pelas montanhas passando por Kaiserstuhl (700 metros) e Lungern (752 metros). Para vencer os 3 km quem separam Lungern de Brünig-Hasliberg (1002 metros), o ponto mais alto da viagem, com inclinação média de 12%, entram em ação as tradicionais cremalheiras (em descidas e subidas muito íngremes, vários trens têm uma terceira "roda", que é uma engrenagem que se conecta com um trilho especial dentado, que dá a tração para o trem).


Vilarejo com degelo ao fundo

O trajeto entre Brünig-Hasliberg (1002 metros de altitude) e Meiringen (595 metros) é uma descida íngreme com quase 4 km de extensão, e novamente as cremalheiras são necessárias para vencer os cerca de 400 metros de altitude. De Meiringen até Interlaken Ost (568 metros) o passeio volta a ser plano.

O trajeto também pode ser feito de carro, pela “Brünig Pass”, muito procurada por motociclistas pelas curvas e por ciclistas pelas subidas e descidas. Veja a altimetria completa do percurso aqui: http://en.wikipedia.org/wiki/File:Profil_Luzern-Interlaken_Ost.png.


Trem a caminho de Lucerna, passando por Lungern

Saindo de Lucerna, as duas primeiras paradas ficam aos pés de 3 das principais montanhas dos Alpes Suíços, muito procuradas por turistas e praticantes de esqui. A partir do pequeno vilarejo de Hergiswil (10 minutos de viagem), às margens do Lago Lucerna, é possível subir o Monte Stanserhorn, famoso pelo teleférico Cabrio, de dois andares e com a parte superior aberta, ou pegar outro trem até Engelberg e de lá o teleférico até o Titlis (3020 metros de altitude). A segunda parada é em Alpnachstad (16 minutos), principal rota de acesso ao Monte Pilatus, de onde parte o bondinho mais íngreme do planeta, com incríveis 48% de inclinação.

A terceira parada é na pitoresca Sarnen (23 minutos), capital do cantão de Obwalden, espalhada por uma encosta de montanha por cima de um prado repleto de árvores, às margens do Sarnensee e aos pés do Monte Langis, de onde partem bondinhos e teleféricos para 12 montanhas dos Alpes. A cidade é habitada desde a idade da Pedra Antiga e da Idade do Bronze, como demonstram vestígios encontrados no vale de Sarnen.


O segredo do chocolate suíço

Os vilarejos de Giswil (34 minutos), Kaiserstuhl (41 minutos) e Lungern (48 minutos), no coração dos Alpes, são muito procurados pelos suíços como estâncias balneares no Verão e de esqui no Inverno. Localizados num vale, a visão a partir do trem é de um mirante em movimento que revela casinhas de madeira, um belo lago de água esmeralda (mas que também pode ser azul turquesa, dependendo da incidência de luz) que perde-se no horizonte, pastos com as tradicionais vaquinhas suíças, água de degelo escorrendo pelas pedras formando cascatas, florestas exuberantes e sequências de cadeias de montanhas. A cada momento revelam-se novas surpresas, novos ângulos. Na opinião deste blog, um dos cartões-postais do passeio e que provavelmente renderá as melhores fotos da viagem.


Giswil

Chegou a hora de subirmos até Brünig-Hasliberg (1 hora de viagem). Não fosse a vasta floresta à direita, certamente a visão panorâmica do vale seria sensacional, mas como as árvores estão altas, será difícil ver alguma coisa lá embaixo. Aproveite a subida pela janela, com sorte você poderá cruzar com um urso pelo caminho.

A descida até Meiringen (1h17 de viagem), penúltima parada da viagem, provavelmente revelará um pouco da paisagem, mas sem dúvidas a parte mais divertida é acompanhar a composição descendo o vale como se fosse um carro engatado. Localizada num cotovelo e rodeada de montanhas, Meiringen é um destino famoso pela cachoeira Reichenbach (250 metros), cenário da morte presumida de Sherlock Holmes no livro “The Final Problem” – aliás, o pequeno vilarejo possui um museu dedicado ao personagem de Sir Arthur Conan Doyle. Meiringen também é conhecida por supostamente ter criado o merengue.


Casinhas em Lungern

Como Meiringen é ponto final, não uma estação de passagem, a locomotiva acoplada à frente da composição precisa ser desconectada, manobrada e levada para o final da composição, onde será reconectada para seguirmos viagem até Interlaken. É estranho, mas é a única maneira do trem seguir viagem, já que não existe espaço para manobrar todos os vagões.

A última parada antes de Interlaken Ost é Brienz (1h39 de viagem), uma espécie de península com casinhas de madeira, muitas das quais centenárias, cercada pelas águas de cor azul turquesa do Lago Brienz e com a fiel companhia dos Alpes dos dois lados. Completam a paisagem os barquinhos milimetricamente parados no lago como se estivessem posando para as fotografias. Para muitos, uma das paisagens mais cênicas da Suíça. Se o paraíso realmente existe, com certeza foi inspirado em Brienz.


Brienz

Brienz também é famosa pelo Freilichtmuseum Ballenberg, um vasto museu ao ar livre de 66 hectares e que é composto por cerca de 100 edifícios rurais históricos, desde simples chalés alpinos a explorações agrícolas inteiras com muitos animais. As construções, de madeira, pedra ou tijolo, vieram de várias regiões suíças e todas foram salvas da demolição, tendo sido cuidadosamente removidas e reconstruídas no local. No interior destas casas o mobiliário é também o original. Vale a visita.

O destino final do GoldenPass Panoramic é Interlaken. Separe pelo menos 2 dias na cidade, o primeiro para desfrutar este vilarejo encantador, cercado por montanhas e localizado entre os Lagos Brienz e Thun, e o segundo para subir o Monte Jungfrau (3454 m), conhecido como “Top of Europe” (onde fica a mais alta estação de trem da Europa) e famoso por ter neve o ano todo (é possível esquiar até no verão). Para saber mais sobre Jungfrau, acesse http://www.viajenaviagem.com/2011/09/de-interlaken-ao-top-of-europe-pela-jungfraubahn/.


Brienz

De Interlaken você também pode seguir viagem até Berna (via SBB) ou pegar o trem GoldenPass Classic com destino a Montreux (baldeação em Zweisimmen), na Suíça francesa, um trajeto que pode ser percorrido em 3 horas. São 8 trens diários, 2 dos quais usando vagões Pullmann, que pertenceram à Orient-Express. Para saber mais sobre o GoldenPass Classic, acesse http://www.viajenaviagem.com/2011/09/golden-pass-line-parte-1-de-montreux-a-interlaken/.

Importante 1: No trajeto entre Interlaken e Lucerna as paradas são as mesmas. Seguem os tempos de viagem, para que você possa orientar-se durante o passeio: Brienz (18 minutos de viagem), Meiringen (31 minutos), Brünig-Hasliberg (52 minutos), Lungern (1h05), Kaiserstuhl (1h12), Giswil (1h21), Sarnen (1h34), Alpnach (1h41) e Hergiswil (1h49).

Importante 2: É possível fazer os dois trechos da Golden Pass Line com o Swiss Pass, desde que se viaje nos vagões convencionais. Para viajar nos vagões panorâmicos é necessário fazer reserva e pagar suplemento.


Vagão "Panoramic" e seus janelões

Horários de partida dos trens:
- A partir de Lucerna: de hora em hora, das 06h55 às 19h55 (trens panorâmicos às 07h55, 09h55, 12h55, 14h55, 17h55 e 19h55);
- A partir de Interlaken: de hora em hora, das 07h04 às 19h04 (trens panorâmicos às 07h04, 10h04, 12h04, 15h04 e 17h04).

Para reservas e mais informações, acesse o site do GoldenPass Line: http://www.goldenpass.ch/en/goldenpass/offer/view?id=14

O álbum completo de fotos do passeio entre Lucerna e Interlaken pode ser acessado na página do Viajante Comilão no Facebook - http://www.facebook.com/OViajanteComilao.

Dicas do Viajante Comilão:
- O blog “De Mochila as Costas” fez um post bem legal sobre os Alpes Suíços, vale ler e principalmente deliciar-se com as fotos! Segue o link: http://viajardemochilaascostas.blogspot.com/2012/09/alpes-suicos.html

- O blog “Passeando pela vida...” percorreu os vilarejos alpinos de moto, cruzando toda a Suíça alemã e terminando na Suíça francesa, As fotos são espetaculares! Seguem os links da viagem:

Link 1: http://passeandopelavida.com/2012/10/09/25-passeando-ate-a-suica-2012-o-vale-lauterbrunnen-e-grinderwald/
Link 2: http://passeandopelavida.com/viagens-passadas/2012-2/v-paseando-ate-a-suica-2012/

30 comentários:

Anônimo disse...

Perfeito!!!! Parabéns!!! Me ajudou e muuuito!!!

Sandracm disse...

Olá, somando os tempos entre todas as paradas entre Lucerna e Interlaken, deu um total de quase 11 horas. Mas tanto no Rail Europe quanto no site SBB, o tempo de percurso é de aprox. 1:50 h. Pode me detalhar qual é a diferença? Não pretendo ficar parando em cada estação, quero ir direto para Lucerna.
Mais uma dúvida: No Rail Europe a passagem está um valor muito alto. Consigo comprar a passagem na estação de Lucerna para Interlaken sem comprar com antecedência? Ou corro o risco de não conseguir fazer o trajeto?

Preciso usar o Golden Pass para fazer esse trajeto Lucerna-Interlaken?

Depois de Interlaken, queremos ir de trem para Paris. Pode me ajudar a encontrar a melhor tarifa? No Rail Europe só tem a segunda classe flexível num valor absurdo!

Muito obrigada! Se puder me ajudar, por favor me envie um e-mail! sandra.marchesano@terra.com.br

Daniel Neves disse...

Olá Sandracm,

Não entendi quando você disse "somando os tempos entre todas as paradas entre Lucerna e Interlaken, deu um total de quase 11 horas", a viagem entre as duas cidades dura 1h50.

Talvez a confusão esteja no tópico que lista os tempos de viagem em cada estação:

"Brienz (18 minutos de viagem), Meiringen (31 minutos), Brünig-Hasliberg (52 minutos), Lungern (1h05), Kaiserstuhl (1h12), Giswil (1h21), Sarnen (1h34), Alpnach (1h41) e Hergiswil (1h49)."

Se sim, estes tempos representam a duração da viagem desde a origem até a estação especificada - por exemplo, o trem demora 52 minutos de Lucerna até Brünig-Hasliberg, 1h34 de Lucerna até Sarnen, e assim por diante. Isso é apenas para orientar sua viagem, já que em alguns trechos existem atrações que, caso você esteja no GoldenPass, valem a pena ser fotografadas.

Não sei o preço que você obteve no site da RailEurope, fiz algumas pesquisas no site sbb.ch (site oficial de venda de passagens de trens na Suíça) e os trechos custam CHF 15,50. É o mesmo preço que você encontrou?

Comprar a passagem direto em Lucerna é possível, existe o risco (pequeno) de você não ter disponibilidade nos horários de maior movimento, mas como os trens saem a cada hora, se isso ocorrer você pode tentar o horário seguinte.

Sobre o trecho Interlaken - Paris (conexão em Basel), fiz algumas simulações no site da sbb, o valor é realmente alto. Encontrei trechos a partir de CHF 102.

Espero que estas informações sejam úteis. Um abraço!

Branca Castro disse...

No site do goldenpass, a passagem do trem do chocolate, entres as opções, tem duas que me fez ficar em dúvida:TdC Abo 1/2, enfant, groupe e TdC Abo 1/2, enfant, groupe.
Como somos 10 pessoas, qual devo adquirir?
Branca

Daniel Neves disse...

Olá Branca,

Entrei no site da GoldenPass e simulei a reserva entre Montreaux e Broc para 10 pessoas.

Para cada assento selecionado, o sistema uma linha abaixo com 4 colunas: Extra 1 (TdC GA 2nd cl., Swisspass 2nd cl.), Extra 2 (TdC GA 1st cl., Swisspass 1st cl.), Extra 3 (TdC adult) e Extra 4 (TdC Abo 1/2, children, group).

Esta é a mesma tela que você vê? Este é o mesmo resultado? Se sim, está certo - basta selecionar o tipo de ticket para cada assento.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Ime disse...

Parabéns pelo seu blog muito bem elaborado. Somos 10 pessoas e quais os melhores lugares para pernoite na Suíça? Queremos entrar por Zurique, fazer os passeios de trem panorâmico mais importantes, temos 6 dias, e vale a pena o Swisspass? Interlaken, Berna, lucerna tb e qual o melhor roteiro e quantos dias? Qual o bate-volta mais proveitoso?

Daniel Neves disse...

Olá Ime,

Como vocês terão 6 dias na Suíça, sugiro que olhem este roteiro de 5 dias cobrindo Zurique, Lucerna, Interlaken e Berna, espero que seja útil: http://oviajantecomilao.blogspot.com/2014/04/roteiro-de-viagem-5-dias-de-trem-pela.html

Vocês podem facilmente adaptar este roteiro para 6 dias incluindo um dia a mais em Zurique ou Berna.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Anônimo disse...

Nessas cidades entre Intelaken e Lucern vale a pena parar e comer?

Daniel Neves disse...

Olá Anônimo(a),

Se você terá tempo para desfrutar o passeio, é amante de esqui e a idéia é simplesmente perder-se por vilarejos suíços, valem muito a pena! Entre as imperdíveis, Alpnachstad, Sarnen, Kaiserstuhl, Meiringen e Brienz.

Caso o tempo seja um pouco curto, aproveite apenas o trecho entre Lucerna e Interlaken, tido como um dos mais bonitos passeios de trem do mundo, para apreciar as cidades só de passagem, o que com certeza já renderá belas fotos.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

isnpms disse...

Oi Daniel, belo blog. Irei para Interlaken na segunda quinzena de maio (15-26) e gostaria de saber se conhece algum site legal ou tem alguma dica para mim para essa época. Vou levar minha mountain bike e pretendo fazer algumas trilhas, especialmente uma saindo de Interlaken, indo para Grindenwald, subindo para Kleine Scheidegg, descendo por Wengen e Lauterbrunnen, retornando para Interlaken. Gostaria de saber especialmente Kleine Scheidegg, pra ver se vai dar pra subir de bike na boa, sem neve. Abraços e obrigado.

Michel disse...

Parabéns pelo Blog.
Você poderia me informar como faço a reserva do trem paranômico entre Lucerna e Interlaken. Eu preciso comprar o bilhete na raileurope e depois reservar em algum outro site? Estou um pouco confuso.
Entrei no site http://www.goldenpass.ch/default.asp?Language=EN que você sugeriu para reserva, mas não achei como reservar ou comprar.
No aguardo.
Um abraço.

Michel disse...

Estou indo no dia 25/03/15, devo comprar os bilhetes aqui e fazer reserva já para o trecho Lucerna - Interlaken no trem panorâmico ou deixo para fazer lá? Qual o melhor lugar no trem que devo reservar para 2 pessoas?

neidi marques disse...

Oi Daniel, estaremos hospedados em Zurique nos dias 14, 15, 16 e 17/04/15 e gostariamos de fazer o passeio de trem para Interlaken e Jungfrau. Pode nos passar as dicas de como comprar as passagem, qual o melhor roteiro. Qual a temperatura que encontraremos lá, que roupas vestir? aguado tua ajuda.

Daniel Neves disse...

Olá Michel,

Entendi que o site deles mudou - para comprar os bilhetes, acesse http://www.goldenpass.ch/en/goldenpass/offer/view?id=14, e selecione o link "BOOK".

Vou atualizar o novo link no site.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Daniel Neves disse...

Olá Michel,

No momento da compra via site, você conseguirá ver um desenho do vagão. Se a viagem for sentido Lucerna - Interlaken, os melhores assentos ficam sempre do lado DIREITO; já se a viagem de vocês for no sentido Interlaken - Lucerna, escolha o lado ESQUERDO - que, na verdade, é o mesmo lado.

O que acontece é que, em determinado ponto, a locomotiva vai mudar de sentido, saindo da frente e passando a puxar os vagões por trás do trem. Ou seja, na ida vocês irão de frente, e na volta retornarão de costas - ou o oposto.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Daniel Neves disse...

Olá isnpms,

Pelo que li, dá para subir sim, sem neve. Acho que os links abaixo podem te ajudar a programar o roteiro:

http://www.myswitzerland.com/en-us/kleine-scheidegg.html
http://www.bikemap.net/en/regional/Switzerland/Bern/Kleine+Scheidegg/
http://www.wanderungen.ch/de/touren/biketouren/berneroberland/Grindelwald-Kleine%20Scheidegg-Wengen-Interlaken.html?tour=82
http://www.mountainbikeland.ch/en/routes/etappe-0858.html
http://www.gps-tour.info/de/touren/detail.3930.html
http://www.gps-tour.info/de/touren/detail.115796.html
http://www.outdooractive.com/en/mountain-biking/berner-oberland/kleine-scheidegg/1405773/

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

isnpms disse...

Valeu cara, obrigado. Vou ver os links. Minha mala-bike ja chegou e acho que vou ter de alugar um carro um pouco maior :) :).

Anônimo disse...

Parabéns pelo blog Daniel, estamos indo para a Suíça, entraremos por Zurique, estaremos de carro, tem como ir de carro de Lucerne para Interlaken? A estrada tem muitas curvas,né? Teria outra estrada mais plana? obrigada Tatiana

Anônimo disse...

Daniel, fantástico, parabéns por tudo !!! Estarei por 4 noites na Suíça em agosto, entraremos por Zurique e sairemos por Genebra... Pelo o que eu li e estou pesquisando vale a pena correr para fazer Berna, Lucerna indo para Interlaken... ??? Queremos ver Alpes, montanhas, vilarejos... Qual destes lugares vale a pena fazer como base para 2 noites ?? Qual montanha vale a pena subir de trem ou teleférico ?? Veremos neve ? Muito obrigado grande abraço !

Daniel Neves disse...

Olá Tatiana,

A estrada principal entre Lucerna e Interlaken é que que acompanha grande parte do trajeto de trem entre as duas cidades, uma paisagem deslumbrante e digna de muitas paradas e fotos!

Para te falar a verdade, a paisagem nem é tão sinuosa assim, a maioria das curvas no trajeto de 70km entre as duas cidades é leve, sem aqueles cotovelos acentuados de algumas estradinhas que conhecemos.

As únicas exceções ficam (1) perto de Giswil, com 2 cotovelos bem fechados; (2) um pouco depois de Lungern, com uma sequência de 3 curvas de 90 graus; e o trecho mais sinuoso, (3) uma sequência sem vergonha de curvas antes de chegar em Brienz. Na chega a Interlaken, mais 2 cotovelos bem tranquilos. E só.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Daniel Neves disse...

Olá Anônimo,

A quantidade de cidades e roteiros imperdíveis entre Zurique e Genebra é enorme, montar um roteiro para uma viagem de apenas 4 dias será um desafio enorme para vocês.

Zurique e Berna são destinos imperdíveis, assim como Lausanne e Lucerna - o único problema de Lucerna é que fica, digamos, um pouco fora do trajeto entre Zurique e Genebra, e visitá-la demandará um planejamento maior.

Decidir em quais cidades pernoitar depende do planejamento da viagem de vocês. Por exemplo, Zurique é bem legal, mas dá para vê-la em 1 dia, sem necessidade de dormir por lá. O mesmo acontece com Berna. Se a opção de vocês for visitar Lucerna, uma sugestão pode ser visitar Zurique, pegar o trem até Lucerna, pernoitar e aproveitar o dia por lá antes de seguir viagem (ou ao contrário, caso prefiram pernoitar em Zurique). O ponto é que só Zurique e Lucerna demandam 2 dias e 1 noite.

O GoldenPass pode ser uma opção bem legal para que vocês conheçam vilarejos, roteiros bem interessantes, um pouco dos Alpes e, sim, vejam neve, mesmo em Agosto. Para mais informações, http://www.goldenpass.ch/en/goldenpass/offer/index-lines

O dia 4 da viagem pode ser em Berna, com pernoite em Lausanne antes de chegar em Genebra. Isso é uma sugestão, a distância entre Zurique e Genebra (menos de 300km) permite que vocês façam os deslocamentos com rapidez.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Mone Cabanelas disse...

Oi Daniel,
Parabéns pelo site, muito explicativo e útil!
Segui o link que você citou (http://www.goldenpass.ch/en/goldenpass/offer/view?id=14, e selecione o link "BOOK) e fiz a reserva deu o valor de 8 por passageiro, fiquei na dúvida se preciso ter um swiss pass e esse é o valor para reservar o assento ou se esse é o valor mesmo pra quem não tem o swiss pass.
Outra dúvida qual a melhor estação para pegar o trem em lucerna?
Vou chegar em Lucerna as 9 da manhã e queria pegar o trem para Interlaken as15:55, então vou deixar a mala na estação, você sugere qual?

Muito obrigada pela ajuda,

Simone

Anônimo disse...

Bom dia

Estarei em Lucerna nos dias 27/28/29/30 de janeiro.
Seria possível sair de Lucerna cedo, fazer o passeio de trem e voltar no final do dia?

Obrigado

att


Fabio Gomes

Dalva Oliveira disse...

Oi Daniel, lendo o Blog, me ajudou arrumar meu roteiro , que está um pouco confuso.
10/06 final da tarde chegando em zurich
11/06 Zurich
12/06 visitar Winthertur (cidade histórica, 20 min. de trem) ou Vaduz ?
13/06 Basileia
14/06 Ir até Chur p/ pegar o Bernina Express até Tirano na Italia -5 h - voltar até St Moritz e pernoitar ,ou se der, ir para lucerna no mesmo dia(4h trem regional)
15/06 Lucerna
16/06 Lugano num bate e volta (2,40 de trem cada trajeto) ?
17/06 lucerna Monte Rigi
18/06 Lucerna p/Interlaken (trem GoldenPass)
19/06 Interlaken - levar ticket corcovado- convenio
20/06 Interlaken/ Bern p/manha
21/06 Bern
22/06 Bern /Genebra
23/06 Montreaux - bate volta 1 hora de trem
24/06 Lausane idem
25/06 Chateau de Chillon
26/06 Genebra /Brasil
o que acha? Não estava afim de dormir em St.Morritz, mas acredito não ter opção.
Teria uma opção mais viável, para pegar o Bernina em St.Morritz sem sair de chur? Obrigado

Paulo Porpino disse...

Caro Daniel, estou programando uma viagem para a Suiça. Ficarei entre 15-20 dias em casa de amigos em Berna, de onde pretendo fazer incursões às diversas regiões da Suiça. Estou utilizando suas informações para programar meu roteiro. Fiquei admirado com a quantidade;qualidade das opções que terei à disposição. O que você enumeraria com "as 5 imperdíveis", considerando que já estou na terceira idade (graças a Deus). Vou com minha esposa e lá terei o apoio dos amigos brasileiros. Uma que já listei é Interlaken-Junfgrau (Estação do Topo da Europa). Penso em levar CHF em espécie, uma parte. Que diz?

Daniel Neves disse...

Olá Paulo,

Além de Berna, inclua no seu roteiro city tours em Lucerna e Zurique. Uma visita à fabrica da Lindt em Kilchberg também é legal.

Você pretende fazer só a parte alemã, ou aventurar-se nos lados francês e italiano também é uma opção? Se sim, aí o universo de opções é quase infinito: Montreux, Gruyères, Genebra, Zermatt, Lugano, fazer o tour pelo Glacier Express ou Bernina Express...

Todos os passeios são tranquilos, e imagino que vocês terão disposição de sobra para curtir os passeios!

Sobre a moeda, com as recentes mudanças na cobrança de tarifas, levar uma quantia em espécie ainda é uma vantagem, pois paga 0,38% de IOF. Usar o cartão de débito, travel money ou de crédito dá no mesmo, todos pagam 6,38% de IOF. Por outro lado, são instrumentos mais seguros. A dica é mesclar, não ir com 100% em espécie, nem 100% em cartão.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Thiago Fidelis Alves disse...

Daniel,
No site oficial da golden pass só é possivel a reserva de assentos!! Onde que compro o bilhete realmente??
Obrigado!!Att.

Daniel Neves disse...

Olá Thiago,

Nas 3 vezes em que fiz o trajeto, comprei meus tickets pelo http://tickets.goldenpass.ch/, entretanto após sua mensagem e fiz algumas pesquisas e simulações aqui, entendo que o site mudou (de novo) e não vende mais tickets, faz apenas a reserva de assentos (importante para quem quer viajar na primeira classe ou nos assentos da 2a classe com melhor vista).

Para comprar os tickets, faça pelo site www.sbb.ch. Vou atualizar o site (de novo).

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Tiagosony disse...

ola Daniel, belo blog, gostaria de uma informação sua se possível,estarei chegando em lucerna onde ficarei 1 dia, no outro farei um bate volta a berna, e depois seguirei para milão, porem andei pesquisando no site SBB o valor das passagens entre lucerna e berna e os mesmos se encontram no valor de 35 chf viagem de ida somente. e a viagem lucerna - milao não conseguir ver no site, vc poderia me dar alguma informação nesse respeito? desde ja agradeço

Daniel Neves disse...

Olá Tiagosony,

Acho que este site pode ajudá-lo a comprar a passagem: https://reiseauskunft.bahn.de/bin/query.exe/en?country=GBR

From: Luzern
To: Milano

Pelo que vi, a viagem dura aproximadamente 4 horas.

Um abraço!

*** RESERVE SEU HOTEL COM O VIAJANTE COMILÃO: É O MESMO PREÇO DO BOOKING.COM, E ASSIM VOCÊ AJUDA O BLOG A GANHAR UNS TROCADOS ***

Postar um comentário

Pesquisar no Blog

Guias de Viagem


Álbuns de Fotos

Instagram


Anuncie no Viajante Comilão




Você gostou do blog? As dicas de viagens e reviews de restaurantes foram úteis para ajudá-lo(a) a planejar sua viagem?

O Viajante Comilão é um serviço 100% gratuito. Se você gostou do nosso serviço, ajude o blog a continuar seu trabalho: o link abaixo direciona para o site do PayPal, um serviço 100% seguro para que você possa fazer uma doação para o blog, usando seu cartão de crédito.

Contamos com sua contribuição. Obrigado!


Payments By PayPal